Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Previsto para outubro, elevado da Quarta Avenida segue em ritmo acelerado

Avenida Panorâmica também está na reta final

Quinta, 9/7/2020 17:59.

Publicidade

(Ivan Rupp, especial para o Página 3) - Uma das mais necessárias obras de mobilidade de Balneário Camboriú está em ritmo acelerado. Trata-se do Elevado da Quarta Avenida, que vai resolver o problema de décadas na rótula que faz a interligação das Avenidas do Estado e Martin Luther com a Quarta Avenida. O trânsito pesado no local em horário de pico provoca grandes congestionamentos que serão solucionados com a conclusão do elevado, prevista para outubro próximo.

Outra obra importante na região é a Avenida Panorâmica, que vai levar o trânsito em direção à BR-101, da Avenida Martin Luther para a Avenida das Flores, por sobre o morro da antiga pedreira. O trecho de ligação da Avenida Panorâmica com a Martin Luther também está em sua reta final. As duas obras são complementares e resolvem bem a mobilidade no local.

No entorno do novo elevado, uma área com 15 mil m² será urbanizada com itens de lazer, dog park, espaço para ginástica, parquinho infantil, praça e paisagismo, além de mobiliários urbanos e iluminação com sistema de led.

A obra do Elevado foi contratada por R$ 10,6 milhões, a da Avenida Panorâmica por R$ 3,2 milhões. Em indenizações para estas obras e entorno a Prefeitura investiu um total de R$ 26 milhões.

Com a implantação do elevado, em conjunto com a finalização da Avenida Panorâmica, o fluxo do trânsito será da seguinte forma: os veículos que estiverem na Avenida Martin Luther e vão em direção da Avenida das Flores terão que acessar a Avenida Panorâmica; os veículos que estiverem na Avenida Martin Luther mas que vão para a 4ª Avenida, passarão por cima do elevado.
Para aqueles que seguem pela Avenida do Estado em direção ao Centro e desejarem acessar a 4ª Avenida, será necessário utilizar as faixas da direita; já para os que quiserem continuar na Avenida do Estado, será necessário se manter nas faixas da esquerda, passando por baixo do Elevado.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Previsto para outubro, elevado da Quarta Avenida segue em ritmo acelerado

Avenida Panorâmica também está na reta final

Publicidade

Quinta, 9/7/2020 17:59.

(Ivan Rupp, especial para o Página 3) - Uma das mais necessárias obras de mobilidade de Balneário Camboriú está em ritmo acelerado. Trata-se do Elevado da Quarta Avenida, que vai resolver o problema de décadas na rótula que faz a interligação das Avenidas do Estado e Martin Luther com a Quarta Avenida. O trânsito pesado no local em horário de pico provoca grandes congestionamentos que serão solucionados com a conclusão do elevado, prevista para outubro próximo.

Outra obra importante na região é a Avenida Panorâmica, que vai levar o trânsito em direção à BR-101, da Avenida Martin Luther para a Avenida das Flores, por sobre o morro da antiga pedreira. O trecho de ligação da Avenida Panorâmica com a Martin Luther também está em sua reta final. As duas obras são complementares e resolvem bem a mobilidade no local.

No entorno do novo elevado, uma área com 15 mil m² será urbanizada com itens de lazer, dog park, espaço para ginástica, parquinho infantil, praça e paisagismo, além de mobiliários urbanos e iluminação com sistema de led.

A obra do Elevado foi contratada por R$ 10,6 milhões, a da Avenida Panorâmica por R$ 3,2 milhões. Em indenizações para estas obras e entorno a Prefeitura investiu um total de R$ 26 milhões.

Com a implantação do elevado, em conjunto com a finalização da Avenida Panorâmica, o fluxo do trânsito será da seguinte forma: os veículos que estiverem na Avenida Martin Luther e vão em direção da Avenida das Flores terão que acessar a Avenida Panorâmica; os veículos que estiverem na Avenida Martin Luther mas que vão para a 4ª Avenida, passarão por cima do elevado.
Para aqueles que seguem pela Avenida do Estado em direção ao Centro e desejarem acessar a 4ª Avenida, será necessário utilizar as faixas da direita; já para os que quiserem continuar na Avenida do Estado, será necessário se manter nas faixas da esquerda, passando por baixo do Elevado.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade