Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Dedo na Moleira
Judiciário mandou a Polícia Federal contra os neonazistas

Por Waldemar Cezar Neto

Segunda, 15/6/2020 17:37.

Publicidade

O judiciário mandou a Polícia Federal prender um grupo neonazista que foi para a porta do Supremo Tribunal Federal pregar golpe de Estado e a implantação de uma ditadura no Brasil.

De quebra o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, exonerou o subcomandante da Polícia Militar que não tomou providências para reprimir o ataque criminoso às instituições.

Sob o argumento, a meu ver correto, de banir o PT do poder, 58 milhões de brasileiros elegeram uma esperança, sem saber que o sujeito era despreparado para as atividades mais banais da vida pública como, por exemplo, deixar que os médicos digam o que é necessário fazer em caso de pandemia.

Os sinais estavam à vista de todos, o candidato eleito tinha história profissional e política medíocre, além de uma repugnante tendência a defender o que as pessoas de bem repudiam como, por exemplo, torturar seres humanos.

Rapidamente a maioria dos brasileiros percebeu que Bolsonaro foi um erro, mas alguns, fiéis aos princípios do neonazismo presentes em nossa população, continuam achando que um golpe, uma ditadura, resolve tudo.

É preciso se posicionar contra essa gente de mente porca, rebotalho social que defende o fuzil em vez do voto.

Bolsonaro foi um erro, e não é agora, com a tragédia da covid-19, que isso veio à tona. Desde o final do ano passado ele tem o pior indicador de popularidade entre os presidentes do Brasil em primeiro ano de mandato, no período pós ditadura.

Ele perde em popularidade para a Dilma, para o Lula, para o Fernando Henrique e até para o Collor.

Alguns dos seus seguidores tentam intimidar quem tem opinião e expõe este neonazismo latente, nojento, que prega golpe, que prega ditadura, que prega calar a justiça e o parlamento, calar o povo, impedir as pessoas de ter opinião e exercer a democracia em sua plenitude.

É inútil, melhor nem tentar pois acabarão na cadeia.

HONRA
Vereadora Juliethe Nitz disse que lhe roubaram o cargo na mesa diretora da Câmara de Vereadores e a verdade é que ela foi sim passada para trás, enquanto cuidava do nascimento de seu primeiro filho. E passada para trás por seu partido, o PL que faz tempo é do ramo das traições.

HONRA 2
Hoje o presidente da Câmara, Omar Tomalih, soltou nota dizendo que “insatisfações de cunho personalista não podem servir de pretexto para atentar contra a honra e a dignidade do parlamento e seus membros”.

HONRA 3
Olha vereador Omar, nada ataca mais a honra desta casa legislativa do que o engavetamento de investigações, o que se tornou rotina, inclusive uma para a cassação de um vereador condenado na justiça por corrupção e outra que apura pagamentos, feitos também pelo senhor, na obra de reforma da Câmara.

BRASIL SIL SIL

Relatório do Tribunal de Contas de Santa Catarina apontou que 4.753 servidores públicos, estaduais e municipais receberam ilegalmente o auxílio emergencial. Depois o povo reclama que os políticos são ladrões.

MAGALU
Precisava comprar um eletrodoméstico e nem procurei alternativas, fui direto ao portal do Magazine Luiza que, em minha opinião, foi uma das empresas brasileiras que deu exemplo durante a pandemia ao se preocupar primeiro com as pessoas e depois com o dinheiro.

É FRIA
Tempos atrás fui na Riachuelo do Balneário Shopping comprar bermudas e ao final a vendedora me empurrou um cartão de crédito da loja, garantindo que não tinha mensalidade. Não tinha mesmo, só quase R$ 6,00 por mês de seguro. Sistema de vendas mau caráter, cancelei o cartão e estou alertando minhas nove leitoras para que não caiam na mesma pilantragem.

EMPURRA
A previsão que o Governo do Estado trabalha é 151 mortes por covid-19 na regão da Amfri até meados de julho. O estudo é levado a sério porque previu 42 mortes por esses dias e deu 41.

EMPURRA 2
Apesar da seriedade da situação os prefeitos estão na retranca esperando que o governador decrete medidas mais drásticas de isolamento, para não arcarem com o ônus dos prejuízos econômicos decorrentes.

EMPURRA 3
No entanto o título de Rainha do Empurra deve ser conferido à prefeita Nilza Simas, de Itapema que no boletim de covid deste domingo (14) falseia que não tem ninguém da sua cidade internado em hospital. Tem sim, e os três pacientes estão na UTI do Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Judiciário mandou a Polícia Federal contra os neonazistas

Por Waldemar Cezar Neto

Publicidade

Segunda, 15/6/2020 17:37.

O judiciário mandou a Polícia Federal prender um grupo neonazista que foi para a porta do Supremo Tribunal Federal pregar golpe de Estado e a implantação de uma ditadura no Brasil.

De quebra o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, exonerou o subcomandante da Polícia Militar que não tomou providências para reprimir o ataque criminoso às instituições.

Sob o argumento, a meu ver correto, de banir o PT do poder, 58 milhões de brasileiros elegeram uma esperança, sem saber que o sujeito era despreparado para as atividades mais banais da vida pública como, por exemplo, deixar que os médicos digam o que é necessário fazer em caso de pandemia.

Os sinais estavam à vista de todos, o candidato eleito tinha história profissional e política medíocre, além de uma repugnante tendência a defender o que as pessoas de bem repudiam como, por exemplo, torturar seres humanos.

Rapidamente a maioria dos brasileiros percebeu que Bolsonaro foi um erro, mas alguns, fiéis aos princípios do neonazismo presentes em nossa população, continuam achando que um golpe, uma ditadura, resolve tudo.

É preciso se posicionar contra essa gente de mente porca, rebotalho social que defende o fuzil em vez do voto.

Bolsonaro foi um erro, e não é agora, com a tragédia da covid-19, que isso veio à tona. Desde o final do ano passado ele tem o pior indicador de popularidade entre os presidentes do Brasil em primeiro ano de mandato, no período pós ditadura.

Ele perde em popularidade para a Dilma, para o Lula, para o Fernando Henrique e até para o Collor.

Alguns dos seus seguidores tentam intimidar quem tem opinião e expõe este neonazismo latente, nojento, que prega golpe, que prega ditadura, que prega calar a justiça e o parlamento, calar o povo, impedir as pessoas de ter opinião e exercer a democracia em sua plenitude.

É inútil, melhor nem tentar pois acabarão na cadeia.

HONRA
Vereadora Juliethe Nitz disse que lhe roubaram o cargo na mesa diretora da Câmara de Vereadores e a verdade é que ela foi sim passada para trás, enquanto cuidava do nascimento de seu primeiro filho. E passada para trás por seu partido, o PL que faz tempo é do ramo das traições.

HONRA 2
Hoje o presidente da Câmara, Omar Tomalih, soltou nota dizendo que “insatisfações de cunho personalista não podem servir de pretexto para atentar contra a honra e a dignidade do parlamento e seus membros”.

HONRA 3
Olha vereador Omar, nada ataca mais a honra desta casa legislativa do que o engavetamento de investigações, o que se tornou rotina, inclusive uma para a cassação de um vereador condenado na justiça por corrupção e outra que apura pagamentos, feitos também pelo senhor, na obra de reforma da Câmara.

BRASIL SIL SIL

Relatório do Tribunal de Contas de Santa Catarina apontou que 4.753 servidores públicos, estaduais e municipais receberam ilegalmente o auxílio emergencial. Depois o povo reclama que os políticos são ladrões.

MAGALU
Precisava comprar um eletrodoméstico e nem procurei alternativas, fui direto ao portal do Magazine Luiza que, em minha opinião, foi uma das empresas brasileiras que deu exemplo durante a pandemia ao se preocupar primeiro com as pessoas e depois com o dinheiro.

É FRIA
Tempos atrás fui na Riachuelo do Balneário Shopping comprar bermudas e ao final a vendedora me empurrou um cartão de crédito da loja, garantindo que não tinha mensalidade. Não tinha mesmo, só quase R$ 6,00 por mês de seguro. Sistema de vendas mau caráter, cancelei o cartão e estou alertando minhas nove leitoras para que não caiam na mesma pilantragem.

EMPURRA
A previsão que o Governo do Estado trabalha é 151 mortes por covid-19 na regão da Amfri até meados de julho. O estudo é levado a sério porque previu 42 mortes por esses dias e deu 41.

EMPURRA 2
Apesar da seriedade da situação os prefeitos estão na retranca esperando que o governador decrete medidas mais drásticas de isolamento, para não arcarem com o ônus dos prejuízos econômicos decorrentes.

EMPURRA 3
No entanto o título de Rainha do Empurra deve ser conferido à prefeita Nilza Simas, de Itapema que no boletim de covid deste domingo (14) falseia que não tem ninguém da sua cidade internado em hospital. Tem sim, e os três pacientes estão na UTI do Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade