Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Mais de 300 acidentes esse ano envolvendo motocicletas em Balneário Camboriú

Segunda, 16/9/2019 18:48.
Divulgação

Publicidade

Somente neste ano Balneário Camboriú registrou, segundo a Polícia Civil, 315 acidentes de trânsito envolvendo motocicletas. Os números sempre crescendo motivaram o vereador Joceli Nazari a sugerir que a prefeitura desenvolva uma campanha publicitária informando os riscos da direção perigosa em vias públicas e o que isso pode causar. Todos sabem disso, mas uma campanha serve para chamar atenção.

O vereador explica que pensou nisso sabendo do alto número de acidentes envolvendo motociclistas e também pelo aumento dos profissionais que trabalham no ramo de entregas, tanto em restaurantes como em serviços de aplicativos, a exemplo do iFood e Uber Eats. Considerando que acidentes envolvendo motos são mais violentos, Joceli lembra ainda que a vítima tende a ficar mais tempo utilizando o SUS, já que acidentes do tipo podem provocar múltiplas fraturas, gerando um custo elevado para o poder público.

“Além disso, o cidadão fica fora do mercado de trabalho por um período estendido. Sou administrador hospitalar por formação e sei que um dos custos mais altos é a traumatologia, ainda mais no caso do nosso Hospital Ruth Cardoso. Por isso penso que é importante conscientizarmos a população sobre os perigos ao subir em uma moto, o que isso pode causar”, diz.

Nas escolas

Joceli salienta que há motociclistas conscientes, mas que ‘infelizmente isso não se aplica a todos’, por isso a importância da campanha que incentivará a prefeitura a fazer. “Não temos como proibir motocicletas, mas podemos conscientizar o público. Por isso, a minha proposta é fazer a campanha nas escolas, diretamente com os alunos e possíveis futuros motociclistas. Conscientizá-los que quando subam em uma moto usem os equipamentos adequados e não andem como ‘loucos’”, comenta.

O vereador conta que conversou com um policial militar e ficou sabendo que a ultrapassagem pelo corredor (no meio dos carros) só pode ser realizada quando o trânsito está parado, e lamenta que isso não acontece em Balneário Camboriú.

“Sei que o público não vai parar de comprar moto, mas pelo menos precisamos alertar a comunidade sobre os perigos e a importância da conscientização”, acrescenta.

Secretária de Saúde confirma

A secretária de Saúde Andressa Hadad confirma que boa parte dos atendimentos emergenciais atendidos no Ruth Cardoso hoje são relacionados a acidentes de trânsito, principalmente envolvendo motocicletas. Em 2018, por exemplo, houve 369 internações de urgência envolvendo vítimas de acidentes de trânsito, sendo que 357 necessitaram de intervenção cirúrgica e 41 delas estiveram internadas na UTI do hospital.

Andressa opina que isso acontece principalmente pela correria do dia a dia, salientando que as pessoas sempre querem se antecipar com as atividades no trabalho, em casa e com a família.

“O celular também é um dos principais vilões, gerando desatenção. Além, é claro, da velocidade que os motociclistas andam. Geralmente eles são vítimas de fraturas e até mesmo politraumas graves”, diz.

Até o momento o Ruth Cardoso atende toda a região, mas isso deve mudar em breve, quando o local ficará restrito apenas para os moradores de Balneário Camboriú.

“Atendemos todos os municípios da região que aqui chegarem. Há um grande volume de atendimento e por isso acabamos demorando para atender as outras pessoas que vêm consultar, porque esses casos normalmente são de emergência ou urgência. São atendimentos prioritários, com vida em risco, por isso sempre serão prioridade. Há casos até mesmo de dois ou até três pacientes envolvidos num único acidente”, completa.

Andressa afirma que toda ação de conscientização é bem-vinda e que o projeto do vereador pode ser uma boa ideia, servindo de apoio à divulgação da necessidade de mais cuidado e atenção no trânsito. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Mais de 300 acidentes esse ano envolvendo motocicletas em Balneário Camboriú

Publicidade

Segunda, 16/9/2019 18:48.

Somente neste ano Balneário Camboriú registrou, segundo a Polícia Civil, 315 acidentes de trânsito envolvendo motocicletas. Os números sempre crescendo motivaram o vereador Joceli Nazari a sugerir que a prefeitura desenvolva uma campanha publicitária informando os riscos da direção perigosa em vias públicas e o que isso pode causar. Todos sabem disso, mas uma campanha serve para chamar atenção.

O vereador explica que pensou nisso sabendo do alto número de acidentes envolvendo motociclistas e também pelo aumento dos profissionais que trabalham no ramo de entregas, tanto em restaurantes como em serviços de aplicativos, a exemplo do iFood e Uber Eats. Considerando que acidentes envolvendo motos são mais violentos, Joceli lembra ainda que a vítima tende a ficar mais tempo utilizando o SUS, já que acidentes do tipo podem provocar múltiplas fraturas, gerando um custo elevado para o poder público.

“Além disso, o cidadão fica fora do mercado de trabalho por um período estendido. Sou administrador hospitalar por formação e sei que um dos custos mais altos é a traumatologia, ainda mais no caso do nosso Hospital Ruth Cardoso. Por isso penso que é importante conscientizarmos a população sobre os perigos ao subir em uma moto, o que isso pode causar”, diz.

Nas escolas

Joceli salienta que há motociclistas conscientes, mas que ‘infelizmente isso não se aplica a todos’, por isso a importância da campanha que incentivará a prefeitura a fazer. “Não temos como proibir motocicletas, mas podemos conscientizar o público. Por isso, a minha proposta é fazer a campanha nas escolas, diretamente com os alunos e possíveis futuros motociclistas. Conscientizá-los que quando subam em uma moto usem os equipamentos adequados e não andem como ‘loucos’”, comenta.

O vereador conta que conversou com um policial militar e ficou sabendo que a ultrapassagem pelo corredor (no meio dos carros) só pode ser realizada quando o trânsito está parado, e lamenta que isso não acontece em Balneário Camboriú.

“Sei que o público não vai parar de comprar moto, mas pelo menos precisamos alertar a comunidade sobre os perigos e a importância da conscientização”, acrescenta.

Secretária de Saúde confirma

A secretária de Saúde Andressa Hadad confirma que boa parte dos atendimentos emergenciais atendidos no Ruth Cardoso hoje são relacionados a acidentes de trânsito, principalmente envolvendo motocicletas. Em 2018, por exemplo, houve 369 internações de urgência envolvendo vítimas de acidentes de trânsito, sendo que 357 necessitaram de intervenção cirúrgica e 41 delas estiveram internadas na UTI do hospital.

Andressa opina que isso acontece principalmente pela correria do dia a dia, salientando que as pessoas sempre querem se antecipar com as atividades no trabalho, em casa e com a família.

“O celular também é um dos principais vilões, gerando desatenção. Além, é claro, da velocidade que os motociclistas andam. Geralmente eles são vítimas de fraturas e até mesmo politraumas graves”, diz.

Até o momento o Ruth Cardoso atende toda a região, mas isso deve mudar em breve, quando o local ficará restrito apenas para os moradores de Balneário Camboriú.

“Atendemos todos os municípios da região que aqui chegarem. Há um grande volume de atendimento e por isso acabamos demorando para atender as outras pessoas que vêm consultar, porque esses casos normalmente são de emergência ou urgência. São atendimentos prioritários, com vida em risco, por isso sempre serão prioridade. Há casos até mesmo de dois ou até três pacientes envolvidos num único acidente”, completa.

Andressa afirma que toda ação de conscientização é bem-vinda e que o projeto do vereador pode ser uma boa ideia, servindo de apoio à divulgação da necessidade de mais cuidado e atenção no trânsito. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade