Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Ex-prefeito Piriquito propõe mudar o foco do debate com o editor

Editor não concorda e faz a primeira pergunta ao ex-prefeito

Domingo, 17/2/2019 4:42.

Publicidade

No segundo dia de troca de mensagens com o editor do Página 3, Waldemar “Marzinho” Cezar Neto, acerca de um debate público entre os dois, o ex-prefeito Edson Piriquito mudou o foco da proposta inicial como pode ser visto nas mensagens abaixo:

Escreveu o ex-prefeito, no sábado,16:

8h48 - Bom dia Mazinho. Fiquei Feliz que soube que vc aceitou Debater comigo e que quer transmissão pela rádio também. Pois então, pelo fato de eu não possuir face pessoal ativo, só tenho fanpage, e daí não consigo postar minha resposta lá, gostaria que vc fizesse a gentileza de publicar no seu face essa minha mensagem de aceite do debate em qualquer lugar que vc desejar, inclusive na Praça Tamandaré, para debatermos sobre os assuntos que já mencionamos e outros diversos sobre seus posicionamentos, meus posicionamentos, situações da atual administração como Totens, transferência do direito de construção de terrenos em áreas de preservação ambiental permanente, estrada da rainha x CH, casa do dentista no Canto Grande, limpeza Urbana, Ambiental e outros assuntos relacionados a vínculos políticos que sempre desejei debater ao vivo com vc e etc. Desejo que já aconteça nesta segunda de manhã cedo. Abraços cordiais, Edson Piriquito.

9h19 - Esqueci de incluir na pauta sobre uso de drogas. Mas tudo bem, faremos pauta livre ok

20h57 - Dr. Mazinho Boa noite. Que horas segunda na Tamandaré?.

A resposta de Marzinho foi enviada a Piriquito às 4h da madrugada deste domingo:

Sr. ex-prefeito. O debate que você propôs foi sobre entrevista minha ao radialista Tigrão, relativa a reportagem publicada pelo jornal Hora do Paraná, escrita por um jornalista que não existe, difamando Balneário Camboriú e enaltecendo sua figura.

Você escreveu que também gostaria de debater sobre o doador fantasma da sua primeira campanha eleitoral; a operação Trato Feito do  Gaeco relativa à Passarela da Barra e o que mais eu -e não você- quiser.

Se não lembra seu convite, o reproduzo abaixo.

Agora o ex-prefeito quer ampliar os temas do debate para questões que dizem respeito à administração do município.

Esclareço que sou a pessoa errada para debater porque não sou o prefeito ou exerço qualquer cargo na administração. Suponho que esses assuntos você deva debater diretamente com o prefeito.

Você pretende também discutir comigo assuntos sobre os quais não tenho qualquer envolvimento ou responsabilidade como Estrada da Rainha versus Carlos Humberto que suponho seja o vice-prefeito. Sugiro que você debata diretamente com ele.

Sobre a casa do dentista no Canto Grande, que não sei do que se trata, mas imagino envolver alguma ilegalidade, me envie as provas que serão noticiadas no jornal Página 3.

Você também pode levar essas provas, se elas existem, ao Ministério Pùblico cujo endereço sabe qual é porque já esteve lá prestando depoimentos.

Você afirma que sempre desejou debater ao vivo comigo e quer fazê-lo logo.

Não é verdade, em oito anos de governo você fugiu das coletivas de imprensa, não passaram de três ou quatro. 

Jornalistas que escreveram notícias que o desagradaram foram enxovalhados por você e seu grupo político.

Foi o meu caso desde o princípio pois mesmo antes de você assumir seu primeiro mandato apurei e informei que R$ 200 mil depositados por uma pessoa inexistente, um “fantasma”, foi a maior doação da sua campanha à prefeitura.

Se quiser debater coisas como essa, ex-prefeito, estou a sua disposição. Se quiser debater fatos noticiados por mim a respeito da sua administração também estou à sua disposição.

Não aceito é, ao generalizar o debate, ser usado como palanque para você que nas duas últimas eleições fracassou em Balneário Camboriú, não conseguiu eleger sua sucessora à prefeitura e nem conquistou uma vaga como deputado.

Considerando que não há garantia de alguma emissora de rádio se interessar em transmitir nosso debate, vamos adiantando por aqui e já lhe apresento a primeira pergunta:

Em janeiro de 2015 os moradores da Barra Norte, após anos de fedor, manifestaram seu inconformismo com o esgoto no Canal do Marambaia. Você foi prefeito 8 anos, por que não resolveu aquilo? Por qual motivo preferia, naquela ocasião, fazer a obra do centro de eventos em vez de sanear o canal?

 

Como pode ver nesse relatório da Fatma, você entregou o governo ao seu sucessor, com o Pontal Norte permanentemente impróprio para banho.


 

Por favor escreva, gosto do debate educado e se conseguirmos ajustar a pauta ao que você propôs inicialmente e alguma rádio se interessar, vamos à praça assim que possível.   

Para refrescar a memória dos leitores, seguem abaixo as MENSAGENS DO PRIMEIRO DIA

O ex-prefeito Edson “Piriquito” Dias enviou ontem por volta de 22h mensagem de WhatsApp ao editor do Página 3, Waldemar “Marzinho” Cezar Neto, com o seguinte teor:


O ex-prefeito se referia a uma entrevista do editor ao Canal do 100 do radialista Luiz Carlos Tigrão onde o nome de Piriquito aparece associado a uma notícia mentirosa sobre Balneário Camboriú, escrita por um "jornalista fantasma".

O editor aceitou o educado convite do ex-prefeito e propôs que o debate ocorra na praça Tamandaré, transmitido por uma emissora de rádio.

A resposta postada por Waldemar durante a madrugada foi essa:


 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Ex-prefeito Piriquito propõe mudar o foco do debate com o editor

Publicidade

Domingo, 17/2/2019 4:42.

No segundo dia de troca de mensagens com o editor do Página 3, Waldemar “Marzinho” Cezar Neto, acerca de um debate público entre os dois, o ex-prefeito Edson Piriquito mudou o foco da proposta inicial como pode ser visto nas mensagens abaixo:

Escreveu o ex-prefeito, no sábado,16:

8h48 - Bom dia Mazinho. Fiquei Feliz que soube que vc aceitou Debater comigo e que quer transmissão pela rádio também. Pois então, pelo fato de eu não possuir face pessoal ativo, só tenho fanpage, e daí não consigo postar minha resposta lá, gostaria que vc fizesse a gentileza de publicar no seu face essa minha mensagem de aceite do debate em qualquer lugar que vc desejar, inclusive na Praça Tamandaré, para debatermos sobre os assuntos que já mencionamos e outros diversos sobre seus posicionamentos, meus posicionamentos, situações da atual administração como Totens, transferência do direito de construção de terrenos em áreas de preservação ambiental permanente, estrada da rainha x CH, casa do dentista no Canto Grande, limpeza Urbana, Ambiental e outros assuntos relacionados a vínculos políticos que sempre desejei debater ao vivo com vc e etc. Desejo que já aconteça nesta segunda de manhã cedo. Abraços cordiais, Edson Piriquito.

9h19 - Esqueci de incluir na pauta sobre uso de drogas. Mas tudo bem, faremos pauta livre ok

20h57 - Dr. Mazinho Boa noite. Que horas segunda na Tamandaré?.

A resposta de Marzinho foi enviada a Piriquito às 4h da madrugada deste domingo:

Sr. ex-prefeito. O debate que você propôs foi sobre entrevista minha ao radialista Tigrão, relativa a reportagem publicada pelo jornal Hora do Paraná, escrita por um jornalista que não existe, difamando Balneário Camboriú e enaltecendo sua figura.

Você escreveu que também gostaria de debater sobre o doador fantasma da sua primeira campanha eleitoral; a operação Trato Feito do  Gaeco relativa à Passarela da Barra e o que mais eu -e não você- quiser.

Se não lembra seu convite, o reproduzo abaixo.

Agora o ex-prefeito quer ampliar os temas do debate para questões que dizem respeito à administração do município.

Esclareço que sou a pessoa errada para debater porque não sou o prefeito ou exerço qualquer cargo na administração. Suponho que esses assuntos você deva debater diretamente com o prefeito.

Você pretende também discutir comigo assuntos sobre os quais não tenho qualquer envolvimento ou responsabilidade como Estrada da Rainha versus Carlos Humberto que suponho seja o vice-prefeito. Sugiro que você debata diretamente com ele.

Sobre a casa do dentista no Canto Grande, que não sei do que se trata, mas imagino envolver alguma ilegalidade, me envie as provas que serão noticiadas no jornal Página 3.

Você também pode levar essas provas, se elas existem, ao Ministério Pùblico cujo endereço sabe qual é porque já esteve lá prestando depoimentos.

Você afirma que sempre desejou debater ao vivo comigo e quer fazê-lo logo.

Não é verdade, em oito anos de governo você fugiu das coletivas de imprensa, não passaram de três ou quatro. 

Jornalistas que escreveram notícias que o desagradaram foram enxovalhados por você e seu grupo político.

Foi o meu caso desde o princípio pois mesmo antes de você assumir seu primeiro mandato apurei e informei que R$ 200 mil depositados por uma pessoa inexistente, um “fantasma”, foi a maior doação da sua campanha à prefeitura.

Se quiser debater coisas como essa, ex-prefeito, estou a sua disposição. Se quiser debater fatos noticiados por mim a respeito da sua administração também estou à sua disposição.

Não aceito é, ao generalizar o debate, ser usado como palanque para você que nas duas últimas eleições fracassou em Balneário Camboriú, não conseguiu eleger sua sucessora à prefeitura e nem conquistou uma vaga como deputado.

Considerando que não há garantia de alguma emissora de rádio se interessar em transmitir nosso debate, vamos adiantando por aqui e já lhe apresento a primeira pergunta:

Em janeiro de 2015 os moradores da Barra Norte, após anos de fedor, manifestaram seu inconformismo com o esgoto no Canal do Marambaia. Você foi prefeito 8 anos, por que não resolveu aquilo? Por qual motivo preferia, naquela ocasião, fazer a obra do centro de eventos em vez de sanear o canal?

 

Como pode ver nesse relatório da Fatma, você entregou o governo ao seu sucessor, com o Pontal Norte permanentemente impróprio para banho.


 

Por favor escreva, gosto do debate educado e se conseguirmos ajustar a pauta ao que você propôs inicialmente e alguma rádio se interessar, vamos à praça assim que possível.   

Para refrescar a memória dos leitores, seguem abaixo as MENSAGENS DO PRIMEIRO DIA

O ex-prefeito Edson “Piriquito” Dias enviou ontem por volta de 22h mensagem de WhatsApp ao editor do Página 3, Waldemar “Marzinho” Cezar Neto, com o seguinte teor:


O ex-prefeito se referia a uma entrevista do editor ao Canal do 100 do radialista Luiz Carlos Tigrão onde o nome de Piriquito aparece associado a uma notícia mentirosa sobre Balneário Camboriú, escrita por um "jornalista fantasma".

O editor aceitou o educado convite do ex-prefeito e propôs que o debate ocorra na praça Tamandaré, transmitido por uma emissora de rádio.

A resposta postada por Waldemar durante a madrugada foi essa:


 


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade