Jornal Página 3
Coluna
Drone
Por Hélvion Ribeiro

O Segredo do anel

O Lago Constance, que banha a Suíça, Áustria e a Alemanha é grande, tem mais de 50 km de extensão e é lindo.

O FEITIÇO do Lago Constance

- Carlos Magno tava velhinho, viúvo várias vezes andava desanimado. Os Conselheiro do Reino acharam que ele devia casar com uma moça nova.

Deu o casamento, com uma linda donzela escolhida por CM.

Trombeta, carruagem, desfile e tudo. O Carlão se apaixonou perdidamente. Não largava a moça pra nada e não queria saber das coisas do Reino. Aquilo tava uma vergonha no Palácio.

Aí a moça adoeceu, fizeram de tudo mas ela morreu.

O Carlos Magno deitou ela em seu leito, e não saiu mais do lado pra nada.

O Bispo resolveu tomar providência. Ele mesmo examinou o corpo da moça para ver se descobria algum segredo e depois de muita pesquisa encontrou um ANEL embaixo da língua da moça.

Botou o anel no bolso e para sua surpresa no outro dia o Carlão mandou enterrar o corpo e...começou a seguir o bispo. Se apaixonou pelo Bispo, que ficou naquela situação desagradável.

Até que o Bispo achou que a culpa era do anel e jogou o anel dentro do Lago Constance.

Não deu outra, o Carlos Magno foi pra beira do Lago e ficou ali até morrer.

Tá aí o FEITIÇO do Lago Constance.

Eu andei de ship, 3 horas pelo Lago, que tem mais de 50 km, e em alguns lugares 250m de profundidade eu não vi o anel. NUNCA!
Quando vocês vierem aqui muito cuidado com o Lago. Se viram o ANEL, não peguem - tem FEITIÇO.

Quem me alertou foi um professor aposentado da UFSC - grande sujeito!

Escrito por Hélvion Ribeiro, 09/05/2018 às 11h56 | helvionr@yahoo.com.br



Hélvion Ribeiro

Assina a coluna Drone

Hélvion A. Ribeiro, 69. Atuou como Dentista em Lages, Urubici, Fpolis, RJ, Camboriú, Itajaí, Blumenau e BC. Seu trabalho mais importante é contribuir como voluntário, especialmente pela Universidade Gratuita. Pai de 3 médicos, tem 5 netos, faz academia rural no sítio em B. Camboriú onde tem a felicidade de viver há 20 anos.


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br

Página 3
Drone
Por Hélvion Ribeiro

O Segredo do anel

O Lago Constance, que banha a Suíça, Áustria e a Alemanha é grande, tem mais de 50 km de extensão e é lindo.

O FEITIÇO do Lago Constance

- Carlos Magno tava velhinho, viúvo várias vezes andava desanimado. Os Conselheiro do Reino acharam que ele devia casar com uma moça nova.

Deu o casamento, com uma linda donzela escolhida por CM.

Trombeta, carruagem, desfile e tudo. O Carlão se apaixonou perdidamente. Não largava a moça pra nada e não queria saber das coisas do Reino. Aquilo tava uma vergonha no Palácio.

Aí a moça adoeceu, fizeram de tudo mas ela morreu.

O Carlos Magno deitou ela em seu leito, e não saiu mais do lado pra nada.

O Bispo resolveu tomar providência. Ele mesmo examinou o corpo da moça para ver se descobria algum segredo e depois de muita pesquisa encontrou um ANEL embaixo da língua da moça.

Botou o anel no bolso e para sua surpresa no outro dia o Carlão mandou enterrar o corpo e...começou a seguir o bispo. Se apaixonou pelo Bispo, que ficou naquela situação desagradável.

Até que o Bispo achou que a culpa era do anel e jogou o anel dentro do Lago Constance.

Não deu outra, o Carlos Magno foi pra beira do Lago e ficou ali até morrer.

Tá aí o FEITIÇO do Lago Constance.

Eu andei de ship, 3 horas pelo Lago, que tem mais de 50 km, e em alguns lugares 250m de profundidade eu não vi o anel. NUNCA!
Quando vocês vierem aqui muito cuidado com o Lago. Se viram o ANEL, não peguem - tem FEITIÇO.

Quem me alertou foi um professor aposentado da UFSC - grande sujeito!

Escrito por Hélvion Ribeiro, 09/05/2018 às 11h56 | helvionr@yahoo.com.br



Hélvion Ribeiro

Assina a coluna Drone

Hélvion A. Ribeiro, 69. Atuou como Dentista em Lages, Urubici, Fpolis, RJ, Camboriú, Itajaí, Blumenau e BC. Seu trabalho mais importante é contribuir como voluntário, especialmente pela Universidade Gratuita. Pai de 3 médicos, tem 5 netos, faz academia rural no sítio em B. Camboriú onde tem a felicidade de viver há 20 anos.


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade