Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Vai dar praia em Balneário Camboriú: Carnaval com ocupação acima de 90%

Hotelaria com boa quantidade de reservas é sinal de praia cheia

Sexta, 1/3/2019 11:44.
Divulgação PMBC

Publicidade

O Carnaval de Balneário Camboriú começa oficialmente nesta sexta-feira (1º) e a previsão de tempo firme para o feriadão ajudou: a expectativa de ocupação é acima de 90%, com turistas vindos principalmente da região Sul, São Paulo, Argentina e Chile.

A Infraero informou que de sexta até quinta-feira (1º a 7) a expectativa é receber 35,4 mil passageiros entre embarques e desembarques no Aeroporto Internacional de Navegantes – esse número é 5,5% superior à movimentação registrada no Carnaval do ano passado. A circulação de aeronaves também aumentou: de 302 em 2018 para 330 nesse ano.

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Miro Teixeira afirma que isso é uma amostra importante, servindo de ‘termômetro’ para saber o quanto o Carnaval tende a ser bom. “A expectativa da hotelaria está acima de 90% da ocupação. A cidade já está movimentada, e o tempo, que tende a colaborar, influencia diretamente. O movimento na BR-101 também já está aumentando. Esperamos um Carnaval excelente”, diz.

Miro acredita que a profissionalização do Carnaval de Rua de Balneário foi outro ‘chamarisco’ para os turistas virem. Ano passado, apenas dois trios elétricos desfilaram, nesse ano são cinco. “Os blocos carnavalescos eram menores e cresceram consideravelmente nos últimos anos. Eles estão se organizando e se profissionalizando, fazendo o Carnaval de Balneário ficar ainda mais conhecido”, completa.

O secretário comenta ainda que o setor de entretenimento também está animado. O club Green Valley, por exemplo, espera receber mais de 10 mil pessoas no feriado.

A hoteleira Margot Rosenbrock Libório, proprietária do Hotel Bella Camboriú, confirma a previsão de Miro, salientando que muitas reservas estão sendo feitas de última hora. O público é variado: jovens, famílias, vindos da região Sul, de São Paulo e também argentinos e chilenos. “Apesar do Carnaval ser poucos dias e um movimento rápido, sempre temos boas expectativas. O clima está colaborando, o público está animado, mas gastam menos do que em uma viagem de sete dias, por exemplo. A maioria vem para curtir a praia, acompanhar os desfiles. O perfil do turista carnavalesco é o que vem de carro, só para curtir o feriado mesmo. O fato de estar mais barato vir para Balneário do que durante a alta temporada também atrai”, opina.

Ana Maria Alves dos Santos, presidente do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau e proprietária da agência de viagens Vip Mar Turismo e Receptivo, afirma que a expectativa está ótima, que tanto os hotéis quanto a cidade estão bem movimentados. “O clima realmente está ajudando. Na Vip Mar tivemos um acréscimo em torno de 7% em relação a 2018, mostrando que o Carnaval de Balneário está sendo mais procurado a cada ano. O público principal tem sido famílias. O mês de janeiro foi bem fraco e preocupante, mas em fevereiro tivemos uma melhora em relação a 2018, em torno de 10%”, conta.

A empresária salienta que o principal objetivo, como presidente do BC Convention, é trabalhar em Balneário Camboriú como destino turístico o ano inteiro, e que o bom desempenho previsto para o Carnaval é fundamental para manter a economia da cidade ativa. “O ano é longo. Vamos trabalhar positivamente a imagem de Balneário, mostrando o que temos de melhor: nossos serviços, nossas belezas naturais, nossa gastronomia, e muito mais”, acrescenta.

Francisco Barão, o Chico, proprietário do Guacamole Cocina Mexicana e do Didge Steakhouse Pub, restaurantes que ficam na Barra Sul, afirma que o Carnaval é sempre bastante esperado, e que muitos turistas costumam emendá-lo até o final da próxima semana, o que dá um ‘efeito de vários dias de movimento intenso’. Porém, Chico lembra que apesar desse feriado ser tradicionalmente muito bom, essa temporada de verão foi atípica, citando a ausência dos argentinos, que vieram em um número consideravelmente menor.

“O Carnaval dos blocos tem sido ótimo, vejo que é muito melhor do que os shows nacionais que aconteciam antes. Atrai um público família, que vem para curtir a cidade”, afirma. No Guaca e no Didge, segundo Chico, os principais clientes nessa época do ano são normalmente das regiões Sul e Centro-Oeste, principalmente de São Paulo. “O Carnaval é o último suspiro definitivo, como está sendo mais tarde nesse ano quem costuma ficar em Balneário para se despedir das férias já voltou a trabalhar e estudar. Mas quem pegou férias após o verão está vindo pra cá, aproveitando preços melhores em relação à temporada. Estamos animados e ansiosos”, conclui.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação PMBC

Vai dar praia em Balneário Camboriú: Carnaval com ocupação acima de 90%

Hotelaria com boa quantidade de reservas é sinal de praia cheia

Publicidade

Sexta, 1/3/2019 11:44.

O Carnaval de Balneário Camboriú começa oficialmente nesta sexta-feira (1º) e a previsão de tempo firme para o feriadão ajudou: a expectativa de ocupação é acima de 90%, com turistas vindos principalmente da região Sul, São Paulo, Argentina e Chile.

A Infraero informou que de sexta até quinta-feira (1º a 7) a expectativa é receber 35,4 mil passageiros entre embarques e desembarques no Aeroporto Internacional de Navegantes – esse número é 5,5% superior à movimentação registrada no Carnaval do ano passado. A circulação de aeronaves também aumentou: de 302 em 2018 para 330 nesse ano.

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Miro Teixeira afirma que isso é uma amostra importante, servindo de ‘termômetro’ para saber o quanto o Carnaval tende a ser bom. “A expectativa da hotelaria está acima de 90% da ocupação. A cidade já está movimentada, e o tempo, que tende a colaborar, influencia diretamente. O movimento na BR-101 também já está aumentando. Esperamos um Carnaval excelente”, diz.

Miro acredita que a profissionalização do Carnaval de Rua de Balneário foi outro ‘chamarisco’ para os turistas virem. Ano passado, apenas dois trios elétricos desfilaram, nesse ano são cinco. “Os blocos carnavalescos eram menores e cresceram consideravelmente nos últimos anos. Eles estão se organizando e se profissionalizando, fazendo o Carnaval de Balneário ficar ainda mais conhecido”, completa.

O secretário comenta ainda que o setor de entretenimento também está animado. O club Green Valley, por exemplo, espera receber mais de 10 mil pessoas no feriado.

A hoteleira Margot Rosenbrock Libório, proprietária do Hotel Bella Camboriú, confirma a previsão de Miro, salientando que muitas reservas estão sendo feitas de última hora. O público é variado: jovens, famílias, vindos da região Sul, de São Paulo e também argentinos e chilenos. “Apesar do Carnaval ser poucos dias e um movimento rápido, sempre temos boas expectativas. O clima está colaborando, o público está animado, mas gastam menos do que em uma viagem de sete dias, por exemplo. A maioria vem para curtir a praia, acompanhar os desfiles. O perfil do turista carnavalesco é o que vem de carro, só para curtir o feriado mesmo. O fato de estar mais barato vir para Balneário do que durante a alta temporada também atrai”, opina.

Ana Maria Alves dos Santos, presidente do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau e proprietária da agência de viagens Vip Mar Turismo e Receptivo, afirma que a expectativa está ótima, que tanto os hotéis quanto a cidade estão bem movimentados. “O clima realmente está ajudando. Na Vip Mar tivemos um acréscimo em torno de 7% em relação a 2018, mostrando que o Carnaval de Balneário está sendo mais procurado a cada ano. O público principal tem sido famílias. O mês de janeiro foi bem fraco e preocupante, mas em fevereiro tivemos uma melhora em relação a 2018, em torno de 10%”, conta.

A empresária salienta que o principal objetivo, como presidente do BC Convention, é trabalhar em Balneário Camboriú como destino turístico o ano inteiro, e que o bom desempenho previsto para o Carnaval é fundamental para manter a economia da cidade ativa. “O ano é longo. Vamos trabalhar positivamente a imagem de Balneário, mostrando o que temos de melhor: nossos serviços, nossas belezas naturais, nossa gastronomia, e muito mais”, acrescenta.

Francisco Barão, o Chico, proprietário do Guacamole Cocina Mexicana e do Didge Steakhouse Pub, restaurantes que ficam na Barra Sul, afirma que o Carnaval é sempre bastante esperado, e que muitos turistas costumam emendá-lo até o final da próxima semana, o que dá um ‘efeito de vários dias de movimento intenso’. Porém, Chico lembra que apesar desse feriado ser tradicionalmente muito bom, essa temporada de verão foi atípica, citando a ausência dos argentinos, que vieram em um número consideravelmente menor.

“O Carnaval dos blocos tem sido ótimo, vejo que é muito melhor do que os shows nacionais que aconteciam antes. Atrai um público família, que vem para curtir a cidade”, afirma. No Guaca e no Didge, segundo Chico, os principais clientes nessa época do ano são normalmente das regiões Sul e Centro-Oeste, principalmente de São Paulo. “O Carnaval é o último suspiro definitivo, como está sendo mais tarde nesse ano quem costuma ficar em Balneário para se despedir das férias já voltou a trabalhar e estudar. Mas quem pegou férias após o verão está vindo pra cá, aproveitando preços melhores em relação à temporada. Estamos animados e ansiosos”, conclui.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade