Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
Livros de escritores itajaienses podem ser solicitados pelo programa ‘Eu Faço Cultura’

Quarta, 24/6/2020 9:26.
Divulgação

Publicidade

As obras O Caso do Ovo de Forma, Vento no Catavento e Post Provisório dos escritores André Soltau e Antonio Carlos Floriano, estão disponíveis pelo programa Eu Faço Cultura (eufacocultura.com.br), uma plataforma viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura, do governo federal, que distribui produtos culturais através de ingressos de maneira gratuita em todo o Brasil.

Em tempos de pandemia, os livros estão disponíveis em período e quantidade limitados e são enviados para a casa dos interessados.

O Caso do Ovo de Forma foi escrito por André Soltau durante o período de infância de três dos seus quatro filhos. Na época, o pai solo criou histórias divertidas e uma delas transformou-se na presente obra. Há 98 obras disponíveis.

De Antônio Carlos Floriano, e com ilustrações a giz de Márcia Cardeal, Vento no Catavento é também é uma obra infantil, esta sobre crianças que usam um catavento como bússola para visitar novos lugares, criar mundos diferentes e sonhar. São 70 livros na vitrine.

Post Provisório, de Antônio Carlos Floriano, é um compilado de poemas para maiores de 16 anos sobre a vida singular circunscrita na cartografia da água. Também há 70 volumes na plataforma.

As três obras podem ser solicitadas até 31 de julho.

Como proceder

Se você ficou interessado em ter uma dessas obras em casa, basta entrar no site, realizar o cadastro, enviar a documentação e esperar a aprovação. Depois, é só escolher os produtos culturais disponíveis na região e resgatar o cupom que será utilizado para concluir a solicitação. Além dos três grupos já citados, os produtos também podem ser adquiridos por: microempreendedores individuais, ONGs, OSCIPs e outras associações, beneficiários do Bolsa Família e de outros programas sociais do governo.

O programa

O Programa Eu Faço Cultura atende diversos públicos e apoia produtores culturais de vários cantos do Brasil. Neste momento, devido a Covid-19, apenas livros estão disponíveis na vitrine, mas normalmente também são disponibilizados ingressos diversos, como para shows, peças teatrais, apresentações de dança, cinema e outros produtos físicos como DVDs e CDs. Tudo gratuito.

O Programa do Ministério da Cidadania e da Secretaria Especial da Cultura, é viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura e apoiado pela Associação do Pessoal da Caixa (Apcefs) e Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) e conta com o patrocínio da Caixa Seguradora e Wiz.

Link para receber o livro Caso do Ovo de Forma: aqui

Link para receber o livro Vento no Catavento: aqui

Link para receber o livro Post Provisório: aqui

Texto: Camila Gonçalves


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

Livros de escritores itajaienses podem ser solicitados pelo programa ‘Eu Faço Cultura’

Publicidade

Quarta, 24/6/2020 9:26.

As obras O Caso do Ovo de Forma, Vento no Catavento e Post Provisório dos escritores André Soltau e Antonio Carlos Floriano, estão disponíveis pelo programa Eu Faço Cultura (eufacocultura.com.br), uma plataforma viabilizada pela Lei de Incentivo à Cultura, do governo federal, que distribui produtos culturais através de ingressos de maneira gratuita em todo o Brasil.

Em tempos de pandemia, os livros estão disponíveis em período e quantidade limitados e são enviados para a casa dos interessados.

O Caso do Ovo de Forma foi escrito por André Soltau durante o período de infância de três dos seus quatro filhos. Na época, o pai solo criou histórias divertidas e uma delas transformou-se na presente obra. Há 98 obras disponíveis.

De Antônio Carlos Floriano, e com ilustrações a giz de Márcia Cardeal, Vento no Catavento é também é uma obra infantil, esta sobre crianças que usam um catavento como bússola para visitar novos lugares, criar mundos diferentes e sonhar. São 70 livros na vitrine.

Post Provisório, de Antônio Carlos Floriano, é um compilado de poemas para maiores de 16 anos sobre a vida singular circunscrita na cartografia da água. Também há 70 volumes na plataforma.

As três obras podem ser solicitadas até 31 de julho.

Como proceder

Se você ficou interessado em ter uma dessas obras em casa, basta entrar no site, realizar o cadastro, enviar a documentação e esperar a aprovação. Depois, é só escolher os produtos culturais disponíveis na região e resgatar o cupom que será utilizado para concluir a solicitação. Além dos três grupos já citados, os produtos também podem ser adquiridos por: microempreendedores individuais, ONGs, OSCIPs e outras associações, beneficiários do Bolsa Família e de outros programas sociais do governo.

O programa

O Programa Eu Faço Cultura atende diversos públicos e apoia produtores culturais de vários cantos do Brasil. Neste momento, devido a Covid-19, apenas livros estão disponíveis na vitrine, mas normalmente também são disponibilizados ingressos diversos, como para shows, peças teatrais, apresentações de dança, cinema e outros produtos físicos como DVDs e CDs. Tudo gratuito.

O Programa do Ministério da Cidadania e da Secretaria Especial da Cultura, é viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura e apoiado pela Associação do Pessoal da Caixa (Apcefs) e Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) e conta com o patrocínio da Caixa Seguradora e Wiz.

Link para receber o livro Caso do Ovo de Forma: aqui

Link para receber o livro Vento no Catavento: aqui

Link para receber o livro Post Provisório: aqui

Texto: Camila Gonçalves

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade