Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Moradores e conselheiros da APA Interpraias fizeram sugestões ao Master Plan

Equipe de Jaime Lerner tem oito meses para apresentar Master Plan, e conselheiros da APA Interpraias contribuirão com estudos

Quarta, 19/2/2020 0:00.

Publicidade

Após uma rápida apresentação do trabalho que a equipe do escritório Jaime Lerner deve desenvolver em Balneário Camboriú, a arquiteta Valeria Bechara disse que estava mais interessada em ouvir o que os presentes na reunião da Apa Interpraias tinham a dizer. Além dos integrantes do Conselho Gestor da Apa Interpraias, estavam presentes na reunião -que aconteceu nesta quarta à noite no Centro Comunitário do Estaleiro, moradores e interessados na preservação da região, que fizeram várias observações e sugestões.


A reunião foi diversa, percebeu-se claramente as diferenças de opiniões a respeito do que chamam "desenvolvimento", mas Valeria, no final, disse que considera todas as contribuições "riquíssimas, porque tem paixão. Cada um defendendo o que acredita apaixonadamente e isso é muito valioso, nosso papel é fazer esse meio de campo e chegar a um lugar comum. Não estamos aqui para fazer plano diretor, e sim macro diretrizes urbanas na continuidade do que existe ou o que a sociedade entender como necessário", explicou.


Nos próximos oito meses a equipe segue elaborando esse "master plan" para a cidade e até lá fará diversas reuniões, inclusive com o grupo de trabalho voluntário, formado por conselheiros, que se colocou à disposição durante essa reunião.

"Um projeto de cidade é um projeto coletivo, a cidade é aquilo que nós somos, por isso é tão importante as contribuições de quem aqui está", disse Valéria.

Algumas das sugestões feitas na reunião

  • Calçadas com árvores, de sombra e frutíferas.
  • Vias da beira mar no Estaleiro e em Taquaras serem transformadas em calçadão (boulevards).
  • Parques ambientais, na pedreira desativada e em Taquarinhas.
  • Valorização e sustentabilidade da cultura local (engenho de farinha em Taquaras, por exemplo).
  • Repensar acessos (via BR 101) e mobilidade, dentro das praias e para ir e voltar do centro.
  • Avaliar capacidade de carga do bairro, levando em consideração necessidades básicas - água, esgoto, mobilidade- antes de pensar em turismo e valorização imobiliária.
  • Pensar em corredores ecológicos para fauna nativa nas vias (a BR 101 peca por essa desatenção em todo país), e em construções em geral - muros, por exemplo.
  • Extrema cautela na urbanização pela Interpraias estar em uma área de grande biodiversidade, com grande quantidade de fauna e flora catalogadas (ainda sendo pesquisadas e descobertas).
  • Levar em conta que o Plano de Manejo está sendo revisto e rediscutido por um conselho formado boa parte por empresários, proprietários de imóveis e interessados na expansão imobiliária/ e esclarecer, como urbanistas e profissionais gabaritados, a importância fundamental da região da APA servir como contra-ponto de uma cidade que teve crescimento desenfreado, como Balneário Camboriú.

A próxima reunião do Conselho Gestor da APA Interpraias deve acontecer em duas semanas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Moradores e conselheiros da APA Interpraias fizeram sugestões ao Master Plan

Equipe de Jaime Lerner tem oito meses para apresentar Master Plan, e conselheiros da APA Interpraias contribuirão com estudos

Publicidade

Quarta, 19/2/2020 0:00.

Após uma rápida apresentação do trabalho que a equipe do escritório Jaime Lerner deve desenvolver em Balneário Camboriú, a arquiteta Valeria Bechara disse que estava mais interessada em ouvir o que os presentes na reunião da Apa Interpraias tinham a dizer. Além dos integrantes do Conselho Gestor da Apa Interpraias, estavam presentes na reunião -que aconteceu nesta quarta à noite no Centro Comunitário do Estaleiro, moradores e interessados na preservação da região, que fizeram várias observações e sugestões.


A reunião foi diversa, percebeu-se claramente as diferenças de opiniões a respeito do que chamam "desenvolvimento", mas Valeria, no final, disse que considera todas as contribuições "riquíssimas, porque tem paixão. Cada um defendendo o que acredita apaixonadamente e isso é muito valioso, nosso papel é fazer esse meio de campo e chegar a um lugar comum. Não estamos aqui para fazer plano diretor, e sim macro diretrizes urbanas na continuidade do que existe ou o que a sociedade entender como necessário", explicou.


Nos próximos oito meses a equipe segue elaborando esse "master plan" para a cidade e até lá fará diversas reuniões, inclusive com o grupo de trabalho voluntário, formado por conselheiros, que se colocou à disposição durante essa reunião.

"Um projeto de cidade é um projeto coletivo, a cidade é aquilo que nós somos, por isso é tão importante as contribuições de quem aqui está", disse Valéria.

Algumas das sugestões feitas na reunião

  • Calçadas com árvores, de sombra e frutíferas.
  • Vias da beira mar no Estaleiro e em Taquaras serem transformadas em calçadão (boulevards).
  • Parques ambientais, na pedreira desativada e em Taquarinhas.
  • Valorização e sustentabilidade da cultura local (engenho de farinha em Taquaras, por exemplo).
  • Repensar acessos (via BR 101) e mobilidade, dentro das praias e para ir e voltar do centro.
  • Avaliar capacidade de carga do bairro, levando em consideração necessidades básicas - água, esgoto, mobilidade- antes de pensar em turismo e valorização imobiliária.
  • Pensar em corredores ecológicos para fauna nativa nas vias (a BR 101 peca por essa desatenção em todo país), e em construções em geral - muros, por exemplo.
  • Extrema cautela na urbanização pela Interpraias estar em uma área de grande biodiversidade, com grande quantidade de fauna e flora catalogadas (ainda sendo pesquisadas e descobertas).
  • Levar em conta que o Plano de Manejo está sendo revisto e rediscutido por um conselho formado boa parte por empresários, proprietários de imóveis e interessados na expansão imobiliária/ e esclarecer, como urbanistas e profissionais gabaritados, a importância fundamental da região da APA servir como contra-ponto de uma cidade que teve crescimento desenfreado, como Balneário Camboriú.

A próxima reunião do Conselho Gestor da APA Interpraias deve acontecer em duas semanas.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade