Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

De graça: Teatro Bruno Nitz recebe neste domingo espetáculo da Téspis

Sexta, 20/5/2016 9:16.

"Tomara que não chova! - Ou a incrível história do homem que se transformou em cachorro", é a peça que a Téspis Cia. de Teatro apresentará neste domingo (22), no Teatro Municipal Bruno Nitz, com início às 19h.

É uma história que provoca reflexão e mostra até onde podemos ir e o que somos capazes de fazer por força da rotina, misturando jogos teatrais e situações tragicômicas que ilustram as dificuldades que um trabalhador pode encontrar quando está procurando emprego.

“Queríamos oferecer algo pelo dia do trabalhador, mas por falta de agenda no feriado, a peça será apresentada neste domingo”, informou Viviane de Paoli, da Plasticine Produções Artísticas e Culturais, de Camboriú.

O espetáculo dura 50 minutos e durante todo esse tempo, fala de como o homem se rebaixou tanto na procura por trabalho que acabou aceitando não apenas ser o cão do vigia, mas vira também um ‘cão’ ao sujeitar-se viver por cada vez menos.

Dramaturgia e Encenação é assinada por Max Reinert. No palco, os atores Denise da Luz e Jônata Gonçalves. Ambientação Sonora por Hedra Rockenbach. Figurinos de Denise da Luz; Máscaras e escultura de Mauro Caelum e Cenotecnia de Cidval Batista Jr.

A peça é gratuita, mas ingressos podem ser reservados através do e-mail plasticineproducoes@gmail.com (com Viviane) ou pelo celular/whatsapp (47) 9990-1516 (com Denise).

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

De graça: Teatro Bruno Nitz recebe neste domingo espetáculo da Téspis

Sexta, 20/5/2016 9:16.

"Tomara que não chova! - Ou a incrível história do homem que se transformou em cachorro", é a peça que a Téspis Cia. de Teatro apresentará neste domingo (22), no Teatro Municipal Bruno Nitz, com início às 19h.

É uma história que provoca reflexão e mostra até onde podemos ir e o que somos capazes de fazer por força da rotina, misturando jogos teatrais e situações tragicômicas que ilustram as dificuldades que um trabalhador pode encontrar quando está procurando emprego.

“Queríamos oferecer algo pelo dia do trabalhador, mas por falta de agenda no feriado, a peça será apresentada neste domingo”, informou Viviane de Paoli, da Plasticine Produções Artísticas e Culturais, de Camboriú.

O espetáculo dura 50 minutos e durante todo esse tempo, fala de como o homem se rebaixou tanto na procura por trabalho que acabou aceitando não apenas ser o cão do vigia, mas vira também um ‘cão’ ao sujeitar-se viver por cada vez menos.

Dramaturgia e Encenação é assinada por Max Reinert. No palco, os atores Denise da Luz e Jônata Gonçalves. Ambientação Sonora por Hedra Rockenbach. Figurinos de Denise da Luz; Máscaras e escultura de Mauro Caelum e Cenotecnia de Cidval Batista Jr.

A peça é gratuita, mas ingressos podem ser reservados através do e-mail plasticineproducoes@gmail.com (com Viviane) ou pelo celular/whatsapp (47) 9990-1516 (com Denise).

Publicidade

Publicidade