Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cultura
História de Potyra Najara na cultura registrada em livro

Quarta, 4/12/2019 18:31.
Arquivo Pessoal

Publicidade

O livro Histórias Notórias - Cases de sucesso é um projeto biográfico que vai contar a história de pessoas e personalidades da região que marcam presença no cenário nas suas áreas de atuação. Conta a história de empresários, artistas e formadores de opinião. O lançamento será no próximo dia 10, no Taj.

O projeto é da editora Damerica e Revista Camboriú, organizado por Daniel Higgie. Foram selecionadas 24 pessoas para participar do projeto, onde se destaca a parte empresarial e o hall da fama, no qual a atriz e escritora Potyra Najara é um dos capítulos.

“Este ano estou completando 20 anos de profissão. Comecei a trabalhar profissionalmente com teatro em 1999 em Balneário Camboriú. Este livro está culminando com o fechamento deste ano, onde produzi bastante coisas interessantes dentro da arte, literatura, teatro, além das comemorações de duas décadas nesta área cultural. Por isso esse evento vai fechar um ciclo para mim, sendo parte deste livro, fiquei muito feliz”, disse Potyra.


20 anos de arte

Nas páginas do livro, Potyra fala sobre sua relação com o mundo das artes. Ao Página3 ela escreveu um pouco desta história. Acompanhe:

“Em 1992 fiz meu primeiro curso básico de teatro, foi em Balneário Camboriú em uma oficina intensiva oferecida pela prefeitura, eu tinha 12 anos e fui a convite da minha irmã Indyanara. Eu amei a experiência, mas como eu era atleta de judô, atleta de elite fui campeã diversas vezes e trouxe muitas medalhas para BC em campeonatos municipais, estaduais e nacionais, continuei no esporte e o teatro ficou na minha memória.

Logo que eu saí do judô, já com 18 anos, entrei em um novo curso de teatro, do qual a companhia convidou ao final do curso cinco dos alunos que mais se destacaram na turma de 40, para fazer parte da companhia. E foi no ano de 1999 que comecei a trabalhar profissionalmente com teatro. Meu primeiro espetáculo foi Arte Mambembe, onde trabalhamos com a linguagem da Comédia Del'Arte, o primeiro trabalho interativo foi o famoso Bosque Encantado no Parque Unipraias onde seguimos por quatro verões e foi na mesma época que iniciei com as habilidades circenses.

Com certeza o fato de a minha mãe, a professora Jussara, sempre me levar para os eventos escolares vestida de figurino, de eu sempre ser baliza de 7 de setembro, de figurino e fazendo acrobacias, me deixaram uma marca muito importante que pode ter facilitado minha paixão pelo teatro e pelas artes.

Em 2019 completo 20 anos de profissão, a cada ano buscando algo novo, novos trabalhos, novos projetos e principalmente abrindo novas possibilidades para que as pessoas em geral tenham mais acesso à Cultura.

De lá pra cá foram mais de 40 espetáculos como atriz e circense, cinco livros publicados, muitas horas de perna de pau, tecido acrobático, aulas na universidade, na pós graduação, escolas, muitas contações de histórias, cerimoniais, cinco filmes, apresentação de programa televisivo, três anos à frente do Teatro Municipal de BC, e tenho minha própria empresa de produções artísticas a Nova Cia. de Teatro.

Vou somando ao meu histórico de 20 anos de profissão a graduação em Artes Cênicas na Udesc, pós em contação de histórias e Literatura infantojuvenil, Mestrado em Contoexpressão - educação emocional por meio de contos - em Valença na Espanha, e uma nova pós para 2020 em Arte, Educação e Terapia.

Sou muito feliz com tudo que realizei até aqui e sigo lendo e estudando, levando arte e cultura para crianças e adultos, acredito que só assim podemos dar um passo em direção a um futuro melhor. Completo 20 de história, mas parece que estou começando hoje. Agradeço o convite da editora Damerica e de Daniel Higgie por valorizar esta trajetória”.



Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Arquivo Pessoal

História de Potyra Najara na cultura registrada em livro

Publicidade

Quarta, 4/12/2019 18:31.

O livro Histórias Notórias - Cases de sucesso é um projeto biográfico que vai contar a história de pessoas e personalidades da região que marcam presença no cenário nas suas áreas de atuação. Conta a história de empresários, artistas e formadores de opinião. O lançamento será no próximo dia 10, no Taj.

O projeto é da editora Damerica e Revista Camboriú, organizado por Daniel Higgie. Foram selecionadas 24 pessoas para participar do projeto, onde se destaca a parte empresarial e o hall da fama, no qual a atriz e escritora Potyra Najara é um dos capítulos.

“Este ano estou completando 20 anos de profissão. Comecei a trabalhar profissionalmente com teatro em 1999 em Balneário Camboriú. Este livro está culminando com o fechamento deste ano, onde produzi bastante coisas interessantes dentro da arte, literatura, teatro, além das comemorações de duas décadas nesta área cultural. Por isso esse evento vai fechar um ciclo para mim, sendo parte deste livro, fiquei muito feliz”, disse Potyra.


20 anos de arte

Nas páginas do livro, Potyra fala sobre sua relação com o mundo das artes. Ao Página3 ela escreveu um pouco desta história. Acompanhe:

“Em 1992 fiz meu primeiro curso básico de teatro, foi em Balneário Camboriú em uma oficina intensiva oferecida pela prefeitura, eu tinha 12 anos e fui a convite da minha irmã Indyanara. Eu amei a experiência, mas como eu era atleta de judô, atleta de elite fui campeã diversas vezes e trouxe muitas medalhas para BC em campeonatos municipais, estaduais e nacionais, continuei no esporte e o teatro ficou na minha memória.

Logo que eu saí do judô, já com 18 anos, entrei em um novo curso de teatro, do qual a companhia convidou ao final do curso cinco dos alunos que mais se destacaram na turma de 40, para fazer parte da companhia. E foi no ano de 1999 que comecei a trabalhar profissionalmente com teatro. Meu primeiro espetáculo foi Arte Mambembe, onde trabalhamos com a linguagem da Comédia Del'Arte, o primeiro trabalho interativo foi o famoso Bosque Encantado no Parque Unipraias onde seguimos por quatro verões e foi na mesma época que iniciei com as habilidades circenses.

Com certeza o fato de a minha mãe, a professora Jussara, sempre me levar para os eventos escolares vestida de figurino, de eu sempre ser baliza de 7 de setembro, de figurino e fazendo acrobacias, me deixaram uma marca muito importante que pode ter facilitado minha paixão pelo teatro e pelas artes.

Em 2019 completo 20 anos de profissão, a cada ano buscando algo novo, novos trabalhos, novos projetos e principalmente abrindo novas possibilidades para que as pessoas em geral tenham mais acesso à Cultura.

De lá pra cá foram mais de 40 espetáculos como atriz e circense, cinco livros publicados, muitas horas de perna de pau, tecido acrobático, aulas na universidade, na pós graduação, escolas, muitas contações de histórias, cerimoniais, cinco filmes, apresentação de programa televisivo, três anos à frente do Teatro Municipal de BC, e tenho minha própria empresa de produções artísticas a Nova Cia. de Teatro.

Vou somando ao meu histórico de 20 anos de profissão a graduação em Artes Cênicas na Udesc, pós em contação de histórias e Literatura infantojuvenil, Mestrado em Contoexpressão - educação emocional por meio de contos - em Valença na Espanha, e uma nova pós para 2020 em Arte, Educação e Terapia.

Sou muito feliz com tudo que realizei até aqui e sigo lendo e estudando, levando arte e cultura para crianças e adultos, acredito que só assim podemos dar um passo em direção a um futuro melhor. Completo 20 de história, mas parece que estou começando hoje. Agradeço o convite da editora Damerica e de Daniel Higgie por valorizar esta trajetória”.



Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade