Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Governo Fabrício questiona alegação de falta de transparência em empréstimo

Quarta, 19/6/2019 16:25.
Divulgação CVBC.

Publicidade

O secretário de Articulação do município, Marcos Kurtz, contrapõe o manifesto do vereador Lucas Gotardo a respeito da falta de transparência nas informações do projeto de lei n. 96/2019, que tramita na Câmara de Vereadores.

Ele alega que no dia 11 de junho, foi entregue ofício que detalha as informações sobre juros, carência e amortização do crédito aos 19 gabinetes do legislativo.

“Os vereadores receberam todos os dados e nos estranha esse manifesto unilateral de apenas um vereador, que alega não ter conhecimento das informações. Não há falta de transparência. Inclusive, por Lucas ser o presidente da Comissão, falei com ele pessoalmente para verificar se havia dúvidas e ele não apontou nenhum problema durante a conversa e reforçou que daria o parecer na reunião da comissão, que ocorreu ontem (18)”, concluiu Marcos. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação CVBC.

Governo Fabrício questiona alegação de falta de transparência em empréstimo

Publicidade

Quarta, 19/6/2019 16:25.

O secretário de Articulação do município, Marcos Kurtz, contrapõe o manifesto do vereador Lucas Gotardo a respeito da falta de transparência nas informações do projeto de lei n. 96/2019, que tramita na Câmara de Vereadores.

Ele alega que no dia 11 de junho, foi entregue ofício que detalha as informações sobre juros, carência e amortização do crédito aos 19 gabinetes do legislativo.

“Os vereadores receberam todos os dados e nos estranha esse manifesto unilateral de apenas um vereador, que alega não ter conhecimento das informações. Não há falta de transparência. Inclusive, por Lucas ser o presidente da Comissão, falei com ele pessoalmente para verificar se havia dúvidas e ele não apontou nenhum problema durante a conversa e reforçou que daria o parecer na reunião da comissão, que ocorreu ontem (18)”, concluiu Marcos. 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade