Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
Cantor e compositor Marcoliva lança nova música em live nesta sexta

Uma homenagem aos artistas brasileiros, do compositor reconhecido ao poeta regional. São muitos, estão perto e longe, e são santos.

Quarta, 15/7/2020 17:11.
Reprodução

Publicidade

Essa é a intenção do cantor e compositor Marcoliva com o seu novo trabalho, o single Todos os Santos, que será apresentado – música e vídeo - na próxima sexta-feira (17), às 21h30, em uma live no canal do youtube da Café Maestro Produções (link aqui), que dá o selo ao single.

Neste dia, o músico, com cinco álbuns gravados, completa 51 anos e terá ao lado os percussionistas Rodrigo Campos e Alexandre Damaria.

Todos os Santos

A música Todos os Santos será apresentada das duas formas e é dedicada a João Bosco, Aldir Blanc, João Gilberto, Noel Rosa, Zininho e Luiz Henrique Rosa, entre muitos outros santos da nossa música popular brasileira. De pedacinho em pedacinho, devagar, devagarinho, com seu timbre metálico, Marcoliva pede a benção a esses grandes da nossa música e, ao mesmo tempo, agradece as influências em seu caminho da arte.

Café Maestro

O lançamento de Todos os Santos marca o início da parceria de Marcoliva (voz e violão) com a Café Maestro Produções e mostra um pouco desse trabalho já iniciado antes da pandemia com os músicos Rafael Calegari (baixo), Fábio Mello (sax), Rafael Meksenas (guitarra), Rodrigo Campos e Alexandre Damaria (percussão). Vestidos com as armas e as cores de Natália Seeger, com cenário de Denílson Antônio, concepção audiovisual de Cláudia Aguiyrre e produção de Davi Tekler, Todos os Santos já tem músicas gravadas e outras ainda em desenvolvimento.

Além de Todos os Santos, o trio vai cantar Meu Senhor dos Desgraçados, Quase, Retalhos e Chiaroscuro, entre outras, com os respectivos parceiros - Milu Leite, André Berté e Aline Maciel. Estão no trabalho ainda os parceiros Dennis Radünz, Tatiana Cobett e Vinicius Alves.

Perfil Marcoliva

Em 1969, dona Estela encontrou seu filho de três anos, na sala, com um rabicho de ferro elétrico cantando um sucesso recente: Debaixo dos Caracóis, música de Roberto Carlos em homenagem a Caetano Veloso. Era a primeira manifestação musical de Marcos Vanderlei de Oliveira, que aos 12 anos arriscou seus primeiros acordes nas aulas de violão. Corajoso, o menino juntou palavras em composições sem compromisso. Colocou para fora seu talento nos auditórios escolares e em pouco tempo tocava em bares, festivais, teatros e bailes.

Dedicado, aos 15 anos já era profissional e percorria o Brasil participando de grupos nativistas, uma febre em meados da década de 1980. Seu tempo era dividido entre músicas “gaúchas” e aulas de violão clássico.

Natural de Carazinho (RS), assim como Guinha Ramires, Marcos Oliveira especializou-se em violão e voz. Aos 18, pelas mãos do marido de sua professora de piano foi apresentado à onda Tropicalista, onde brilhava Caetano, Gal, Gil... Largou o regionalismo gaúcho e trocou o Rio Grande do Sul por Santa Catarina em 1994, onde começou a tocar na noite de Florianópolis. Um banquinho, um violão e um diversificado repertório dos grandes da música brasileira - entre eles Djavan, Chico Buarque, João Bosco, Rita Lee, Gal Costa, Dorival Caymmi, Cazuza e muitos outros.

Na capital catarinense formou sua sólida parceria com a multiartista Tatiana Cobbett, assinando como Marcoliva, e desenvolvendo um trabalho autoral desde 2000. Marcoliva também é professor de música e idealizador de projetos, como Crescendo com Arte e Boi de Cá, que tem o intuito de pesquisar o folclore catarinense. Ele publicou os livros Dupla Poesia, com Marli Silveira, Ed. Edunisc (2008); De A à Z, uma história poética da brincadeira do Boi-de-Mamão na Ilha de Santa Catarina, Ed. Bernúncia (2012) e Paralelepípedo Poema, Ed. Lesma (2016).

Seu mais novo trabalho, o single Todos os Santos, é uma homenagem aos artistas brasileiros, do compositor reconhecido ao poeta regional. Você encontra esse trabalho a partir do dia 18 de julho nas plataformas de sua preferência - Spotify, Deezer, SoundCloud e iTunes.

Serviço

O que: Lançamento do single Todos os Santos + Live Show, com Marcoliva e os percussionistas Rodrigo Campos e Alexandre Damaria
Quando: 17 de julho de 2020
Horário: 21h30
Onde: Canal do YouTube do Café Maestro Produções - (clique aqui)
Quanto: Contribuições espontâneas via mercado pago de R$ 10 a R$ 100. (clique aqui para contribuir)

Live (sexta-feira)


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Reprodução

Cantor e compositor Marcoliva lança nova música em live nesta sexta

Uma homenagem aos artistas brasileiros, do compositor reconhecido ao poeta regional. São muitos, estão perto e longe, e são santos.

Publicidade

Quarta, 15/7/2020 17:11.

Essa é a intenção do cantor e compositor Marcoliva com o seu novo trabalho, o single Todos os Santos, que será apresentado – música e vídeo - na próxima sexta-feira (17), às 21h30, em uma live no canal do youtube da Café Maestro Produções (link aqui), que dá o selo ao single.

Neste dia, o músico, com cinco álbuns gravados, completa 51 anos e terá ao lado os percussionistas Rodrigo Campos e Alexandre Damaria.

Todos os Santos

A música Todos os Santos será apresentada das duas formas e é dedicada a João Bosco, Aldir Blanc, João Gilberto, Noel Rosa, Zininho e Luiz Henrique Rosa, entre muitos outros santos da nossa música popular brasileira. De pedacinho em pedacinho, devagar, devagarinho, com seu timbre metálico, Marcoliva pede a benção a esses grandes da nossa música e, ao mesmo tempo, agradece as influências em seu caminho da arte.

Café Maestro

O lançamento de Todos os Santos marca o início da parceria de Marcoliva (voz e violão) com a Café Maestro Produções e mostra um pouco desse trabalho já iniciado antes da pandemia com os músicos Rafael Calegari (baixo), Fábio Mello (sax), Rafael Meksenas (guitarra), Rodrigo Campos e Alexandre Damaria (percussão). Vestidos com as armas e as cores de Natália Seeger, com cenário de Denílson Antônio, concepção audiovisual de Cláudia Aguiyrre e produção de Davi Tekler, Todos os Santos já tem músicas gravadas e outras ainda em desenvolvimento.

Além de Todos os Santos, o trio vai cantar Meu Senhor dos Desgraçados, Quase, Retalhos e Chiaroscuro, entre outras, com os respectivos parceiros - Milu Leite, André Berté e Aline Maciel. Estão no trabalho ainda os parceiros Dennis Radünz, Tatiana Cobett e Vinicius Alves.

Perfil Marcoliva

Em 1969, dona Estela encontrou seu filho de três anos, na sala, com um rabicho de ferro elétrico cantando um sucesso recente: Debaixo dos Caracóis, música de Roberto Carlos em homenagem a Caetano Veloso. Era a primeira manifestação musical de Marcos Vanderlei de Oliveira, que aos 12 anos arriscou seus primeiros acordes nas aulas de violão. Corajoso, o menino juntou palavras em composições sem compromisso. Colocou para fora seu talento nos auditórios escolares e em pouco tempo tocava em bares, festivais, teatros e bailes.

Dedicado, aos 15 anos já era profissional e percorria o Brasil participando de grupos nativistas, uma febre em meados da década de 1980. Seu tempo era dividido entre músicas “gaúchas” e aulas de violão clássico.

Natural de Carazinho (RS), assim como Guinha Ramires, Marcos Oliveira especializou-se em violão e voz. Aos 18, pelas mãos do marido de sua professora de piano foi apresentado à onda Tropicalista, onde brilhava Caetano, Gal, Gil... Largou o regionalismo gaúcho e trocou o Rio Grande do Sul por Santa Catarina em 1994, onde começou a tocar na noite de Florianópolis. Um banquinho, um violão e um diversificado repertório dos grandes da música brasileira - entre eles Djavan, Chico Buarque, João Bosco, Rita Lee, Gal Costa, Dorival Caymmi, Cazuza e muitos outros.

Na capital catarinense formou sua sólida parceria com a multiartista Tatiana Cobbett, assinando como Marcoliva, e desenvolvendo um trabalho autoral desde 2000. Marcoliva também é professor de música e idealizador de projetos, como Crescendo com Arte e Boi de Cá, que tem o intuito de pesquisar o folclore catarinense. Ele publicou os livros Dupla Poesia, com Marli Silveira, Ed. Edunisc (2008); De A à Z, uma história poética da brincadeira do Boi-de-Mamão na Ilha de Santa Catarina, Ed. Bernúncia (2012) e Paralelepípedo Poema, Ed. Lesma (2016).

Seu mais novo trabalho, o single Todos os Santos, é uma homenagem aos artistas brasileiros, do compositor reconhecido ao poeta regional. Você encontra esse trabalho a partir do dia 18 de julho nas plataformas de sua preferência - Spotify, Deezer, SoundCloud e iTunes.

Serviço

O que: Lançamento do single Todos os Santos + Live Show, com Marcoliva e os percussionistas Rodrigo Campos e Alexandre Damaria
Quando: 17 de julho de 2020
Horário: 21h30
Onde: Canal do YouTube do Café Maestro Produções - (clique aqui)
Quanto: Contribuições espontâneas via mercado pago de R$ 10 a R$ 100. (clique aqui para contribuir)

Live (sexta-feira)


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade