Jornal Página 3
Coluna
J. Júnior
Por Jonas Ramos Júnior

Mala Direta

VALENTÕES

Muitas pessoas insistem em não usar máscaras e a praticar o distanciamento social como forma de prevenir a proliferação da Covid-19. Pois bem, alguns que eu particularmente conheço entraram na lista dos que foram afetados pelo vírus, e agora dizem que subestimaram o perigo real desse vírus. Até o governador Carlos Moisés que andava desfilando sem máscara em uma festa junina em Gaspar foi infectado. Na nossa região a proliferação tem aumentado bastante e a preocupação é com a falta de leitos de UTI, que estão quase que no limite. Portanto, na dúvida fique em casa, e se sair use máscara. Não tem por que correr um risco desnecessário. Pior, infectar amigos e familiares.  

REDES

Como havíamos comentado anteriormente a proliferação de redes na praia e a aglomeração de pessoas tava demais, além de que o uso de máscaras era bem precário. Resultado é que se as pessoas não colaboram só resta ao poder público colocar ordem na casa. Os bons acabam pagando por aqueles que não colaboram. É uma pena, porque praticar esportes é super saudável e deve ser incentivado. Poder constituído é pra isso, parabéns.


VITRINE 


  • Definitivamente o ano de 2020 não tem sido nada fácil pro povo brasileiro e em especial pra nós aqui de Santa Catarina. Essa semana um ciclone derrubou postes, árvores, destelhou casas e prédios e derrubou a energia em quase todos os municípios. Acaba 2020, por favor.
  • Presidente Bolsonaro também não está vivendo um bom ano e levou uma bola nas costas da turma do General Heleno que cuida da segurança institucional da presidência. Deixaram o presidente nomear um ministro pra educação com um curriculum falso. Recheado de doutorados fake. Daí fica difícil.
  • Os números de desempregados não para de aumentar e a tendência é termos o pior índice da história do Brasil. A economia vai demorar para voltar aos patamares pré Covid-19. Até lá só resta ao povo e aos comerciantes contarem com a ajuda oficial. Tá feia a coisa.
  • Se alguém puder explicar como é que os índices inflacionários andam tão baixos e até negativos se os preços estão em forte alta. Se você fizer um orçamento os comerciantes pedem pra confirmar em poucos dias porque os preços estão em alta. Difícil de entender. 
  • Esse mês comemoro 32 anos de namoro com a bem casada e só peço a Deus que o tempo seja gentil conosco, e nos permita mais um bom tempo juntos. Com muita saúde, paz, amor e cumplicidade. E pra fechar com chave de ouro, rodeados pelos nossos familiares. Tks god.
  • Até o momento que escrevo a coluna já estamos há 60 horas sem luz na Rua 910, onde fica o  meu escritório. Dessa vez a coisa foi feia mesmo. Só Deus na causa.

ESSE ANO FAÇA CERTO. FIQUE EM CASA. FAÇA A SUA PARTE


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 02/07/2020 às 22h04 | jonasramos3011@hotmail.com



Jonas Ramos Júnior

Assina a coluna J. Júnior

Advogado pós graduado em direito ambiental, reside em BC desde dez/1981. Escreve no JP3 desde 1992, porque tem interesse na cidade e no seu desenvolvimento.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: [email protected]

Página 3
J. Júnior
Por Jonas Ramos Júnior

Mala Direta

VALENTÕES

Muitas pessoas insistem em não usar máscaras e a praticar o distanciamento social como forma de prevenir a proliferação da Covid-19. Pois bem, alguns que eu particularmente conheço entraram na lista dos que foram afetados pelo vírus, e agora dizem que subestimaram o perigo real desse vírus. Até o governador Carlos Moisés que andava desfilando sem máscara em uma festa junina em Gaspar foi infectado. Na nossa região a proliferação tem aumentado bastante e a preocupação é com a falta de leitos de UTI, que estão quase que no limite. Portanto, na dúvida fique em casa, e se sair use máscara. Não tem por que correr um risco desnecessário. Pior, infectar amigos e familiares.  

REDES

Como havíamos comentado anteriormente a proliferação de redes na praia e a aglomeração de pessoas tava demais, além de que o uso de máscaras era bem precário. Resultado é que se as pessoas não colaboram só resta ao poder público colocar ordem na casa. Os bons acabam pagando por aqueles que não colaboram. É uma pena, porque praticar esportes é super saudável e deve ser incentivado. Poder constituído é pra isso, parabéns.


VITRINE 


  • Definitivamente o ano de 2020 não tem sido nada fácil pro povo brasileiro e em especial pra nós aqui de Santa Catarina. Essa semana um ciclone derrubou postes, árvores, destelhou casas e prédios e derrubou a energia em quase todos os municípios. Acaba 2020, por favor.
  • Presidente Bolsonaro também não está vivendo um bom ano e levou uma bola nas costas da turma do General Heleno que cuida da segurança institucional da presidência. Deixaram o presidente nomear um ministro pra educação com um curriculum falso. Recheado de doutorados fake. Daí fica difícil.
  • Os números de desempregados não para de aumentar e a tendência é termos o pior índice da história do Brasil. A economia vai demorar para voltar aos patamares pré Covid-19. Até lá só resta ao povo e aos comerciantes contarem com a ajuda oficial. Tá feia a coisa.
  • Se alguém puder explicar como é que os índices inflacionários andam tão baixos e até negativos se os preços estão em forte alta. Se você fizer um orçamento os comerciantes pedem pra confirmar em poucos dias porque os preços estão em alta. Difícil de entender. 
  • Esse mês comemoro 32 anos de namoro com a bem casada e só peço a Deus que o tempo seja gentil conosco, e nos permita mais um bom tempo juntos. Com muita saúde, paz, amor e cumplicidade. E pra fechar com chave de ouro, rodeados pelos nossos familiares. Tks god.
  • Até o momento que escrevo a coluna já estamos há 60 horas sem luz na Rua 910, onde fica o  meu escritório. Dessa vez a coisa foi feia mesmo. Só Deus na causa.

ESSE ANO FAÇA CERTO. FIQUE EM CASA. FAÇA A SUA PARTE


 

Escrito por Jonas Ramos Júnior, 02/07/2020 às 22h04 | jonasramos3011@hotmail.com



Jonas Ramos Júnior

Assina a coluna J. Júnior

Advogado pós graduado em direito ambiental, reside em BC desde dez/1981. Escreve no JP3 desde 1992, porque tem interesse na cidade e no seu desenvolvimento.