Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Seu Dinheiro
Desde quinta-feira empresas de Balneário Camboriú não conseguem emitir notas de serviço

Segunda, 18/1/2021 16:16.

Publicidade

Milhares de empresas de todos os portes estão impossibilitadas de emitir notas fiscais de serviço, em Balneário Camboriú, desde a última quinta-feira, porque o sistema da prefeitura está inoperante.

Esse sistema é fornecido para diversas prefeituras pela Simpliss Sistemas de Informação Ltda., uma empresa sediada em São João da Boa Vista (SP) que na quinta-feira publicou em seu portal um comunicado de “instabilidade em nosso data center”, mas não detalhou o que se trata e nem o prazo para retorno às atividades


A prefeitura de Balneário Camboriú, por sua vez, omitiu que o sistema não estava funcionando, só se manifestou no sábado após o Página 3 noticiar reclamações de empresários que não conseguiram emitir notas de serviços.

A extensão da paralisação dos serviços é incomum, são mais de 72 horas fora do ar o que indica uma pane de grande extensão e a possibilidade de dados fiscais sigilosos das empresas terem sido acessados por invasores.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Desde quinta-feira empresas de Balneário Camboriú não conseguem emitir notas de serviço

Segunda, 18/1/2021 16:16.

Milhares de empresas de todos os portes estão impossibilitadas de emitir notas fiscais de serviço, em Balneário Camboriú, desde a última quinta-feira, porque o sistema da prefeitura está inoperante.

Esse sistema é fornecido para diversas prefeituras pela Simpliss Sistemas de Informação Ltda., uma empresa sediada em São João da Boa Vista (SP) que na quinta-feira publicou em seu portal um comunicado de “instabilidade em nosso data center”, mas não detalhou o que se trata e nem o prazo para retorno às atividades


A prefeitura de Balneário Camboriú, por sua vez, omitiu que o sistema não estava funcionando, só se manifestou no sábado após o Página 3 noticiar reclamações de empresários que não conseguiram emitir notas de serviços.

A extensão da paralisação dos serviços é incomum, são mais de 72 horas fora do ar o que indica uma pane de grande extensão e a possibilidade de dados fiscais sigilosos das empresas terem sido acessados por invasores.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade