Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Sarau Afro-açoriano é indicada para o Prêmio Profissionais da Música, de Brasília
Santiago Asef

Segunda, 26/2/2018 8:48.

O grupo Sarau Afro-açoriano está concorrendo ao Prêmio Profissionais da Música (PPM), de Brasília. A banda, do litoral norte catarinense, é finalista na categoria “Cultura Popular”. Esta é mais uma conquista para o grupo, premiado como o melhor disco no Prêmio da Música Catarinense 2017, com o álbum “Fui Tarrafear”.

O PPM é um prêmio nacional, que contempla todas as esferas da indústria da música, da criação a produção e distribuição musical. Depois de uma seleção feita por produtores e críticos de música, a segunda fase do concurso é a votação popular, que vai até o dia 03 de março (sábado). Depois, um júri especializado determina os vencedores. A premiação acontece em Brasília no fim de abril.

O Sarau Afro-açoriano busca, através da música, exaltar, valorizar e salvaguardar a história e os costumes do povo do litoral catarinense. Ao revisitar alguns temas e características presentes na cultura e na música local, o grupo rejuvenesce estas manifestações e as atualiza.

“É muito emocionante levarmos toda a carga cultural da nossa região que carregamos na nossa música para um prêmio a nível nacional”, afirma a vocalista do grupo, Adri Benvenuti. Ela, aliás, também está concorrendo ao prêmio individualmente, na categoria “Cantora”.

Para votar, basta acessar o site www.ppm.art.br, até o dia 03 de março (sábado).

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Política

Vereador diz que projeto regularizando a situação não tramitará rápido


Política

Uma das comissões legislativas é controlada pela oposição


Cidade

Governo terá que agir rápido para não ficar desarticulado


Geral

Veja a previsão para Balneário Camboriú


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Sarau Afro-açoriano é indicada para o Prêmio Profissionais da Música, de Brasília

Santiago Asef

O grupo Sarau Afro-açoriano está concorrendo ao Prêmio Profissionais da Música (PPM), de Brasília. A banda, do litoral norte catarinense, é finalista na categoria “Cultura Popular”. Esta é mais uma conquista para o grupo, premiado como o melhor disco no Prêmio da Música Catarinense 2017, com o álbum “Fui Tarrafear”.

O PPM é um prêmio nacional, que contempla todas as esferas da indústria da música, da criação a produção e distribuição musical. Depois de uma seleção feita por produtores e críticos de música, a segunda fase do concurso é a votação popular, que vai até o dia 03 de março (sábado). Depois, um júri especializado determina os vencedores. A premiação acontece em Brasília no fim de abril.

O Sarau Afro-açoriano busca, através da música, exaltar, valorizar e salvaguardar a história e os costumes do povo do litoral catarinense. Ao revisitar alguns temas e características presentes na cultura e na música local, o grupo rejuvenesce estas manifestações e as atualiza.

“É muito emocionante levarmos toda a carga cultural da nossa região que carregamos na nossa música para um prêmio a nível nacional”, afirma a vocalista do grupo, Adri Benvenuti. Ela, aliás, também está concorrendo ao prêmio individualmente, na categoria “Cantora”.

Para votar, basta acessar o site www.ppm.art.br, até o dia 03 de março (sábado).

Publicidade

Publicidade