Jornal Página 3
Coluna
Mãe na Roda

Nascendo mãe

...e então chega no in box:

'topa escrever uma coluna junto?'
Mill coisas na cabeça: não posso, não tenho tempo, não quero,
não preciso de mais trabalho, tenho medo de falar besteira,
não vou aceitar e enfim a resposta: tudo bem, eu topo!

Desde q descobri a maternidade venho respondendo perguntas
de todos os tipos sobre criação, porque muita gente acha que tenho
sucesso nesta tarefa (e eu me esforço muito para isso).

Aprendi o que era o amor de mãe qdo um namorado me deu
um cachorro! Sim, um cachorro... Quem me conhece
a mais tempo, conheceu ele e lembra com carinho
do carinha q me acompanhou por lindos 13 anos.

Fazendo uma retrospectiva das minhas memórias maternas
e fuçando para descobrir por onde começar a escrever,
lá está ele,- o Murphy- olhando pra mim com aquele
olhar de quero alguma coisa; olhar que só quem tem o amor
de mãe no coração pode decifrar.

Assim, com a carinha dele, começo a dividir com vocês um
pouco do que aprendi e continuo aprendendo com a maternidade:
-Ser mãe não é apenas criar filhos. É recriar o futuro da humanidade. Com nossos olhares
e exemplos, conduzimos o mundo!

Que estejamos atentos mais aos nossos atos do
que as nossas palavras. Que sempre tenhamos perguntas

e que não nos conformemos com o que é ‘normal’!


Beijo e até semana que vem!

(Nana)

 

Escrito por Ana Paula Góis, 30/06/2015 às 09h59 | conviteecia@hotmail.com



7 8 9 10 11 12

Mãe na Roda é um espaço colaborativo para compartilhar a maternidade e questões afins.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: [email protected]

Página 3

Nascendo mãe

...e então chega no in box:

'topa escrever uma coluna junto?'
Mill coisas na cabeça: não posso, não tenho tempo, não quero,
não preciso de mais trabalho, tenho medo de falar besteira,
não vou aceitar e enfim a resposta: tudo bem, eu topo!

Desde q descobri a maternidade venho respondendo perguntas
de todos os tipos sobre criação, porque muita gente acha que tenho
sucesso nesta tarefa (e eu me esforço muito para isso).

Aprendi o que era o amor de mãe qdo um namorado me deu
um cachorro! Sim, um cachorro... Quem me conhece
a mais tempo, conheceu ele e lembra com carinho
do carinha q me acompanhou por lindos 13 anos.

Fazendo uma retrospectiva das minhas memórias maternas
e fuçando para descobrir por onde começar a escrever,
lá está ele,- o Murphy- olhando pra mim com aquele
olhar de quero alguma coisa; olhar que só quem tem o amor
de mãe no coração pode decifrar.

Assim, com a carinha dele, começo a dividir com vocês um
pouco do que aprendi e continuo aprendendo com a maternidade:
-Ser mãe não é apenas criar filhos. É recriar o futuro da humanidade. Com nossos olhares
e exemplos, conduzimos o mundo!

Que estejamos atentos mais aos nossos atos do
que as nossas palavras. Que sempre tenhamos perguntas

e que não nos conformemos com o que é ‘normal’!


Beijo e até semana que vem!

(Nana)

 

Escrito por Ana Paula Góis, 30/06/2015 às 09h59 | conviteecia@hotmail.com



7 8 9 10 11 12

Mãe na Roda é um espaço colaborativo para compartilhar a maternidade e questões afins.