Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
IMA concede licença para alargamento da praia central de Balneário Camboriú

Terça, 15/12/2020 14:45.
Divulgação/PMBC
A linha amarela mostra até onde será aumentada a faixa de areia atual (linha vermelha)

Publicidade

O Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina concedeu nessa terça-feira (15) a Licença Ambiental de Instalação (LAI) para o alargamento da faixa de areia da praia central de Balneário Camboriú.

Obra esperada pela comunidade há mais de 20 anos dependia apenas da LAI para ser executada. É provável que a obra não inicie agora devido aos transtornos que causará na temporada.

"Uma grande notícia para Balneário Camboriú! Recebemos a Licença Ambiental de Instalação (LAI) para o início da recuperação da faixa de areia da Praia Central, uma grande conquista para nossa cidade. A obra já foi licitada e logo terá início!", disse o prefeito através de suas redes sociais.

Valor e execução

O Consórcio DTA/Jan de Nul é responsável pelo alargamento da praia central de Balneário Camboriú, no valor de R$ 66.881.499,05.

A DTA é uma empresa de São Paulo que atua em obras portuárias e a Jan de Nul, sediada no paraíso fiscal de Luxemburgo, também é dessa área. A Jan de Nul é uma das empresas mais capacitadas no mundo, para este tipo de obra.

A obra demora de quatro a seis meses para ser executada.


Licença Ambiental de Instalação >>clique aqui.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação/PMBC
A linha amarela mostra até onde será aumentada a faixa de areia atual (linha vermelha)
A linha amarela mostra até onde será aumentada a faixa de areia atual (linha vermelha)

IMA concede licença para alargamento da praia central de Balneário Camboriú

Terça, 15/12/2020 14:45.

O Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina concedeu nessa terça-feira (15) a Licença Ambiental de Instalação (LAI) para o alargamento da faixa de areia da praia central de Balneário Camboriú.

Obra esperada pela comunidade há mais de 20 anos dependia apenas da LAI para ser executada. É provável que a obra não inicie agora devido aos transtornos que causará na temporada.

"Uma grande notícia para Balneário Camboriú! Recebemos a Licença Ambiental de Instalação (LAI) para o início da recuperação da faixa de areia da Praia Central, uma grande conquista para nossa cidade. A obra já foi licitada e logo terá início!", disse o prefeito através de suas redes sociais.

Valor e execução

O Consórcio DTA/Jan de Nul é responsável pelo alargamento da praia central de Balneário Camboriú, no valor de R$ 66.881.499,05.

A DTA é uma empresa de São Paulo que atua em obras portuárias e a Jan de Nul, sediada no paraíso fiscal de Luxemburgo, também é dessa área. A Jan de Nul é uma das empresas mais capacitadas no mundo, para este tipo de obra.

A obra demora de quatro a seis meses para ser executada.


Licença Ambiental de Instalação >>clique aqui.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade