Jornal Página 3
Coluna
Dedo na Moleira
Por Waldemar Cezar Neto

Luciano Havan Hang em 2018

O empresário Luciano Hang, dono da Havan, concedeu entrevista coletiva hoje (5) pela manhã em Brusque e se declarou disposto a participar da próxima eleição. No entanto não declinou qual cargo pretende.

Um dos melhores marketeiros do cenário empresarial catarinense, vendedor nato, Luciano sabe como ninguém promover a si mesmo e a sua importante rede de lojas.

Suas ideias em relação à política são claras, já foram várias vezes expostas em palestras e batem com o que pensam os eleitores em geral: ele considera que governos e políticos são nefastos ao desenvolvimento do país, atrapalham quem deseja trabalhar.

Ele é contra o assistencialismo e a favor da livre iniciativa, ideias que caem como uma luva para um eleitorado como o catarinense enojado com o cenário político nacional; com bolsa-família, seguro-desemprego e outras benesses governamentais que incentivam a malandragem em vez do suor.

Seu sucesso empresarial é o melhor cartão de visitas, mas se decidir realmente concorrer enfrentará um mundo novo, cheio de armadilhas e pessoas melífluas.

Se eu voto nele? Voto sim, me parece melhor ao governo do Estado do que os nomes que surgiram até agora, muitos envolvidos na defesa do indefensável ou militando em partidos repletos de esqueletos nos armários.

Luciano deixou o MDB e não anunciou a qual partido pretende se filiar.

Não faz muita diferença, praticamente todas as siglas estão queimadas e tirando fora a máquina política do queimadíssimo MDB o que decidirá a eleição será o perfil das pessoas e não dos partidos. 

Escrito por Waldemar Cezar Neto, 05/01/2018 às 11h57 | waldemar@camboriu.com.br



Waldemar Cezar Neto

Assina a coluna Dedo na Moleira

Lê, pesca, cozinha, escreve e é diretor chefe do Jornal Página 3.


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br

Página 3
Dedo na Moleira
Por Waldemar Cezar Neto

Luciano Havan Hang em 2018

O empresário Luciano Hang, dono da Havan, concedeu entrevista coletiva hoje (5) pela manhã em Brusque e se declarou disposto a participar da próxima eleição. No entanto não declinou qual cargo pretende.

Um dos melhores marketeiros do cenário empresarial catarinense, vendedor nato, Luciano sabe como ninguém promover a si mesmo e a sua importante rede de lojas.

Suas ideias em relação à política são claras, já foram várias vezes expostas em palestras e batem com o que pensam os eleitores em geral: ele considera que governos e políticos são nefastos ao desenvolvimento do país, atrapalham quem deseja trabalhar.

Ele é contra o assistencialismo e a favor da livre iniciativa, ideias que caem como uma luva para um eleitorado como o catarinense enojado com o cenário político nacional; com bolsa-família, seguro-desemprego e outras benesses governamentais que incentivam a malandragem em vez do suor.

Seu sucesso empresarial é o melhor cartão de visitas, mas se decidir realmente concorrer enfrentará um mundo novo, cheio de armadilhas e pessoas melífluas.

Se eu voto nele? Voto sim, me parece melhor ao governo do Estado do que os nomes que surgiram até agora, muitos envolvidos na defesa do indefensável ou militando em partidos repletos de esqueletos nos armários.

Luciano deixou o MDB e não anunciou a qual partido pretende se filiar.

Não faz muita diferença, praticamente todas as siglas estão queimadas e tirando fora a máquina política do queimadíssimo MDB o que decidirá a eleição será o perfil das pessoas e não dos partidos. 

Escrito por Waldemar Cezar Neto, 05/01/2018 às 11h57 | waldemar@camboriu.com.br



Waldemar Cezar Neto

Assina a coluna Dedo na Moleira

Lê, pesca, cozinha, escreve e é diretor chefe do Jornal Página 3.


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade