Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Mudanças no governo: Denize Leite assume a Fundação Cultural

Sexta, 17/4/2020 8:18.

Publicidade

Além da Cultura, outros cargos estão sob nova direção

Mesmo em quarentena, o secretariado municipal e outros setores da prefeitura, estão passando por mudanças, por conta dos prazos estabelecidos para quem quiser concorrer nas eleições de outubro.
Denize Leite, que já comandou a secretaria da Educação, agora ocupa interinamente a superintendência da Fundação Cultural, no lugar de Bia Mattar.
O delegado David Queiroz pediu exoneração da secretaria de Segurança na última semana e por enquanto está de férias até segunda-feira (20). Quem está comandando a secretaria neste momento é o coronel Julimar Dagostin, que é o chefe de gabinete do prefeito Fabrício Oliveira.
O vereador Marcos Kurtz, que assumiu em meados do ano passado a secretaria de Articulação Governamental, voltou para a Câmara de Vereadores.
Nelson Oliveira também deixou a Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Balneário Camboriú (COMPUR).
Nesses dois casos, ainda não foi anunciado o substituto, segundo informações da assessoria de comunicação da prefeitura, repassadas ao Página 3 na manhã desta sexta-feira (17).

Fundação Cultural

A nova presidente da Fundação Cultural, Denize Leite, atua na pasta há três anos. Como é professora readaptada atuava na parte administrativa da FCBC, junto com a Diretoria de Arte. “Vejo que a cultura não é um segmento separado da vida do cidadão. Nesta gestão demos um novo olhar para ela, priorizando a importância do movimento da economia até chegar ao projeto final. Há todo um movimento por detrás de, por exemplo, peças de teatro e feiras. Conheci todos esses trâmites nesses três anos, e vejo que não é nada simples. Pelo contrário, é extremamente complexo e exige muita sensibilidade”, diz.
Espaço para divulgação na quarentena


Denize analisa que a situação atual de isolamento social em precaução ao Coronavírus é algo novo para todos e que a cultura vem desempenhando um ‘papel fundamental’ não só na questão do entretenimento, mas também como forma de aprendizado, seja através das lives como também com aulas online. E inclusive pensando nisto a Fundação está planejando um espaço no Teatro Municipal Bruno Nitz – que neste momento está fechado, onde os artistas poderão gravar vídeos, fazer suas lives, com apoio da equipe da FCBC.
“Se der certo, eles podem até manter essa alternativa, que pode se tornar algo permanente. Essa ferramenta será organizada, sem aglomero e os artistas precisarão agendar horário para utilizar o estúdio”, salienta.

Feiras, Biblioteca e LIC
Outra ação para auxiliar os artistas neste período é um site, que está sendo finalizado e deve ficar pronto na próxima semana. Os quatro mil artistas credenciados junto da Fundação poderão utilizá-lo como uma plataforma de divulgação, onde apresentarão seus produtos (sejam feirantes, artesãos, músicos, bailarinos, companhias de teatro, etc.) e forma de contato.
“Também estamos no processo de reabertura das feiras de cultura alimentar. Até o momento já conseguimos a liberação da Feira da Rua 200, por ser na rua, e estamos tentando a liberação (somente na venda de alimentos) das feiras da Praça da Cultura e da Praça do Pescador”, acrescenta.
A Biblioteca Pública também irá reabrir na próxima segunda-feira para retirada e entrega de livros, seguindo todas as normas de saúde e com controle de entrada (duas pessoas por vez), além de uso de máscaras e higienização frequente dos exemplares.
“Estamos vendo também a possibilidade da assinatura dos contratos da LIC, não temos como abrir novos editais porque precisamos respeitar o processo eleitoral, além do corte de gastos porque a saúde é a prioridade, mas o prefeito Fabrício Oliveira está totalmente sensível com a situação dos artistas e garantiu que a LIC é uma prioridade”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Mudanças no governo: Denize Leite assume a Fundação Cultural

Publicidade

Sexta, 17/4/2020 8:18.

Além da Cultura, outros cargos estão sob nova direção

Mesmo em quarentena, o secretariado municipal e outros setores da prefeitura, estão passando por mudanças, por conta dos prazos estabelecidos para quem quiser concorrer nas eleições de outubro.
Denize Leite, que já comandou a secretaria da Educação, agora ocupa interinamente a superintendência da Fundação Cultural, no lugar de Bia Mattar.
O delegado David Queiroz pediu exoneração da secretaria de Segurança na última semana e por enquanto está de férias até segunda-feira (20). Quem está comandando a secretaria neste momento é o coronel Julimar Dagostin, que é o chefe de gabinete do prefeito Fabrício Oliveira.
O vereador Marcos Kurtz, que assumiu em meados do ano passado a secretaria de Articulação Governamental, voltou para a Câmara de Vereadores.
Nelson Oliveira também deixou a Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Balneário Camboriú (COMPUR).
Nesses dois casos, ainda não foi anunciado o substituto, segundo informações da assessoria de comunicação da prefeitura, repassadas ao Página 3 na manhã desta sexta-feira (17).

Fundação Cultural

A nova presidente da Fundação Cultural, Denize Leite, atua na pasta há três anos. Como é professora readaptada atuava na parte administrativa da FCBC, junto com a Diretoria de Arte. “Vejo que a cultura não é um segmento separado da vida do cidadão. Nesta gestão demos um novo olhar para ela, priorizando a importância do movimento da economia até chegar ao projeto final. Há todo um movimento por detrás de, por exemplo, peças de teatro e feiras. Conheci todos esses trâmites nesses três anos, e vejo que não é nada simples. Pelo contrário, é extremamente complexo e exige muita sensibilidade”, diz.
Espaço para divulgação na quarentena


Denize analisa que a situação atual de isolamento social em precaução ao Coronavírus é algo novo para todos e que a cultura vem desempenhando um ‘papel fundamental’ não só na questão do entretenimento, mas também como forma de aprendizado, seja através das lives como também com aulas online. E inclusive pensando nisto a Fundação está planejando um espaço no Teatro Municipal Bruno Nitz – que neste momento está fechado, onde os artistas poderão gravar vídeos, fazer suas lives, com apoio da equipe da FCBC.
“Se der certo, eles podem até manter essa alternativa, que pode se tornar algo permanente. Essa ferramenta será organizada, sem aglomero e os artistas precisarão agendar horário para utilizar o estúdio”, salienta.

Feiras, Biblioteca e LIC
Outra ação para auxiliar os artistas neste período é um site, que está sendo finalizado e deve ficar pronto na próxima semana. Os quatro mil artistas credenciados junto da Fundação poderão utilizá-lo como uma plataforma de divulgação, onde apresentarão seus produtos (sejam feirantes, artesãos, músicos, bailarinos, companhias de teatro, etc.) e forma de contato.
“Também estamos no processo de reabertura das feiras de cultura alimentar. Até o momento já conseguimos a liberação da Feira da Rua 200, por ser na rua, e estamos tentando a liberação (somente na venda de alimentos) das feiras da Praça da Cultura e da Praça do Pescador”, acrescenta.
A Biblioteca Pública também irá reabrir na próxima segunda-feira para retirada e entrega de livros, seguindo todas as normas de saúde e com controle de entrada (duas pessoas por vez), além de uso de máscaras e higienização frequente dos exemplares.
“Estamos vendo também a possibilidade da assinatura dos contratos da LIC, não temos como abrir novos editais porque precisamos respeitar o processo eleitoral, além do corte de gastos porque a saúde é a prioridade, mas o prefeito Fabrício Oliveira está totalmente sensível com a situação dos artistas e garantiu que a LIC é uma prioridade”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade