Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
Teatro Bruno Nitz reabre dia 25 e edital para agendamento está disponível

“A conta da depreciação do patrimônio inaugurado em 2014 chegou em nossa gestão”, diz Bia Mattar sobre a primeira manutenção feita no Teatro.

Quarta, 11/3/2020 18:29.
Divulgação/PMBC
A primeira manutenção feita no Teatro corrigiu erros desde a construção

Publicidade

O Teatro Bruno Nitz, que está em obras de manutenção e da caixa cênica, reabre no próximo dia 25, com agenda já definida para os meses de abril, maio e junho. Porém, até 9 de abril, estão abertas as inscrições para agendamento de espetáculos a partir de julho. As solicitações de agendamentos devem ser feitas por meio do site culturabc.com.br/pinc.

A presidente da Fundação Cultural, Bia Mattar, conta que as obras estão em dia conforme o contrato e o cronograma estabelecido pela empresa e pela Fundação, com confirmação de que o teatro será reaberto no próximo dia 25.

“Alguns equipamentos serão trocados, outros passarão por manutenção. Não se trata, o objeto deste contrato, de reforma estrutural, mas sim de revisão das máquinas, dos cabos, da lubrificação dos motores e de eventual troca de peças dos mecanismos que sustentam as varas de luz, painel de led, rotunda, elétrica cênica”, diz.

A expectativa é que outro termo de referência seja elaborado para que o teto de toda a estrutura, que compreende o teatro, a Fundação e o boulevard, seja trocado, já que há goteiras que afetam até a Galeria Municipal de Arte.

Bia salienta que a agenda do Bruno Nitz já está disponível para consulta no site da Fundação (culturabc.com.br/teatro).

Até o momento há três espetáculos agendados: uma apresentação de stand-up comedy no dia 28, um show musical no dia 29 e em 20 de abril a peça ‘O Homem Mais Inteligente da História’, com o ator Gil Hernandez no papel principal. Gil está no ar na novela ‘Salve-se Quem Puder’, da Rede Globo.

“Como reabrimos a pauta a partir do próximo dia 25, estamos confirmando os agendamentos de abril e maio apenas quando o produtor assinar o contrato. Temos recebido solicitações de pauta para o ano todo, então aguardaremos o prazo legal para preencher o ‘primeiro lote’ das datas, inclusive com projetos aprovados na recente Lei de Incentivo à Cultura que conforme consta no edital tem prioridade na escolha das datas. O processo é analisado pela comissão de pauta do Teatro Bruno Nitz que coordena os agendamentos e a curadoria dos espetáculos solicitados”, explica.

Bilheteria a partir de maio

A bilheteria também foi terceirizada e será tocada pela ME Gestão de Eventos LTDA (https://minhaentrada.com.br/), de Tubarão, a partir de 9 de maio. Foi realizado um pregão e foi a empresa que venceu. Segundo Bia, a ME já passou por todas as etapas licitatórias, e agora o governo municipal está aguardando a assinatura do contrato, o que deve acontecer na próxima semana.

“Como já havia agendamento pelo contrato anterior com os proponentes sem a previsão de terceirização da bilheteria de espetáculos do mês de abril, achamos melhor aguardar o mês de maio para essa transição. A partir daí, todos os produtores terão que se adequar às normas estabelecidas entre a Fundação Cultural e a empresa de venda de ingressos”, pontua.

“Tivemos que corrigir erros”

Bia aproveita para lembrar que Balneário possui apenas um teatro público, sendo ele um equipamento construído para atender a demanda do setor produtivo do campo das artes e da cultura.

“Isso significa que projetos que visem promover encontros, festivais, divulgação de espetáculos, palestras em todas as linguagens artísticas e culturais como dança, teatro, música, audiovisual, fotografia, patrimônio cultural entre outras, serão muito bem-vindos ao espaço que é mantido pelo poder público e visa acima de tudo proporcionar o acesso à cultura e o atendimento do Plano Municipal de Cultura de nossa cidade”, afirma.

A presidente diz ainda que o governo do prefeito Fabrício Oliveira vem atendendo todos os pedidos de liberação dos recursos, como o da manutenção da caixa cênica, e fomentando a cultura.

“A conta da depreciação do patrimônio edificado chegou em nossa gestão. Nunca havia sido feita nenhuma manutenção no teatro, e tivemos que corrigir erros desde a construção do equipamento (que é relativamente novo) até processos mesmo de desgaste pelas intempéries climáticas como nos casos das fortes chuvas e ventos que afetaram nossos telhados”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/PMBC
A primeira manutenção feita no Teatro corrigiu erros desde a construção
A primeira manutenção feita no Teatro corrigiu erros desde a construção

Teatro Bruno Nitz reabre dia 25 e edital para agendamento está disponível

“A conta da depreciação do patrimônio inaugurado em 2014 chegou em nossa gestão”, diz Bia Mattar sobre a primeira manutenção feita no Teatro.

Publicidade

Quarta, 11/3/2020 18:29.

O Teatro Bruno Nitz, que está em obras de manutenção e da caixa cênica, reabre no próximo dia 25, com agenda já definida para os meses de abril, maio e junho. Porém, até 9 de abril, estão abertas as inscrições para agendamento de espetáculos a partir de julho. As solicitações de agendamentos devem ser feitas por meio do site culturabc.com.br/pinc.

A presidente da Fundação Cultural, Bia Mattar, conta que as obras estão em dia conforme o contrato e o cronograma estabelecido pela empresa e pela Fundação, com confirmação de que o teatro será reaberto no próximo dia 25.

“Alguns equipamentos serão trocados, outros passarão por manutenção. Não se trata, o objeto deste contrato, de reforma estrutural, mas sim de revisão das máquinas, dos cabos, da lubrificação dos motores e de eventual troca de peças dos mecanismos que sustentam as varas de luz, painel de led, rotunda, elétrica cênica”, diz.

A expectativa é que outro termo de referência seja elaborado para que o teto de toda a estrutura, que compreende o teatro, a Fundação e o boulevard, seja trocado, já que há goteiras que afetam até a Galeria Municipal de Arte.

Bia salienta que a agenda do Bruno Nitz já está disponível para consulta no site da Fundação (culturabc.com.br/teatro).

Até o momento há três espetáculos agendados: uma apresentação de stand-up comedy no dia 28, um show musical no dia 29 e em 20 de abril a peça ‘O Homem Mais Inteligente da História’, com o ator Gil Hernandez no papel principal. Gil está no ar na novela ‘Salve-se Quem Puder’, da Rede Globo.

“Como reabrimos a pauta a partir do próximo dia 25, estamos confirmando os agendamentos de abril e maio apenas quando o produtor assinar o contrato. Temos recebido solicitações de pauta para o ano todo, então aguardaremos o prazo legal para preencher o ‘primeiro lote’ das datas, inclusive com projetos aprovados na recente Lei de Incentivo à Cultura que conforme consta no edital tem prioridade na escolha das datas. O processo é analisado pela comissão de pauta do Teatro Bruno Nitz que coordena os agendamentos e a curadoria dos espetáculos solicitados”, explica.

Bilheteria a partir de maio

A bilheteria também foi terceirizada e será tocada pela ME Gestão de Eventos LTDA (https://minhaentrada.com.br/), de Tubarão, a partir de 9 de maio. Foi realizado um pregão e foi a empresa que venceu. Segundo Bia, a ME já passou por todas as etapas licitatórias, e agora o governo municipal está aguardando a assinatura do contrato, o que deve acontecer na próxima semana.

“Como já havia agendamento pelo contrato anterior com os proponentes sem a previsão de terceirização da bilheteria de espetáculos do mês de abril, achamos melhor aguardar o mês de maio para essa transição. A partir daí, todos os produtores terão que se adequar às normas estabelecidas entre a Fundação Cultural e a empresa de venda de ingressos”, pontua.

“Tivemos que corrigir erros”

Bia aproveita para lembrar que Balneário possui apenas um teatro público, sendo ele um equipamento construído para atender a demanda do setor produtivo do campo das artes e da cultura.

“Isso significa que projetos que visem promover encontros, festivais, divulgação de espetáculos, palestras em todas as linguagens artísticas e culturais como dança, teatro, música, audiovisual, fotografia, patrimônio cultural entre outras, serão muito bem-vindos ao espaço que é mantido pelo poder público e visa acima de tudo proporcionar o acesso à cultura e o atendimento do Plano Municipal de Cultura de nossa cidade”, afirma.

A presidente diz ainda que o governo do prefeito Fabrício Oliveira vem atendendo todos os pedidos de liberação dos recursos, como o da manutenção da caixa cênica, e fomentando a cultura.

“A conta da depreciação do patrimônio edificado chegou em nossa gestão. Nunca havia sido feita nenhuma manutenção no teatro, e tivemos que corrigir erros desde a construção do equipamento (que é relativamente novo) até processos mesmo de desgaste pelas intempéries climáticas como nos casos das fortes chuvas e ventos que afetaram nossos telhados”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade