Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Árvores em risco são vistoriadas semanalmente

Quinta, 7/3/2019 4:56.
Divulgação

Publicidade

Todas as terças-feiras a secretaria do Meio Ambiente (Semam) e a Defesa Civil realizam vistorias em árvores que se encontram com algum problema ou em risco de queda.

O trabalho é baseado em informações recebidas da população. Quando o risco de queda é iminente, é feita notificação em campo, com deferimento de corte. Em área particular, o proprietário fica ciente na hora. Já em área pública, o pedido de corte é encaminhado via Defesa Civil ao Departamento de Paisagismo, da secretaria de Obras, com o parecer técnico que o analista ambiental elabora.

O analista ambiental da Semam, Tilyan Enriquez disse que muitas árvores envelhecidas precisam de acompanhamento específico. Ele lembrou ainda que podas feitas de maneira equivocada e coroamentos (aquele espaço livre na volta da árvore, de extrema importância para que elas absorvam nutrientes) fechados com cimento pela própria população aceleram esse processo e podem trazer prejuízos enormes à condição fitossanitária delas, trazendo também risco de queda a curto e médio prazo.

Os moradores que suspeitarem de árvores com risco de queda podem contatar a Defesa Civil pelo fone (47) 3268-3133.

Informações: Secretaria do Meio Ambiente -(47) 3363-7145 ou Defesa Civil (47) 3263-0190


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

Árvores em risco são vistoriadas semanalmente

Publicidade

Quinta, 7/3/2019 4:56.

Todas as terças-feiras a secretaria do Meio Ambiente (Semam) e a Defesa Civil realizam vistorias em árvores que se encontram com algum problema ou em risco de queda.

O trabalho é baseado em informações recebidas da população. Quando o risco de queda é iminente, é feita notificação em campo, com deferimento de corte. Em área particular, o proprietário fica ciente na hora. Já em área pública, o pedido de corte é encaminhado via Defesa Civil ao Departamento de Paisagismo, da secretaria de Obras, com o parecer técnico que o analista ambiental elabora.

O analista ambiental da Semam, Tilyan Enriquez disse que muitas árvores envelhecidas precisam de acompanhamento específico. Ele lembrou ainda que podas feitas de maneira equivocada e coroamentos (aquele espaço livre na volta da árvore, de extrema importância para que elas absorvam nutrientes) fechados com cimento pela própria população aceleram esse processo e podem trazer prejuízos enormes à condição fitossanitária delas, trazendo também risco de queda a curto e médio prazo.

Os moradores que suspeitarem de árvores com risco de queda podem contatar a Defesa Civil pelo fone (47) 3268-3133.

Informações: Secretaria do Meio Ambiente -(47) 3363-7145 ou Defesa Civil (47) 3263-0190


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade