Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Vivência de Danças Circulares e Movimento Criativo no Estaleiro

Quarta, 13/3/2019 9:27.

No próximo domingo acontece a vivência Dançando o Equinócio - Danças Circulares e Movimento Criativo, na Praia do Estaleiro, com Thais Andrade. Terapeuta corporal, educadora de saúde feminina e facilitadora de processos de transformação, Thais traz a dança e o movimento como forma de ritualizar a chegada do equinócio, um importante momento de transição natural.

"Os povos ancestrais ao redor do planeta sempre ritualizaram as transições da vida como ferramenta para despertar a força interior, aquela necessária para criar novas formas de estar no mundo. A vida é dinâmica e nos pede para dançá-la. “Dançando o Equinócio” é um convite para integrar a sabedoria do outono anunciado de forma ritual: consciente e comunitária", explica Thais.

Equinócio tem a mesma origem da palavra equilíbrio e marca a data em que o dia e a noite tem a mesma duração. A partir deste ponto a luz e o calor estarão gradualmente se despedindo e em pouco tempo a paisagem mudará completamente.

"Refletindo o movimento natural, a vida nos pergunta: o que preciso deixar ir para manter o equilíbrio na minha vida? Dançando encontramos nossas respostas de forma lúdica, divertida, prazerosa e sem devaneios mentais", sugere a terapeuta.

A vivência acontece na Pousada Estaleiro Village, durante todo o dia, das 10h às 18h. As vagas são limitadas. Informações e inscrições: 47 98402 3825, com Carol.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Vivência de Danças Circulares e Movimento Criativo no Estaleiro

Publicidade

Quarta, 13/3/2019 9:27.

No próximo domingo acontece a vivência Dançando o Equinócio - Danças Circulares e Movimento Criativo, na Praia do Estaleiro, com Thais Andrade. Terapeuta corporal, educadora de saúde feminina e facilitadora de processos de transformação, Thais traz a dança e o movimento como forma de ritualizar a chegada do equinócio, um importante momento de transição natural.

"Os povos ancestrais ao redor do planeta sempre ritualizaram as transições da vida como ferramenta para despertar a força interior, aquela necessária para criar novas formas de estar no mundo. A vida é dinâmica e nos pede para dançá-la. “Dançando o Equinócio” é um convite para integrar a sabedoria do outono anunciado de forma ritual: consciente e comunitária", explica Thais.

Equinócio tem a mesma origem da palavra equilíbrio e marca a data em que o dia e a noite tem a mesma duração. A partir deste ponto a luz e o calor estarão gradualmente se despedindo e em pouco tempo a paisagem mudará completamente.

"Refletindo o movimento natural, a vida nos pergunta: o que preciso deixar ir para manter o equilíbrio na minha vida? Dançando encontramos nossas respostas de forma lúdica, divertida, prazerosa e sem devaneios mentais", sugere a terapeuta.

A vivência acontece na Pousada Estaleiro Village, durante todo o dia, das 10h às 18h. As vagas são limitadas. Informações e inscrições: 47 98402 3825, com Carol.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade