Jornal Página 3
Coluna
Frente & Verso
Por Daniele Sisnandes

Chegou a hora da despedida!

Não fiz jornalismo para fazer amigos. Ou ir a festas restritas, me deliciar com coquetéis ou transitar entre gente influente. Fiz porque tinha sonhos, como a maioria dos jovens. Sonhos de mudança. Mas o que eu menos imaginava era que o jornalismo ia me mudar tanto, por dentro.

Quando cheguei no Página 3 em 2007 eu não tinha experiência na área. Tinha tido uma breve e promissora carreira na música, até me acidentar de carro. Aquilo mexeu comigo e percebi que eu precisava de solidez, por isso fui buscar um estágio na área que eu cursava.

Caí no Página 3 e lembro até hoje do primeiro dia de trabalho. A Carol me recebeu e disse para eu sentar no PC e navegar na net. O tempo não corria tão rápido, afinal o jornal saía só aos sábados. Eu entrei na última edição da versão tabloide, aquele jornalão imponente!

Passamos juntos por muitas mudanças. O mais gostoso é lembrar das nossas reuniões de pauta. Nos reuníamos para desenhar juntas como seria a próxima edição. A dona Marlise sempre carinhosa e aberta ao diálogo, apontando o caminho com o afago de uma mãe, já o Marzinho nunca gostou muito de participar dessas reuniões preparatórias, ele sempre ficava impaciente com aquela tagarelice.

Era naquela troca, quase sempre feminina, que nos ouvíamos, debatíamos e construíamos juntas. Foi assim que conheci minhas próprias opiniões e aperfeiçoei a escuta. Não foi só jornalismo, foi consolidação de caráter e humanidade.

Durante anos meu computador ficou entre o da Lisi e do Marzinho. E foi nesse intercâmbio intensivo que ouvi os conselhos que nenhum professor jamais deu...sobre ler nas entrelinhas, ter empatia e responsabilidade na hora de escolher o tom, sobre ir além do óbvio e vasculhar onde os outros não costumam olhar. Sobre ter autonomia, descobrir e defender seus pontos de vista com paixão. Mas também sobre saber adaptar, cortar a própria carne de um texto que se pensava perfeito, ceder e evoluir.

Se tem uma coisa da qual me orgulho e pela qual faria tudo novamente é a amizade com meus chefes e todo o espaço e confiança que eles compartilharam comigo. Orgulho demais também da amizade que conquistei da Fab, que amo como se fosse uma irmã e do respeito com que toda família Página 3/Schneider Cezar sempre me tratou.

Trabalhar no Página 3 foi um privilégio. Foi aqui que lapidei minha escrita, compreendi minhas predileções estilísticas, meu apreço pela cultura, a desafiadora estética diária do cotidiano editorial. Isso sem falar em tantas funções que pude desempenhar. Da escrita livre à supervisão de aprendizes, como um dia também fui. Enfim, foi uma grande escola.

Gratidão a todas as fontes que me ajudaram a registrar os fatos. A cada pessoa que passou por mim, que compartilhou informações, somou, pediu apoio, ajudou a construir algo ou apenas criticou, tentou enganar ou apontar falhas ...todas essas pessoas estarão sempre na minha história. Vocês ajudaram a forjar a Daniele jornalista e cidadã de olhos abertos, muitas vezes indignados, porém sem perder a ternura, jamais.

Recebi o convite para fazer parte da equipe do vereador Lucas Gotardo, um time incrível de profissionais, com quem terei muita alegria de trabalhar. Continuo com os sonhos de mudança, porém agora atuando em outra ponta, sem deixar de lado nada que aprendi até agora.

Chegou a hora de um novo desafio. Deixo a reportagem, mas não pretendo sumir, sigo na web com a coluna Frente e Verso com opinião, cultura, arte e o que mais surgir. Nos veremos em breve, espero. Um abraço carinhoso e vamos em frente!
 

Escrito por Daniele Sisnandes, 15/02/2019 às 16h05 | danikahc@gmail.com



Daniele Sisnandes

Assina a coluna Frente & Verso

Ama a música, as letras e gargalhadas. Sonhadora com os pés no chão. Jornalista. Quer ir além da pirâmide invertida, mas que seja frente e verso.


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br

Página 3
Frente & Verso
Por Daniele Sisnandes

Chegou a hora da despedida!

Não fiz jornalismo para fazer amigos. Ou ir a festas restritas, me deliciar com coquetéis ou transitar entre gente influente. Fiz porque tinha sonhos, como a maioria dos jovens. Sonhos de mudança. Mas o que eu menos imaginava era que o jornalismo ia me mudar tanto, por dentro.

Quando cheguei no Página 3 em 2007 eu não tinha experiência na área. Tinha tido uma breve e promissora carreira na música, até me acidentar de carro. Aquilo mexeu comigo e percebi que eu precisava de solidez, por isso fui buscar um estágio na área que eu cursava.

Caí no Página 3 e lembro até hoje do primeiro dia de trabalho. A Carol me recebeu e disse para eu sentar no PC e navegar na net. O tempo não corria tão rápido, afinal o jornal saía só aos sábados. Eu entrei na última edição da versão tabloide, aquele jornalão imponente!

Passamos juntos por muitas mudanças. O mais gostoso é lembrar das nossas reuniões de pauta. Nos reuníamos para desenhar juntas como seria a próxima edição. A dona Marlise sempre carinhosa e aberta ao diálogo, apontando o caminho com o afago de uma mãe, já o Marzinho nunca gostou muito de participar dessas reuniões preparatórias, ele sempre ficava impaciente com aquela tagarelice.

Era naquela troca, quase sempre feminina, que nos ouvíamos, debatíamos e construíamos juntas. Foi assim que conheci minhas próprias opiniões e aperfeiçoei a escuta. Não foi só jornalismo, foi consolidação de caráter e humanidade.

Durante anos meu computador ficou entre o da Lisi e do Marzinho. E foi nesse intercâmbio intensivo que ouvi os conselhos que nenhum professor jamais deu...sobre ler nas entrelinhas, ter empatia e responsabilidade na hora de escolher o tom, sobre ir além do óbvio e vasculhar onde os outros não costumam olhar. Sobre ter autonomia, descobrir e defender seus pontos de vista com paixão. Mas também sobre saber adaptar, cortar a própria carne de um texto que se pensava perfeito, ceder e evoluir.

Se tem uma coisa da qual me orgulho e pela qual faria tudo novamente é a amizade com meus chefes e todo o espaço e confiança que eles compartilharam comigo. Orgulho demais também da amizade que conquistei da Fab, que amo como se fosse uma irmã e do respeito com que toda família Página 3/Schneider Cezar sempre me tratou.

Trabalhar no Página 3 foi um privilégio. Foi aqui que lapidei minha escrita, compreendi minhas predileções estilísticas, meu apreço pela cultura, a desafiadora estética diária do cotidiano editorial. Isso sem falar em tantas funções que pude desempenhar. Da escrita livre à supervisão de aprendizes, como um dia também fui. Enfim, foi uma grande escola.

Gratidão a todas as fontes que me ajudaram a registrar os fatos. A cada pessoa que passou por mim, que compartilhou informações, somou, pediu apoio, ajudou a construir algo ou apenas criticou, tentou enganar ou apontar falhas ...todas essas pessoas estarão sempre na minha história. Vocês ajudaram a forjar a Daniele jornalista e cidadã de olhos abertos, muitas vezes indignados, porém sem perder a ternura, jamais.

Recebi o convite para fazer parte da equipe do vereador Lucas Gotardo, um time incrível de profissionais, com quem terei muita alegria de trabalhar. Continuo com os sonhos de mudança, porém agora atuando em outra ponta, sem deixar de lado nada que aprendi até agora.

Chegou a hora de um novo desafio. Deixo a reportagem, mas não pretendo sumir, sigo na web com a coluna Frente e Verso com opinião, cultura, arte e o que mais surgir. Nos veremos em breve, espero. Um abraço carinhoso e vamos em frente!
 

Escrito por Daniele Sisnandes, 15/02/2019 às 16h05 | danikahc@gmail.com



Daniele Sisnandes

Assina a coluna Frente & Verso

Ama a música, as letras e gargalhadas. Sonhadora com os pés no chão. Jornalista. Quer ir além da pirâmide invertida, mas que seja frente e verso.


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade