Jornal Página 3
Coluna
Viagens & Turismo
Por Marcos Vinicios Pagelkopf

Atrações na Serra Catarinense

Outro dia retornei a Urubici para dar continuidade ao reconhecimento dos roteiros de inverno que Santa Catarina tem a oferecer. Fomos recepcionados pelo proprietário do Park Hotel Urubici, sr. Wirto Schaeffer e pelos guias Sérgio e Rafael. Essa visita foi para fazer a matéria sobre os novos atrativos que tem na região da serra catarinense.

A intenção era conhecer as tocas das preguiças gigantes, inscrições rupestres, trilhas e mirantes onde os acessos são feitos somente com os carros 4x4, mas para nossa surpresa encontramos um roteiro montado por esses guias entusiasmados pela história e pelo lugar, eles nos apresentaram um conjunto de atrações em ambiente cultural, rural, ecológico e gastronômico, um roteiro muito bem apresentado inclusive com temática da principal atração que nos remete aos tempos dos Templários.

Outro ponto que me chamou a atenção, além da história, foram as mais de 230 pequenas pousadas que oferecem conforto e bem estar a quem visita a cidade, nossa intenção é ver como funcionam as hospedagens, gastronomia e o turismo como um todo na Serra e em Urubici.

Quem nos mostrou esse roteiro foram Rafael e Sérgio, eles conhecem como a palma da mão as trilhas e simbologias registradas nos paredões e grutas que comprovam a estada de vários exploradores.

Os registros tem uma linha de símbolos com evidências que os Templários passaram por essa região e as pesquisas começaram na década de 70 com José Gomes da Silva geólogo contratado pela Votorantin e Angelina Santini escritora.

Conforme o guia Rafael "a partir de 1998 foram retornadas às pesquisas em busca de vestígios que os templários passaram nessa região, em 2010 descobrimos provas cabais em documentários do history , em 2017 tivemos acesso ao manuscrito do José Gomes e da escritora Angelina Santini . Desde então fizemos uma conferência entre os membros do grupo, expedições templárias com a participação de grande importância da escritora Angelina Santini."

Conta ele que essas marcações em forma de simbologias tem significados com dupla interpretação, que estão preservadas e muito bem visíveis como a Máscara do Guardião, o Cálice de Vinho, as Pirâmides e as Figuras de Três Pontas, entre outras formas geométricas. Essas imagens nos fazem imaginar qual objetivo dessas escritas estarem ali. (A trilha que leva as inscrições rupestres está em manutenção, para quem quiser conhecer deverá entrar em contato com um guia especializado e cadastrado pelo Cadastur e pelo ICMBIO).

No segundo dia após um delicioso café da manhã servido no Park Hotel sentimos realmente o clima delicioso da serra, -1 grau, esse frio gostoso é o atrativo principal dos visitantes.
Após o café fomos conhecer o mirante onde as nuvens ficam a nossos pés, ali você consegue ver Urubici e seus conjuntos de montanhas por cima.

Esse roteiro tem como principal atrativo esses pontos das inscrições com parada no complexo Avencal onde tem mirantes, tirolesa e cavalgada. Almoçamos no restaurante Morro da Igreja administrado pela dona Marilene e seu marido Ezio da Silva, que servem uma deliciosa comida caseira ao estilo da serra. 
Após o almoço, retornamos pela Serra do Corvo Branco, onde está a maior abertura em rocha Brasil. As formações rochosas transmitem uma energia que somente estando lá para saber.

Pela segunda vez desço essa serra caminhando, mas agora com orientações e conteúdo histórico passado pelos guias, que nos mostraram a chaminé do vulcão inativo que causou essas formações, um fóssil petrificado e as divisões das águas e das rochas. E para fechar com chave de ouro visitamos um alambique ao pé da serra, a proprietária é neta do primeiro imigrante que foi um dos desbravadores dessa região.

Você pode subir a serra pela SC 282 e visitar Taquaras em Rancho Queimado, Alfredo Wagner e Urubici ou pela Serra do Rio do Rastro que é outra atração espetacular.

O que vimos e sentimos em Urubici irá marcar a sua visita. História, ecologia, gastronomia e muitas emoções te aguardam nesse roteiro.

Programe-se e venha conhecer Santa Catarina.

Escrito por Marcos Vinicios Pagelkopf, 15/06/2018 às 17h29 | mvpagelkopf@gmail.com



Marcos Vinicios Pagelkopf

Assina a coluna Viagens & Turismo

Trabalho com turismo desde 1985, já fui agente de viagens, promotor de vendas de atrativos turísticos, professor de curso de recepção municipal e de guia de turismo da Univali, consultor, palestrante e idealizador de ações como a primeira comemoração do Dia Mundial do Turismo no Brasil.


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br