Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Elevado da Quarta Avenida terá o nome do ex-prefeito Meirinho

Sábado, 13/6/2020 10:32.
Divulgação
O ex-prefeito será homenageado.

Publicidade

A obra do elevado que vai ligar a avenida Martin Luther a Quarta Avenida, sobre a avenida do Estado, vai se chamar Viaduto Prefeito Gilberto Américo Meirinho. A denominação foi aprovada pelos vereadores esta semana.

O vereador André Meirinho que se declarou impedido de votar por ser parente do homenageado, conforme princípio da impessoalidade previsto no art. 37 da Constituição Federal, disse que não foi o autor do projeto, não votou e sua manifestação é familiar (ele é sobrinho neto do ex-prefeito).

“Em nome da família, agradecemos ao ex-vereador Ary Souza que apresentou o projeto do nome do viaduto ainda em 2014 e aos vereadores Joceli Nazari, Bola, Arlindo Cruz, Gelson Rodrigues, Juliethe Nitz, Leonardo Piruka, Moacir Schmidt, Omar Tomalih, Orlando Angioletti e Patrick Machado que apresentaram em conjunto o Projeto de Lei nº 222/2019 que foi aprovado por unanimidade de todos vereadores que puderam votar no dia 10/06/2020”, comentou Meirinho.

O ex-prefeito

Meirinho governou Balneário Camboriú de 1973 a 1977 e o sistema viário foi sua ‘menina dos olhos’, em uma cidade que começava a crescer. Neste período foram implantadas a Terceira, a Quarta e o começo da Quinta Avenida. A Avenida do Estado foi alargada e no seu governo começou a discussão para alargar a beira mar. Ainda no sistema viário foi aberta a Estrada Costa Brava, hoje conhecida como Interpraias.

Além disso, foram feitos os projetos de esgoto cloacal (sanitário) e galerias de águas pluviais (drenagem) permitindo que Balneário Camboriú fosse o primeiro município de Santa Catarina a apresentar ao governo do Estado, o projeto de Saneamento Básico Municipal, no dia 15 de agosto de 1976, o que culminou com a razão da continuidade da Avenida Brasil nas duas extremas.

Foram desenvolvidos ainda o Plano Diretor Físico e Territorial, o Código de Normas e Instalações (antigo código de posturas), Código de Obras e Edificações e o Código Tributário, entre tantas outras ações e obras.

“Da sua gestão nasceu o reconhecimento e a eleição de nossa cidade como Modelo Nacional de Planejamento Turístico, quando também foram doados terrenos pela comunidade nas margens da BR-101 e iniciada a Citur/Rodofeira que posteriormente se tornou Santur e onde agora foi construído o Centro de Eventos de Balneário Camboriú”, segue André Meirinho.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação
O ex-prefeito será homenageado.
O ex-prefeito será homenageado.

Elevado da Quarta Avenida terá o nome do ex-prefeito Meirinho

Publicidade

Sábado, 13/6/2020 10:32.

A obra do elevado que vai ligar a avenida Martin Luther a Quarta Avenida, sobre a avenida do Estado, vai se chamar Viaduto Prefeito Gilberto Américo Meirinho. A denominação foi aprovada pelos vereadores esta semana.

O vereador André Meirinho que se declarou impedido de votar por ser parente do homenageado, conforme princípio da impessoalidade previsto no art. 37 da Constituição Federal, disse que não foi o autor do projeto, não votou e sua manifestação é familiar (ele é sobrinho neto do ex-prefeito).

“Em nome da família, agradecemos ao ex-vereador Ary Souza que apresentou o projeto do nome do viaduto ainda em 2014 e aos vereadores Joceli Nazari, Bola, Arlindo Cruz, Gelson Rodrigues, Juliethe Nitz, Leonardo Piruka, Moacir Schmidt, Omar Tomalih, Orlando Angioletti e Patrick Machado que apresentaram em conjunto o Projeto de Lei nº 222/2019 que foi aprovado por unanimidade de todos vereadores que puderam votar no dia 10/06/2020”, comentou Meirinho.

O ex-prefeito

Meirinho governou Balneário Camboriú de 1973 a 1977 e o sistema viário foi sua ‘menina dos olhos’, em uma cidade que começava a crescer. Neste período foram implantadas a Terceira, a Quarta e o começo da Quinta Avenida. A Avenida do Estado foi alargada e no seu governo começou a discussão para alargar a beira mar. Ainda no sistema viário foi aberta a Estrada Costa Brava, hoje conhecida como Interpraias.

Além disso, foram feitos os projetos de esgoto cloacal (sanitário) e galerias de águas pluviais (drenagem) permitindo que Balneário Camboriú fosse o primeiro município de Santa Catarina a apresentar ao governo do Estado, o projeto de Saneamento Básico Municipal, no dia 15 de agosto de 1976, o que culminou com a razão da continuidade da Avenida Brasil nas duas extremas.

Foram desenvolvidos ainda o Plano Diretor Físico e Territorial, o Código de Normas e Instalações (antigo código de posturas), Código de Obras e Edificações e o Código Tributário, entre tantas outras ações e obras.

“Da sua gestão nasceu o reconhecimento e a eleição de nossa cidade como Modelo Nacional de Planejamento Turístico, quando também foram doados terrenos pela comunidade nas margens da BR-101 e iniciada a Citur/Rodofeira que posteriormente se tornou Santur e onde agora foi construído o Centro de Eventos de Balneário Camboriú”, segue André Meirinho.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade