Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Morador reclama de descaso do poder público com a Rua 902
Google
Rua 902, central e com problemas.

Quarta, 15/2/2017 8:41.

O leitor A.R.S, usou o serviço Fala Cidadão! do Página 3 Online para enviar a seguinte reclamação:

"Utilizo este espaço para reclamar do descaso do poder público quanto a Rua 902, rua central localizada próxima a Avenida Central e do Calcadão, onde, mendigos dormem num comércio localizado bem no início da rua, defecam e urinam na calçada (marquise) dos imóveis.

Calçadas essas que simplesmente não existem em muitos dos imóveis que devem valer alguns milhões de reais, obrigando cadeirantes e outros a se locomoverem sobre a rua junto aos automóveis suscetíveis a acidentes.

O tráfico e o consumo de drogas são visíveis, principalmente entre quinta e sábado.

Algumas bocas de lobo estão abertas, raramente é feita a varrição, que na época da Coneville era realizada com frequência.

Fica aí a reclamação minha e de muitos moradores. Obrigado pelo espaço e solicito anonimato quanto à reclamação".

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

O acordo põe fim a anos de insegurança e desgaste jurídico


Cidade

Sem a colaboração da população não existe medida que dê jeito


Cidade

Isso explica a redução drástica do nível na captação


Geral

É o terceiro município mais transparente de Santa Catarina


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Morador reclama de descaso do poder público com a Rua 902

Google
Rua 902, central e com problemas.
Rua 902, central e com problemas.
Quarta, 15/2/2017 8:41.

O leitor A.R.S, usou o serviço Fala Cidadão! do Página 3 Online para enviar a seguinte reclamação:

"Utilizo este espaço para reclamar do descaso do poder público quanto a Rua 902, rua central localizada próxima a Avenida Central e do Calcadão, onde, mendigos dormem num comércio localizado bem no início da rua, defecam e urinam na calçada (marquise) dos imóveis.

Calçadas essas que simplesmente não existem em muitos dos imóveis que devem valer alguns milhões de reais, obrigando cadeirantes e outros a se locomoverem sobre a rua junto aos automóveis suscetíveis a acidentes.

O tráfico e o consumo de drogas são visíveis, principalmente entre quinta e sábado.

Algumas bocas de lobo estão abertas, raramente é feita a varrição, que na época da Coneville era realizada com frequência.

Fica aí a reclamação minha e de muitos moradores. Obrigado pelo espaço e solicito anonimato quanto à reclamação".

 

Publicidade

Publicidade