Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Bruno Moritz comanda Jam Session no Mercado Público de Itajaí
Divulgação

Quinta, 24/11/2016 9:25.

O mês de novembro reserva espaço na agenda do Mercado Público de Itajaí para receber mais uma jam session. Quem comanda o palco nesta quinta-feira (24), a partir das 20h, é o instrumentista, compositor e arranjador Bruno Moritz. Após a apresentação o palco fica livre para canjas dos músicos presentes. A entrada é gratuita.

Natural de Brusque, o acordeonista Bruno Moritz recebeu, neste mês, o prêmio da Música Catarinense na categoria de Melhor Álbum Instrumental com o disco Titoco ao vivo. Na carreira já dividiu o palco com renomados nomes da música brasileira, como Sivuca, Dominguinhos, Oswaldinho do Acordeon, Renato Borghetti, Alegre Corrêa, entre outros.

Nesta apresentação em Itajaí, ele preparou um repertório de canções autorais e standards de música brasileira. Bruno será acompanhado pela banda base do projeto: Anderson Gandin (piano), Felipe José Dias (baixo), Micael Graciki (guitarra) e Rafael Vieira (bateria).

Contribuição cultural

Com o objetivo de contribuir para a formação cultural da cidade surgiu, em 2016, o Projeto Jam Session no Mercado. Os eventos são realizados para fortificar um ponto importante do município, o Mercado Público de Itajaí, além de difundir a música brasileira e o jazz para novos músicos da comunidade. O projeto tem apoio da Lei de Incentivo à Cultura de Itajaí, Fundação Cultural de Itajaí, Unimed, Univali e os restaurantes Mercado Velho, Empório Gourmet e Café Democrático.

Ao todo, serão realizadas cinco jam sessions em meses diferentes dos que ocorrem os grandes eventos musicais do município, como Festival de Música de Itajaí, Seminários de Violão e Itajazz. As três primeiras jam session do ano tiveram como convidados a cantora e compositora Ana Paula da Silva e os instrumentistas e compositores Alegre Corrêa e Rafael Calegari. Os próximos eventos irão receber os músicos Bruno Moritz e Eliéser de Jesus.

Sobre Bruno Moritz

Premiado acordeonista, compositor, arranjador e produtor musical, Bruno Moritz iniciou os estudos de acordeon aos quatro anos em sua cidade natal, Brusque. Fortemente influenciado por Sivuca e Renato Borghetti, desde a infância estudou piano, violão, violino, flauta transversal, trombone, trompete, contrabaixo e bandolim. Também cursou a Universidade Livre de Música Tom Jobim e a Universidade de São Paulo (USP), onde estudou composição e regência, além de ter se formando em Licenciatura em Música pela Univali. Venceu, em 2014 e em 2016, o Prêmio da Música Catarinense como Melhor Álbum Instrumental com os discos Tempero Brasileiro e Titoco ao vivo, respectivamente, além de acumular uma série de premiações como acordeonista no Brasil e no exterior.

Fonte: Maikeli Alves

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Bruno Moritz comanda Jam Session no Mercado Público de Itajaí

Divulgação
Quinta, 24/11/2016 9:25.

O mês de novembro reserva espaço na agenda do Mercado Público de Itajaí para receber mais uma jam session. Quem comanda o palco nesta quinta-feira (24), a partir das 20h, é o instrumentista, compositor e arranjador Bruno Moritz. Após a apresentação o palco fica livre para canjas dos músicos presentes. A entrada é gratuita.

Natural de Brusque, o acordeonista Bruno Moritz recebeu, neste mês, o prêmio da Música Catarinense na categoria de Melhor Álbum Instrumental com o disco Titoco ao vivo. Na carreira já dividiu o palco com renomados nomes da música brasileira, como Sivuca, Dominguinhos, Oswaldinho do Acordeon, Renato Borghetti, Alegre Corrêa, entre outros.

Nesta apresentação em Itajaí, ele preparou um repertório de canções autorais e standards de música brasileira. Bruno será acompanhado pela banda base do projeto: Anderson Gandin (piano), Felipe José Dias (baixo), Micael Graciki (guitarra) e Rafael Vieira (bateria).

Contribuição cultural

Com o objetivo de contribuir para a formação cultural da cidade surgiu, em 2016, o Projeto Jam Session no Mercado. Os eventos são realizados para fortificar um ponto importante do município, o Mercado Público de Itajaí, além de difundir a música brasileira e o jazz para novos músicos da comunidade. O projeto tem apoio da Lei de Incentivo à Cultura de Itajaí, Fundação Cultural de Itajaí, Unimed, Univali e os restaurantes Mercado Velho, Empório Gourmet e Café Democrático.

Ao todo, serão realizadas cinco jam sessions em meses diferentes dos que ocorrem os grandes eventos musicais do município, como Festival de Música de Itajaí, Seminários de Violão e Itajazz. As três primeiras jam session do ano tiveram como convidados a cantora e compositora Ana Paula da Silva e os instrumentistas e compositores Alegre Corrêa e Rafael Calegari. Os próximos eventos irão receber os músicos Bruno Moritz e Eliéser de Jesus.

Sobre Bruno Moritz

Premiado acordeonista, compositor, arranjador e produtor musical, Bruno Moritz iniciou os estudos de acordeon aos quatro anos em sua cidade natal, Brusque. Fortemente influenciado por Sivuca e Renato Borghetti, desde a infância estudou piano, violão, violino, flauta transversal, trombone, trompete, contrabaixo e bandolim. Também cursou a Universidade Livre de Música Tom Jobim e a Universidade de São Paulo (USP), onde estudou composição e regência, além de ter se formando em Licenciatura em Música pela Univali. Venceu, em 2014 e em 2016, o Prêmio da Música Catarinense como Melhor Álbum Instrumental com os discos Tempero Brasileiro e Titoco ao vivo, respectivamente, além de acumular uma série de premiações como acordeonista no Brasil e no exterior.

Fonte: Maikeli Alves

Publicidade

Publicidade