Jornal Página 3
Coluna
ALBC Ecos Literários
Por Academia de Letras

Nas Águas do Mar

Aqui me sinto perdido,
neste mundo sem sentido,
que faz a vida pirar...

Meu grito não mais ecoa,
sou do mundo uma pessoa
com tristeza de matar.

As vezes só, no meu templo,
busco a paz, e te contemplo,
sinto a alma se animar...

Por isso eu rezo e suplico
e digo: aqui eu não fico,
porque não sei te esperar.

Um dia desses, quem sabe,
com todo amor que me cabe,
não te vou desencantar!!!

E nesse encanto, te vejo,
dou-te um abraço e te beijo
ao livre leu do luar.

Desfaço então meus tormentos,
mando tudo para os ventos
levarem a outro lugar...

Mas no poente inimigo
hei de cumprir meu castigo
no bravo mar a ruflar.

Se lá morrer, te perigo,
encanto não tem perigo,
onde quer eu vou te acha...

Então descubro o teu mundo,
e com o amor, mais profundo,
vou bailando sem parar...

E nesse baile prossigo,
divina deusa, contigo,
vou bailando ao fim do mar...

Ari Santos de Campos
Presidente da ALBC

Site da ALBC: http://albc.com.br/

 

Escrito por Academia de Letras, 05/07/2018 às 12h46 | elianarjz@gmail.com



Academia de Letras

Assina a coluna ALBC Ecos Literários


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Fale Conosco - Anuncie no Página 3 - Normas de Uso
© Desenvolvido por Página 3

Endereço: Rua 2448, 360 - Balneário Camboriú - SC | Telefone: (47) 3367-3333 | Email: jornal@pagina3.com.br