Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Forças da Segurança não podem impedir circulação de pessoas, somente aglomerações

Quinta, 2/4/2020 10:30.
Divulgação

Publicidade

A principal forma de precaução ao Coronavírus é o isolamento social, mas muitos desrespeitam isso em Balneário Camboriú o que gerou telefonemas para o Página 3, mas a verdade e que a polícia não pode, neste momento, proibir o direito de ir e vir das pessoas.

Ficamos impotentes diante da falta de educação das pessoas”

O secretário municipal de Segurança, David Queiroz, explicou que até quarta-feira (1º) o carro de som pedindo que as pessoas permaneçam em casa circulou pelas principais avenidas, como na Atlântica, e confirmou que as praias seguem interditadas, mas sem toque de recolher as pessoas podem sair às ruas.

“Só não pode haver aglomeração. Não temos como coibir, ficamos impotentes diante da falta de educação das pessoas. Entendemos que é um momento de muito estresse, que a comunidade já está em casa há mais de duas semanas. As pessoas estão buscando um mecanismo para sobreviver. Os comércios seguem fechados, mas quando acontecer a liberação parcial vai ser um estímulo para as pessoas voltarem a sair mais e mais nas ruas”, opinou.

“Cabe a consciência das pessoas permanecerem em casa”

O Comandante da PM em Balneário Camboriú, Alexandre Coelho, comentou que não compete a ele analisar se o decreto municipal afrouxou ou não, mas que desde os primeiros dias de quarentena ‘sempre ocorreu pessoas andando nas ruas’. Ele relatou também que o uso do carro de som não está acontecendo diariamente.

“Cabe à consciência das pessoas permanecerem em casa. Os comércios que devem estar fechados continuam fechados, com algumas exceções que são devidamente notificadas por nós e prefeitura. Continuamos fazendo o controle das praias. Nossa missão abrange um leque muito grande, estamos fiscalizando os comércios e também fazendo rondas em bancos, lotéricas e postos de combustíveis”, disse.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Forças da Segurança não podem impedir circulação de pessoas, somente aglomerações

Publicidade

Quinta, 2/4/2020 10:30.

A principal forma de precaução ao Coronavírus é o isolamento social, mas muitos desrespeitam isso em Balneário Camboriú o que gerou telefonemas para o Página 3, mas a verdade e que a polícia não pode, neste momento, proibir o direito de ir e vir das pessoas.

Ficamos impotentes diante da falta de educação das pessoas”

O secretário municipal de Segurança, David Queiroz, explicou que até quarta-feira (1º) o carro de som pedindo que as pessoas permaneçam em casa circulou pelas principais avenidas, como na Atlântica, e confirmou que as praias seguem interditadas, mas sem toque de recolher as pessoas podem sair às ruas.

“Só não pode haver aglomeração. Não temos como coibir, ficamos impotentes diante da falta de educação das pessoas. Entendemos que é um momento de muito estresse, que a comunidade já está em casa há mais de duas semanas. As pessoas estão buscando um mecanismo para sobreviver. Os comércios seguem fechados, mas quando acontecer a liberação parcial vai ser um estímulo para as pessoas voltarem a sair mais e mais nas ruas”, opinou.

“Cabe a consciência das pessoas permanecerem em casa”

O Comandante da PM em Balneário Camboriú, Alexandre Coelho, comentou que não compete a ele analisar se o decreto municipal afrouxou ou não, mas que desde os primeiros dias de quarentena ‘sempre ocorreu pessoas andando nas ruas’. Ele relatou também que o uso do carro de som não está acontecendo diariamente.

“Cabe à consciência das pessoas permanecerem em casa. Os comércios que devem estar fechados continuam fechados, com algumas exceções que são devidamente notificadas por nós e prefeitura. Continuamos fazendo o controle das praias. Nossa missão abrange um leque muito grande, estamos fiscalizando os comércios e também fazendo rondas em bancos, lotéricas e postos de combustíveis”, disse.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade