Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arlene Dellatorre lança exposição Transformação
Mony & Jotha

Terça, 6/12/2016 8:58.

A empresária e artista plástica Arlene Dellatorre promove nesta quinta-feira (8), a partir das 18h, no Casa Hall Shopping o lançamento da exposição Transformação.

A mostra é o resultado do projeto Salve os Oceanos, que Arlene lidera desde 2010, amparado na ideia de conscientizar sobre a necessidade de preservarmos as praias e os oceanos. São ao todo 50 obras, elaboradas a partir de materiais reutilizados e alternativos, que possibilitam uma nova forma de expressão artística, mostrando como a reutilização pode se tornar instrumento de consciência social e ambiental. De rolhas a celulares e chinelos, vários materiais recolhidos da natureza ganham formas e cores inusitadas nos traços de Arlene. O evento contará com réplicas, além das obras originais do projeto.

Sobre a artista e o projeto

A artista plástica Arlene Dellatorre mora em Balneário Camboriú desde 1960, quando seus pais Nair e Eduardo fixaram residência na, então, Praia de Camboriú. Arlene cresceu brincando na areia limpa e branca, repleta de conchas, restinga e mar azul celeste. Viu a praia tranquila se tornar cidade e a chegada da poluição à areia e ao mar. Devido a estes impactos ambientais, em 2010, Arlene criou o projeto Salve os Oceanos, com o objetivo de conscientizar sobre a necessidade de cuidarmos do meio ambiente.

O projeto possui cerca de 50 obras, elaboradas com materiais reutilizados e alternativos, que possibilitam outra forma de expressão artística, mostrando como a reutilização pode se tornar instrumento de consciência social e ambiental. Um exemplo disto são as 1.890 rolhas recolhidas pelos agentes de limpeza urbana da cidade durante o réveillon de 2016, que se transformaram nas obras Amanhecer, Entardecer e Mesa Réveillon.

O projeto atua com exposições das obras originais (não-comercializadas), tais como as mostras realizadas na Procuradoria da República e Projeto Tamar em Florianópolis; Univali, FEAPI e Volvo Ocean Race em Itajaí; Parque Beto Carrero World em Penha; Biblioteca Municipal Machado de Assis e SESC, em Balneário Camboriú. Atua também com palestras e oficinas na rede escolar e eventos relacionados à sustentabilidade.

Com o lançamento das réplicas das obras do projeto Salve os Oceanos, novas ações na orla da praia serão realizadas para conter a intensidade dos impactos ambientais atuais. Transformação e meio ambiente estão interligados de forma contínua. A ideia é alternar comportamentos para buscar o equilíbrio ambiental e um planeta mais sustentável para as futuras gerações.

Fonte: Ton Antony
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Arlene Dellatorre lança exposição Transformação

Mony & Jotha
Terça, 6/12/2016 8:58.

A empresária e artista plástica Arlene Dellatorre promove nesta quinta-feira (8), a partir das 18h, no Casa Hall Shopping o lançamento da exposição Transformação.

A mostra é o resultado do projeto Salve os Oceanos, que Arlene lidera desde 2010, amparado na ideia de conscientizar sobre a necessidade de preservarmos as praias e os oceanos. São ao todo 50 obras, elaboradas a partir de materiais reutilizados e alternativos, que possibilitam uma nova forma de expressão artística, mostrando como a reutilização pode se tornar instrumento de consciência social e ambiental. De rolhas a celulares e chinelos, vários materiais recolhidos da natureza ganham formas e cores inusitadas nos traços de Arlene. O evento contará com réplicas, além das obras originais do projeto.

Sobre a artista e o projeto

A artista plástica Arlene Dellatorre mora em Balneário Camboriú desde 1960, quando seus pais Nair e Eduardo fixaram residência na, então, Praia de Camboriú. Arlene cresceu brincando na areia limpa e branca, repleta de conchas, restinga e mar azul celeste. Viu a praia tranquila se tornar cidade e a chegada da poluição à areia e ao mar. Devido a estes impactos ambientais, em 2010, Arlene criou o projeto Salve os Oceanos, com o objetivo de conscientizar sobre a necessidade de cuidarmos do meio ambiente.

O projeto possui cerca de 50 obras, elaboradas com materiais reutilizados e alternativos, que possibilitam outra forma de expressão artística, mostrando como a reutilização pode se tornar instrumento de consciência social e ambiental. Um exemplo disto são as 1.890 rolhas recolhidas pelos agentes de limpeza urbana da cidade durante o réveillon de 2016, que se transformaram nas obras Amanhecer, Entardecer e Mesa Réveillon.

O projeto atua com exposições das obras originais (não-comercializadas), tais como as mostras realizadas na Procuradoria da República e Projeto Tamar em Florianópolis; Univali, FEAPI e Volvo Ocean Race em Itajaí; Parque Beto Carrero World em Penha; Biblioteca Municipal Machado de Assis e SESC, em Balneário Camboriú. Atua também com palestras e oficinas na rede escolar e eventos relacionados à sustentabilidade.

Com o lançamento das réplicas das obras do projeto Salve os Oceanos, novas ações na orla da praia serão realizadas para conter a intensidade dos impactos ambientais atuais. Transformação e meio ambiente estão interligados de forma contínua. A ideia é alternar comportamentos para buscar o equilíbrio ambiental e um planeta mais sustentável para as futuras gerações.

Fonte: Ton Antony
 

Publicidade

Publicidade