Jornal Página 3
Coluna
Fabular é preciso!
Por Fabi Langaro Loos

Decoração em tempos de isolamento social

Em época de isolamento social, o tempo é de ficar em casa (claro, para quem pode). Logo, nossos olhares estão mais voltados para nossa residência, a fim da renovação da decoração de ambientes ou para sentir melhor o aconchego que todo o lar é capaz de nos proporcionar. É tempo para analisar cada cantinho, cada detalhe que, talvez, anteriormente a esse isolamento, na correria do dia a dia, passava despercebido. 

Ócio e tédio que, para muitas pessoas, poderiam ser sensações que viriam à tona ao falar “fique em casa”, transformaram-se em respiro na vida tumultuada, em criatividade e afetividade nas relações intensas que vivemos com o lar. 

Nunca estivemos em uma amizade tão próxima com a nossa casa quanto agora. É uma experiência peculiar que atinge a todos e, assim, cada vez mais, a casa passa a refletir o estado de espírito de quem habita nela, um reflexo do momento, seja para trazer uma sensação de calma ou de alegria através das cores, uma sensação poética ou até mesmo para organizar espaços e tentar escapar da confusão e do caos do cotidiano em uma época tão delicada, que nunca havíamos enfrentado.

Com mais tempo em casa, as pessoas começaram a cultivar o valor à arte e ao design, que desenvolvem sentimentos únicos ao ser humano. Além de transformar a configuração e o layout do ambiente, a arte nos transforma interiormente, e esse é o seu mais valioso poder.

As obras de arte, assim como outros objetos de decoração e de design, proporcionam mais leveza, harmonia e cor ao dia a dia. Ter o privilégio de viver em um lugar onde bate uma luz natural ou de sentir o vento que invade a janela da sala é um prazer indescritível. Mas ter isso rodeado de peças de arte e de design é ânimo aos sentidos. Afinal, a arte é sempre uma excelente companhia.  

Obra de arte Lollipop (mista sobre tela - 123x103 cm) da artista plástica Fabiana Langaro Loos em ambiente assinado pela arquiteta Simara Deola Mello, na Praia Brava, em Itajaí/SC.

Escrito por Fabi Langaro Loos, 27/08/2020 às 09h18 | fabiloos@terra.com.br



Fabi Langaro Loos

Assina a coluna Fabular é preciso!

... é artista plástica, pinta e borda, ama as cores e as palavras, é do heavy metal e da vida.














Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: [email protected]

Página 3
Fabular é preciso!
Por Fabi Langaro Loos

Decoração em tempos de isolamento social

Em época de isolamento social, o tempo é de ficar em casa (claro, para quem pode). Logo, nossos olhares estão mais voltados para nossa residência, a fim da renovação da decoração de ambientes ou para sentir melhor o aconchego que todo o lar é capaz de nos proporcionar. É tempo para analisar cada cantinho, cada detalhe que, talvez, anteriormente a esse isolamento, na correria do dia a dia, passava despercebido. 

Ócio e tédio que, para muitas pessoas, poderiam ser sensações que viriam à tona ao falar “fique em casa”, transformaram-se em respiro na vida tumultuada, em criatividade e afetividade nas relações intensas que vivemos com o lar. 

Nunca estivemos em uma amizade tão próxima com a nossa casa quanto agora. É uma experiência peculiar que atinge a todos e, assim, cada vez mais, a casa passa a refletir o estado de espírito de quem habita nela, um reflexo do momento, seja para trazer uma sensação de calma ou de alegria através das cores, uma sensação poética ou até mesmo para organizar espaços e tentar escapar da confusão e do caos do cotidiano em uma época tão delicada, que nunca havíamos enfrentado.

Com mais tempo em casa, as pessoas começaram a cultivar o valor à arte e ao design, que desenvolvem sentimentos únicos ao ser humano. Além de transformar a configuração e o layout do ambiente, a arte nos transforma interiormente, e esse é o seu mais valioso poder.

As obras de arte, assim como outros objetos de decoração e de design, proporcionam mais leveza, harmonia e cor ao dia a dia. Ter o privilégio de viver em um lugar onde bate uma luz natural ou de sentir o vento que invade a janela da sala é um prazer indescritível. Mas ter isso rodeado de peças de arte e de design é ânimo aos sentidos. Afinal, a arte é sempre uma excelente companhia.  

Obra de arte Lollipop (mista sobre tela - 123x103 cm) da artista plástica Fabiana Langaro Loos em ambiente assinado pela arquiteta Simara Deola Mello, na Praia Brava, em Itajaí/SC.

Escrito por Fabi Langaro Loos, 27/08/2020 às 09h18 | fabiloos@terra.com.br



Fabi Langaro Loos

Assina a coluna Fabular é preciso!

... é artista plástica, pinta e borda, ama as cores e as palavras, é do heavy metal e da vida.