Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Coleta de recicláveis em Balneário Camboriú cresceu 16,4% em abril
Ambiental
Caminhão da Ambiental passa em todas as casas ao menos uma vez por semana

Segunda, 13/5/2019 9:01.

A quantidade de resíduos recicláveis coletados em Balneário Camboriú no mês de abril deste ano foi 16,4% maior do que em igual período do ano passado.

O volume crescente é resultado da consciência dos moradores e do enorme esforço que a Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, através da concessionária Ambiental Limpeza Urbana e Saneamento Ltda., está desenvolvendo para aumentar a quantidade de recicláveis coletados na cidade.

Balneário Camboriú poderia coletar dois milhões de quilos de recicláveis por mês, mas o recorde até hoje, em janeiro deste ano, foi “apenas” 190 mil quilos.

No ano passado a coleta de recicláveis era realizada por duas equipes, agora já são seis e até o final deste ano serão oito.

Esse material é entregue a cooperativas de reciclagem, um trabalho social desenvolvido há duas décadas e que ganhará impulso com a nova usina que será construída na Várzea do Ranchinho até o ano que vem.

No início deste ano equipes do projeto ReciclaBC cadastraram in loco 1.700 edifícios e 962 estabelecimentos comerciais, os chamados grandes geradores.

Agora estão acontecendo as visitas de sensibilização na tentativa de mostrar às pessoas a importância da reciclagem e torná-las aliadas nesta luta que é de todos para preservar o meio ambiente.

Durante as visitas os monitores constataram que a esmagadora maioria das pessoas reconhece a necessidade de reciclar, mas muitos não o fazem por um motivo ou outro, muitas vezes a falta de informação.

Por decisão dos técnicos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Balneário Camboriú adotou a separação dos resíduos em dois recipientes, um para os recicláveis e outro para o lixo comum. É o mesmo modelo adotado em São Paulo.

Os caminhões passam em todas as casas ao menos uma vez por semana. O calendário de coletas está disponível em www.reciclabc.com.br onde também há diversas informações sobre como reciclar.

O ReciclaBC atende também via WhatsApp pelo número (47) 99647.9495.


COMO RECICLAR

Separe os resíduos em dois tipos: lixo comum e reciclável. No dia da coleta o reciclável deve ser colocado na calçada ou na lixeira da casa ou prédio.


MATERIAIS

PODE PAPÉIS: de quase todos os tipos.
NÃO PODE PAPÉIS: Celofane, parafinado, plastificado, carbono, fax, fotos, toalha, guardanapo, fraldas e higiênico

PODE METAIS: como latas, ferragens, arames, chapas, canos, pregos, parafusos, cobre e alumínio.
NÃO PODE METAIS: Grampos, clipes, esponjas de aço, latas de tinta e outros produtos tóxicos

PODE PLÁSTICOS: de quase todos os tipos.
NÃO PODE PLÁSTICOS: Cabos de panelas, adesivos e acrílico.

PODE VIDROS: de quase todos os tipos. Separe as tampas.
NÃO PODE VIDROS: Espelhos, temperados, refratários, porcelana, cristais, lâmpadas, ampolas de remédios etc.

NUNCA COLOQUE NO LIXO:

Lâmpadas fluorescentes, cartuchos de impressoras, pilhas, baterias e aparelhos eletrônicos. Eles devem ser entregues onde foram comprados, pois fazem parte da logística reversa – Lei 12.305/2010.


WhatsApp do ReciclaBC 99647 9495 Portal: www.reciclabc.com.br

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Saúde

As vizinhas Itapema (185) e Camboriú (105) lideram a lista de doentes autóctones


Justiça

MP diz que aluguel de totens de segurança causou prejuízo ao erário


Geral

Evento será nessa sexta (24) e sábado (25)


Cultura

Livro “Camboriú e Balneário e Camboriú – a história das duas cidades” em nova versão


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Coleta de recicláveis em Balneário Camboriú cresceu 16,4% em abril

Ambiental
Caminhão da Ambiental passa em todas as casas ao menos uma vez por semana
Caminhão da Ambiental passa em todas as casas ao menos uma vez por semana

Publicidade

Segunda, 13/5/2019 9:01.

A quantidade de resíduos recicláveis coletados em Balneário Camboriú no mês de abril deste ano foi 16,4% maior do que em igual período do ano passado.

O volume crescente é resultado da consciência dos moradores e do enorme esforço que a Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, através da concessionária Ambiental Limpeza Urbana e Saneamento Ltda., está desenvolvendo para aumentar a quantidade de recicláveis coletados na cidade.

Balneário Camboriú poderia coletar dois milhões de quilos de recicláveis por mês, mas o recorde até hoje, em janeiro deste ano, foi “apenas” 190 mil quilos.

No ano passado a coleta de recicláveis era realizada por duas equipes, agora já são seis e até o final deste ano serão oito.

Esse material é entregue a cooperativas de reciclagem, um trabalho social desenvolvido há duas décadas e que ganhará impulso com a nova usina que será construída na Várzea do Ranchinho até o ano que vem.

No início deste ano equipes do projeto ReciclaBC cadastraram in loco 1.700 edifícios e 962 estabelecimentos comerciais, os chamados grandes geradores.

Agora estão acontecendo as visitas de sensibilização na tentativa de mostrar às pessoas a importância da reciclagem e torná-las aliadas nesta luta que é de todos para preservar o meio ambiente.

Durante as visitas os monitores constataram que a esmagadora maioria das pessoas reconhece a necessidade de reciclar, mas muitos não o fazem por um motivo ou outro, muitas vezes a falta de informação.

Por decisão dos técnicos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Balneário Camboriú adotou a separação dos resíduos em dois recipientes, um para os recicláveis e outro para o lixo comum. É o mesmo modelo adotado em São Paulo.

Os caminhões passam em todas as casas ao menos uma vez por semana. O calendário de coletas está disponível em www.reciclabc.com.br onde também há diversas informações sobre como reciclar.

O ReciclaBC atende também via WhatsApp pelo número (47) 99647.9495.


COMO RECICLAR

Separe os resíduos em dois tipos: lixo comum e reciclável. No dia da coleta o reciclável deve ser colocado na calçada ou na lixeira da casa ou prédio.


MATERIAIS

PODE PAPÉIS: de quase todos os tipos.
NÃO PODE PAPÉIS: Celofane, parafinado, plastificado, carbono, fax, fotos, toalha, guardanapo, fraldas e higiênico

PODE METAIS: como latas, ferragens, arames, chapas, canos, pregos, parafusos, cobre e alumínio.
NÃO PODE METAIS: Grampos, clipes, esponjas de aço, latas de tinta e outros produtos tóxicos

PODE PLÁSTICOS: de quase todos os tipos.
NÃO PODE PLÁSTICOS: Cabos de panelas, adesivos e acrílico.

PODE VIDROS: de quase todos os tipos. Separe as tampas.
NÃO PODE VIDROS: Espelhos, temperados, refratários, porcelana, cristais, lâmpadas, ampolas de remédios etc.

NUNCA COLOQUE NO LIXO:

Lâmpadas fluorescentes, cartuchos de impressoras, pilhas, baterias e aparelhos eletrônicos. Eles devem ser entregues onde foram comprados, pois fazem parte da logística reversa – Lei 12.305/2010.


WhatsApp do ReciclaBC 99647 9495 Portal: www.reciclabc.com.br

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade