Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Escritor Enéas Athanázio recebe dupla homenagem
Daniele dos Reis/Página 3

Quarta, 24/8/2016 9:17.

O historiador mineiro Guilherme Queiroz de Macedo acaba de lançar no mercado o livro “Enéas Athanázio: de leitor a escritor –42 anos de percurso literário”. A obra traz notas e referências ‘ Do Enéas leitor ao Athanázio escritor’ , onde destaca alguns dos principais personagens das 62 obras publicadas (48 livros e 14 opúsculos). Segue com uma extensa entrevista onde aborda a origem, a formação, a carreira e as atividades literárias de Enéas Athanázio. Por último, apresenta um Painel Único dos Campos Gerais Catarinenses, retratando usos e costumes, tradições, valores sociais, folclore, mitologia, formação psicológica de políticos, fazendeiros e peões.

“A linguagem rica e expressiva da região entra precisa em cada texto”, escreveu Queiroz de Macedo. Esta é a segunda obra que o historiador lança sobre o escritor catarinense. A primeira “Duas Vezes Enéas” foi publicada em 2002. Depois o autor publicou crônicas e ensaios no Jornal do Enéas, de 2002 a 2011 e no período cultural Escrituras Brasileiras.

“Eu o conheço pessoalmente. Ele acompanha minha obra há muitos anos. Não sabia dessa segunda obra. É uma sensação boa, agradável. Mostra que os personagens e as historias que a gente publicou já mexeram com outras pessoas. Nem tem como agradecer”, comentou Enéas, que mora em Balneário Camboriú e é colunista do Página 3.

Ele próprio já publicou bibliografias de vários escritores, entre eles Crispim Maia, Gilberto Amador, Lima Barreto, Godofredo Rangel e Monteiro Lobato.

Homenagem

Outra boa surpresa que o escritor recebeu veio da International Writters And Artists Association, porque seu livro ‘ O Reduto de Nhô Ná’ foi considerado a melhor obra de ficção do ano. O certificado veio assinado pela presidente Teresinka Pereira, brasileira que vive há muitos anos nos Estados Unidos.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Escritor Enéas Athanázio recebe dupla homenagem

Daniele dos Reis/Página 3
Quarta, 24/8/2016 9:17.

O historiador mineiro Guilherme Queiroz de Macedo acaba de lançar no mercado o livro “Enéas Athanázio: de leitor a escritor –42 anos de percurso literário”. A obra traz notas e referências ‘ Do Enéas leitor ao Athanázio escritor’ , onde destaca alguns dos principais personagens das 62 obras publicadas (48 livros e 14 opúsculos). Segue com uma extensa entrevista onde aborda a origem, a formação, a carreira e as atividades literárias de Enéas Athanázio. Por último, apresenta um Painel Único dos Campos Gerais Catarinenses, retratando usos e costumes, tradições, valores sociais, folclore, mitologia, formação psicológica de políticos, fazendeiros e peões.

“A linguagem rica e expressiva da região entra precisa em cada texto”, escreveu Queiroz de Macedo. Esta é a segunda obra que o historiador lança sobre o escritor catarinense. A primeira “Duas Vezes Enéas” foi publicada em 2002. Depois o autor publicou crônicas e ensaios no Jornal do Enéas, de 2002 a 2011 e no período cultural Escrituras Brasileiras.

“Eu o conheço pessoalmente. Ele acompanha minha obra há muitos anos. Não sabia dessa segunda obra. É uma sensação boa, agradável. Mostra que os personagens e as historias que a gente publicou já mexeram com outras pessoas. Nem tem como agradecer”, comentou Enéas, que mora em Balneário Camboriú e é colunista do Página 3.

Ele próprio já publicou bibliografias de vários escritores, entre eles Crispim Maia, Gilberto Amador, Lima Barreto, Godofredo Rangel e Monteiro Lobato.

Homenagem

Outra boa surpresa que o escritor recebeu veio da International Writters And Artists Association, porque seu livro ‘ O Reduto de Nhô Ná’ foi considerado a melhor obra de ficção do ano. O certificado veio assinado pela presidente Teresinka Pereira, brasileira que vive há muitos anos nos Estados Unidos.

Publicidade

Publicidade