Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Economia
Bolsa brasileira sobe 1% ajudada por melhora no exterior

Quarta, 4/7/2018 8:57.

Publicidade

(FOLHAPRESS) - A Bolsa brasileira avançou mais de 1% nesta terça-feira (3), ajudada por uma melhora nos mercados internacionais. O dia foi de mais disposição de investidores ao risco após um início de semana negativo.

O menor volume de negócios também contribuiu. As Bolsas americanas fecharam nesta véspera de feriado de 4 de julho nos Estados Unidos, dia da independência do país, reduzindo as operações no mercado local.

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, subiu 1,14%, a 73.667 pontos.

"Com o pré-feriado nos EUA e sem fluxo de venda de estrangeiros, houve espaço para alguma recuperação de preços", destacou o gestor Marco Tulli Siqueira, da mesa de Bovespa da corretora Coinvalores, enxergando um mercado mais calmo.

As principais contribuições positivas foram as ações dos bancos públicos, que avançaram no pregão.

O dólar recuou para R$ 3,897 após superar os R$ 3,90 na véspera. De uma cesta de 24 divisas emergentes, o dólar conseguiu avançar sobre apenas cinco nesta terça. A tendência, no entanto, continua sendo de alta para a moeda americana, com incerteza sobre o cenário político.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Bolsa brasileira sobe 1% ajudada por melhora no exterior

Publicidade

Quarta, 4/7/2018 8:57.

(FOLHAPRESS) - A Bolsa brasileira avançou mais de 1% nesta terça-feira (3), ajudada por uma melhora nos mercados internacionais. O dia foi de mais disposição de investidores ao risco após um início de semana negativo.

O menor volume de negócios também contribuiu. As Bolsas americanas fecharam nesta véspera de feriado de 4 de julho nos Estados Unidos, dia da independência do país, reduzindo as operações no mercado local.

O Ibovespa, principal índice acionário da B3, subiu 1,14%, a 73.667 pontos.

"Com o pré-feriado nos EUA e sem fluxo de venda de estrangeiros, houve espaço para alguma recuperação de preços", destacou o gestor Marco Tulli Siqueira, da mesa de Bovespa da corretora Coinvalores, enxergando um mercado mais calmo.

As principais contribuições positivas foram as ações dos bancos públicos, que avançaram no pregão.

O dólar recuou para R$ 3,897 após superar os R$ 3,90 na véspera. De uma cesta de 24 divisas emergentes, o dólar conseguiu avançar sobre apenas cinco nesta terça. A tendência, no entanto, continua sendo de alta para a moeda americana, com incerteza sobre o cenário político.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade