Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Barragem criminosa desviava abastecimento de água de Balneário Camboriú e Camboriú

“Graças ao acordo feito com os rizicultores estamos conseguindo manter o abastecimento"

Quinta, 2/1/2020 9:16.
Foto: Divulgação Emasa
Fiscalização remove barragem

Publicidade

Durante a fiscalização nas margens do Rio Camboriú, técnicos identificaram na manhã desta quarta-feira (1º), a construção de barragens irregulares feitas com argila e pneus, desviando água que deveria seguir para a captação e abastecimento em Balneário Camboriú e Camboriú.

“Pelas características da barragem, a ação deve ter sido realizada por profissionais e com objetivo claro de prejudicar o abastecimento de água para as pessoas”, mencionou o diretor-geral da Emasa, Douglas Costa Beber.

A policia ambiental foi acionada e um Boletim de Ocorrência será feito para investigar o caso.

Segundo o diretor-geral da Emasa, as quadras de arroz que fazem parte do acordo foram abertas e todas as áreas ao longo do rio estão sendo monitoradas, inclusive durante a madrugada, e continuarão sendo.

“Graças ao acordo feito com os rizicultores estamos conseguindo manter o abastecimento, apesar da estiagem em todo Estado e do alto consumo de água neste período. Mas é preciso que a população colabore e economize água nestes dias”, completa Douglas.

A Emasa solicita que a população não desperdice e economize água neste período, priorizando o uso para consumo humano e necessidades básicas. Evite o desperdício: não realize atividades como lavação de carros, calçadas e afins. Reduza o tempo no banho e mantenha a torneira fechada ao escovar os dentes, fazer a barba e lavar a louça.


Fonte: Emasa


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Foto: Divulgação Emasa
Fiscalização remove barragem
Fiscalização remove barragem

Barragem criminosa desviava abastecimento de água de Balneário Camboriú e Camboriú

“Graças ao acordo feito com os rizicultores estamos conseguindo manter o abastecimento"

Publicidade

Quinta, 2/1/2020 9:16.

Durante a fiscalização nas margens do Rio Camboriú, técnicos identificaram na manhã desta quarta-feira (1º), a construção de barragens irregulares feitas com argila e pneus, desviando água que deveria seguir para a captação e abastecimento em Balneário Camboriú e Camboriú.

“Pelas características da barragem, a ação deve ter sido realizada por profissionais e com objetivo claro de prejudicar o abastecimento de água para as pessoas”, mencionou o diretor-geral da Emasa, Douglas Costa Beber.

A policia ambiental foi acionada e um Boletim de Ocorrência será feito para investigar o caso.

Segundo o diretor-geral da Emasa, as quadras de arroz que fazem parte do acordo foram abertas e todas as áreas ao longo do rio estão sendo monitoradas, inclusive durante a madrugada, e continuarão sendo.

“Graças ao acordo feito com os rizicultores estamos conseguindo manter o abastecimento, apesar da estiagem em todo Estado e do alto consumo de água neste período. Mas é preciso que a população colabore e economize água nestes dias”, completa Douglas.

A Emasa solicita que a população não desperdice e economize água neste período, priorizando o uso para consumo humano e necessidades básicas. Evite o desperdício: não realize atividades como lavação de carros, calçadas e afins. Reduza o tempo no banho e mantenha a torneira fechada ao escovar os dentes, fazer a barba e lavar a louça.


Fonte: Emasa


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade