Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Notificada empresa que venceu licitação para o estacionamento rotativo em Balneário Camboriú
Divulgação/PMBC

Quinta, 28/2/2019 5:43.

A prefeitura notificou por descumprimento contratual a empresa Rizzo Parking And Mobility S/A. que venceu em janeiro a licitação para concessão do estacionamento rotativo de Balneário Camboriú pelo prazo de um ano, prorrogáveis por mais três.

A empresa está atrasada no cronograma de implantação.

O Página 3 alertou quando foram abertas as propostas que a conta da Rizzo “não fecha” porque ela se propõe a cobrar R$ 1.350.000,00 para executar um investimento que só em equipamentos beira os R$ 4 milhões.

Em 6 de fevereiro o Página 3 pediu  e os responsáveis pelo Fundo Municipal de Trânsito de Balneário Camboriú se recusaram a fornecer a localização dos 140 parquímetros que seriam instalados na cidade.

LAVA JATO

Caso seja necessário chamar a segunda colocada na licitação, é necessário que os administradores do Fumtran levem em conta acusação do Ministério Público Federal, na âmbito da Operação Lava Jato, contra diretores dessa empresa.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Notificada empresa que venceu licitação para o estacionamento rotativo em Balneário Camboriú

Divulgação/PMBC

Publicidade

Quinta, 28/2/2019 5:43.

A prefeitura notificou por descumprimento contratual a empresa Rizzo Parking And Mobility S/A. que venceu em janeiro a licitação para concessão do estacionamento rotativo de Balneário Camboriú pelo prazo de um ano, prorrogáveis por mais três.

A empresa está atrasada no cronograma de implantação.

O Página 3 alertou quando foram abertas as propostas que a conta da Rizzo “não fecha” porque ela se propõe a cobrar R$ 1.350.000,00 para executar um investimento que só em equipamentos beira os R$ 4 milhões.

Em 6 de fevereiro o Página 3 pediu  e os responsáveis pelo Fundo Municipal de Trânsito de Balneário Camboriú se recusaram a fornecer a localização dos 140 parquímetros que seriam instalados na cidade.

LAVA JATO

Caso seja necessário chamar a segunda colocada na licitação, é necessário que os administradores do Fumtran levem em conta acusação do Ministério Público Federal, na âmbito da Operação Lava Jato, contra diretores dessa empresa.
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade