Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Plantas para atrair abelhas no parque ecológico
Quinta, 23/5/2019 17:23.

Publicidade

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) divulgou no Dia Mundial das Abelhas (20 de maio) que polinizadores estão ameaçados, por causa do uso massivo de agrotóxicos. As abelhas junto com outros insetos e animais, são responsáveis pela polinização de mais de 75% das principais culturas alimentares do planeta.

Por este motivo, a secretaria do Meio Ambiente vai abrir um corredor de plantas para atrair abelhas, no Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta.  

Segundo a diretora do Departamento de Fitoterapia, Nayara Hirsch, o objetivo é oferecer um espaço adequado para as borboletas se reproduzirem. O corredor de plantas nativas deverá estar concluído no inverno.

"Esta ação, além de ser uma prática de extrema sustentabilidade ambiental, visa atender alguns dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU, notadamente os objetivos 13 (Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos) e 15 (Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres). É o mínimo que podemos fazer para auxiliar no combate à erradicação das abelhas polinizadoras", diz Nayara.

Informações  - secretaria do Meio Ambiente (47) 3363-7145


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Destaques

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Plantas para atrair abelhas no parque ecológico

Publicidade

Quinta, 23/5/2019 17:23.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) divulgou no Dia Mundial das Abelhas (20 de maio) que polinizadores estão ameaçados, por causa do uso massivo de agrotóxicos. As abelhas junto com outros insetos e animais, são responsáveis pela polinização de mais de 75% das principais culturas alimentares do planeta.

Por este motivo, a secretaria do Meio Ambiente vai abrir um corredor de plantas para atrair abelhas, no Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta.  

Segundo a diretora do Departamento de Fitoterapia, Nayara Hirsch, o objetivo é oferecer um espaço adequado para as borboletas se reproduzirem. O corredor de plantas nativas deverá estar concluído no inverno.

"Esta ação, além de ser uma prática de extrema sustentabilidade ambiental, visa atender alguns dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU, notadamente os objetivos 13 (Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos) e 15 (Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres). É o mínimo que podemos fazer para auxiliar no combate à erradicação das abelhas polinizadoras", diz Nayara.

Informações  - secretaria do Meio Ambiente (47) 3363-7145

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Destaques