Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Projeto da venda de comida na faixa de areia será votado hoje
Celso Peixoto/PMBC

Segunda, 26/11/2018 12:03.

A maioria dos internautas que participou da enquete promovida pelo Página 3, é contra o atendimento de bares e restaurantes da Avenida Atlântica na faixa de areia da praia central. A proposta que autoriza bares e restaurantes da Atlântica a atenderem na areia volta à pauta nesta terça-feira (27).

A enquete ficou no ar durante o final de semana na página do jornal no Facebook. Votaram cerca de 1,2 mil pessoas. 57% são contra e 43% a favor.

A proposta foi protocolada no Legislativo pelo vereador David La Barrica, que também é do ramo de restaurantes, tem uma pizzaria na Vila Real. 

Apesar de implicar numa grande mudança em um espaço público, o projeto não foi colocado em discussão com a comunidade antes de ir à votação.

David disse que não pensou em fazer uma discussão pública, mas que se baseou em uma pesquisa paga pela Associação dos Bares e Restaurantes com turistas, em que 71% dos ouvidos foram a favor do atendimento na praia.

Na semana passada, no primeiro dia de votação do projeto, houve confusão na Câmara e protestos, e a sessão teve que ser encerrada sem a votação do projeto.

O vereador adiantou que um dos pontos de conflito era se os restaurantes venderiam bebidas alcoólicas na areia. Os empresários teriam aberto mão disso, e uma emenda deve ser apresentada para incluir essa proibição. David acredita que assim o projeto será aprovado sem problema.

O que pensam os moradores

Entre as críticas apontadas pelos internautas que responderam a enquete estão: a preocupação com o loteamento da praia, sujeira, insegurança causada pelo vai e vem dos garçons atravessando a via, entre outros argumentos.

Por outro lado, há quem defenda que o atendimento na areia será uma forma de qualificar o serviço oferecido em Balneário Camboriú e que os restaurantes não vão concorrer com ambulantes e vendedores de milho, porque oferecerão pratos diferenciados.

Para acessar a enquete e os comentários clique aqui.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Projeto da venda de comida na faixa de areia será votado hoje

Celso Peixoto/PMBC

Publicidade

Segunda, 26/11/2018 12:03.

A maioria dos internautas que participou da enquete promovida pelo Página 3, é contra o atendimento de bares e restaurantes da Avenida Atlântica na faixa de areia da praia central. A proposta que autoriza bares e restaurantes da Atlântica a atenderem na areia volta à pauta nesta terça-feira (27).

A enquete ficou no ar durante o final de semana na página do jornal no Facebook. Votaram cerca de 1,2 mil pessoas. 57% são contra e 43% a favor.

A proposta foi protocolada no Legislativo pelo vereador David La Barrica, que também é do ramo de restaurantes, tem uma pizzaria na Vila Real. 

Apesar de implicar numa grande mudança em um espaço público, o projeto não foi colocado em discussão com a comunidade antes de ir à votação.

David disse que não pensou em fazer uma discussão pública, mas que se baseou em uma pesquisa paga pela Associação dos Bares e Restaurantes com turistas, em que 71% dos ouvidos foram a favor do atendimento na praia.

Na semana passada, no primeiro dia de votação do projeto, houve confusão na Câmara e protestos, e a sessão teve que ser encerrada sem a votação do projeto.

O vereador adiantou que um dos pontos de conflito era se os restaurantes venderiam bebidas alcoólicas na areia. Os empresários teriam aberto mão disso, e uma emenda deve ser apresentada para incluir essa proibição. David acredita que assim o projeto será aprovado sem problema.

O que pensam os moradores

Entre as críticas apontadas pelos internautas que responderam a enquete estão: a preocupação com o loteamento da praia, sujeira, insegurança causada pelo vai e vem dos garçons atravessando a via, entre outros argumentos.

Por outro lado, há quem defenda que o atendimento na areia será uma forma de qualificar o serviço oferecido em Balneário Camboriú e que os restaurantes não vão concorrer com ambulantes e vendedores de milho, porque oferecerão pratos diferenciados.

Para acessar a enquete e os comentários clique aqui.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade