Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Comerciantes denunciam água dos prédios vizinhos que está caindo na Praça da Cultura

Terça, 11/2/2020 13:41.

Publicidade

Os comerciantes da Vila do Artesanato procuraram o Página 3 para denunciar que prédios vizinhos da Praça da Cultura estão jogando água no local. Há a preocupação com dengue e outros problemas que isso pode causar.

Uma das comerciantes, Eliane Salvador, relatou que toda a água dos prédios está ‘desaguando’ na Vila.

“A água fica parada no corredor atrás das lojinhas e ainda vem água dos prédios. Acho que no momento que estamos de combate à dengue isso é um absurdo acontecer”, diz.

Eliane comenta que a situação é ‘vergonhosa’, e que inclusive tentaram falar com os vizinhos dos prédios, mas que as pessoas se mostraram resistentes.

“As senhoras moradoras disseram que era mais fácil jogar água pra Vila do que alagar o fundo do prédio delas. A água não tem problema, o problema é a dengue. Não é justo e nem certo. Os vizinhos disseram até que foi a prefeitura que disse pra jogarem a água pra fora, mas como é que vão mandar jogar a água de um prédio imenso pra calçada de Balneário? Já há focos onde é possível ver as 'larvinhas' do mosquito em cima”, conta.

O Página 3 entrou em contato com a diretora da Vigilância Sanitária, Aline de Oliveira, que disse que a Emasa precisa checar a origem da água.

“Se caso houver alguma água que estiver ‘empoçando’ aí será o pessoal da dengue, mas essa água tem espuma, é preciso ver de onde está vindo”, explica.

Através da assessoria, a Emasa informou que uma equipe do programa Se Liga na Rede iria fazer uma vistoria nas imediações da Vila do Artesanato nesta terça-feira (11) para checar se a água é um descarte de lavação ou se há algum problema de drenagem.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Comerciantes denunciam água dos prédios vizinhos que está caindo na Praça da Cultura

Publicidade

Terça, 11/2/2020 13:41.

Os comerciantes da Vila do Artesanato procuraram o Página 3 para denunciar que prédios vizinhos da Praça da Cultura estão jogando água no local. Há a preocupação com dengue e outros problemas que isso pode causar.

Uma das comerciantes, Eliane Salvador, relatou que toda a água dos prédios está ‘desaguando’ na Vila.

“A água fica parada no corredor atrás das lojinhas e ainda vem água dos prédios. Acho que no momento que estamos de combate à dengue isso é um absurdo acontecer”, diz.

Eliane comenta que a situação é ‘vergonhosa’, e que inclusive tentaram falar com os vizinhos dos prédios, mas que as pessoas se mostraram resistentes.

“As senhoras moradoras disseram que era mais fácil jogar água pra Vila do que alagar o fundo do prédio delas. A água não tem problema, o problema é a dengue. Não é justo e nem certo. Os vizinhos disseram até que foi a prefeitura que disse pra jogarem a água pra fora, mas como é que vão mandar jogar a água de um prédio imenso pra calçada de Balneário? Já há focos onde é possível ver as 'larvinhas' do mosquito em cima”, conta.

O Página 3 entrou em contato com a diretora da Vigilância Sanitária, Aline de Oliveira, que disse que a Emasa precisa checar a origem da água.

“Se caso houver alguma água que estiver ‘empoçando’ aí será o pessoal da dengue, mas essa água tem espuma, é preciso ver de onde está vindo”, explica.

Através da assessoria, a Emasa informou que uma equipe do programa Se Liga na Rede iria fazer uma vistoria nas imediações da Vila do Artesanato nesta terça-feira (11) para checar se a água é um descarte de lavação ou se há algum problema de drenagem.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade