Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Fabricio Oliveira entrou em galeria de esgoto para examinar ligação irregular

Prefeito de Balneário Camboriú investe no combate à poluição das águas

Quarta, 16/10/2019 10:45.

Publicidade

O prefeito Fabrício Oliveira entrou numa galeria de esgoto na última segunda-feira durante o trabalho de inspeção na bacia do Rio Marambaia que visa combater ligações irregulares.

No ponto inspecionado pelo prefeito havia um esgoto contaminando a drenagem pluvial.

A Emasa iniciou há uma semana a fiscalização sistemática de toda a drenagem pluvial da bacia do Rio Marambaia – da Rua 2001 até Avenida Central – entre as avenidas Brasil e Atlântica. O trabalho é feito por profissionais que percorrem a galeria com auxílio de scanner, captando imagens em 3D dos pontos que apresentam algum tipo de contribuição.

Até o momento foram identificados sete locais com saídas suspeitas, onde foi coletado material para análise. O resultado deverá sair nos próximos dias.

A vistoria faz parte do Programa “Balneário Camboriú é a Nossa Praia”, que compreende um pacote de medidas para reduzir problemas ambientais, com foco na despoluição das águas, como a obra do emissário pressurizado de esgoto bruto; novas leis sanitárias mais rigorosas; aumento das fiscalizações do Programa Se Liga na Rede e lacração dos pontos irregulares.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Fabricio Oliveira entrou em galeria de esgoto para examinar ligação irregular

Prefeito de Balneário Camboriú investe no combate à poluição das águas

Publicidade

Quarta, 16/10/2019 10:45.

O prefeito Fabrício Oliveira entrou numa galeria de esgoto na última segunda-feira durante o trabalho de inspeção na bacia do Rio Marambaia que visa combater ligações irregulares.

No ponto inspecionado pelo prefeito havia um esgoto contaminando a drenagem pluvial.

A Emasa iniciou há uma semana a fiscalização sistemática de toda a drenagem pluvial da bacia do Rio Marambaia – da Rua 2001 até Avenida Central – entre as avenidas Brasil e Atlântica. O trabalho é feito por profissionais que percorrem a galeria com auxílio de scanner, captando imagens em 3D dos pontos que apresentam algum tipo de contribuição.

Até o momento foram identificados sete locais com saídas suspeitas, onde foi coletado material para análise. O resultado deverá sair nos próximos dias.

A vistoria faz parte do Programa “Balneário Camboriú é a Nossa Praia”, que compreende um pacote de medidas para reduzir problemas ambientais, com foco na despoluição das águas, como a obra do emissário pressurizado de esgoto bruto; novas leis sanitárias mais rigorosas; aumento das fiscalizações do Programa Se Liga na Rede e lacração dos pontos irregulares.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade