Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Balneário Camboriú recebe três prêmios nacionais pelo trabalho que faz por seus idosos

Terça, 13/11/2018 9:32.
Divulgação PMBC

Publicidade

A secretária da Pessoa Idosa e do Desenvolvimento Social Christina Barichello viajará três vezes para Brasília neste mês, para receber prêmios de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido com idosos em Balneário Camboriú.

Prêmio Direitos Humanos

No dia 21, ela acompanhará o prefeito Fabrício Oliveira, para receber o Prêmio Direitos Humanos 2018, concedido pelo Ministério dos Direitos Humanos a personalidades e entidades por sua relevante atuação, em âmbito nacional e/ou internacional, na promoção e defesa dos direitos humanos.

No edital publicado semana passada, em meio a personalidades como a ministra Cármen Lúcia a secretaria de Balneário Camboriú é o único órgão de prefeitura que receberá a premiação.

Selo Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa

No próximo dia 26, Balneário Camboriú receberá em Brasília o Selo Plano Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa. O selo é desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Ministério dos Direitos Humanos e pela Secretaria Nacional do Idoso para municípios que investem em sua população idosa, o que não acontece na maioria dos municípios brasileiros.

“Balneário Camboriú saiu na frente porque tem uma secretaria municipal da Pessoa Idosa, porque criou políticas públicas, criou um Conselho Municipal do Idoso; elaborou um Plano Municipal para o Idoso, promove capacitação para pessoas que trabalham com idosos e realizou um diagnóstico, espécie de uma pesquisa para saber as preocupações e principais necessidades desta população”, disse a secretária Christina.

Prêmio Fiocruz/Ministério da Saúde

No próximo dia 29, o premiado será o programa ‘Abraço ao Idoso’, criado pelo prefeito Fabrício Oliveira e que em um ano registrou mais de dois mil atendimentos em várias situações de violência.

Junto com esse atendimento, a secretaria da Pessoa Idosa tem mais de 80 oficinas que os idosos podem praticar, consideradas uma prática saudável, que proporciona o convívio social e por isso, menos doenças.

Iniciativas de todo o país se inscreveram no prêmio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Ministério da Saúde e apenas 14 práticas exitosas foram aprovadas pela comissão especial para receber esta premiação. O ‘Abraço ao Idoso’ é uma destas 14.

Opinião

“Estou muito feliz, estes prêmios são o resultado de um trabalho árduo com uma equipe enxuta e muito comprometida. Chegamos a esse resultado porque entendemos que trabalhar com o idoso exige conhecimento, estudo e implantação de programas que promovam o envelhecimento saudável, através de práticas diárias de exercícios, trabalho com a mente através de laboratórios de línguas, de atividades que estimulam o cognitivo e a criação de um novo projeto de vida que pode inclusive ser a volta para o mercado de trabalho ou ações de empoderamento político e social. Hoje o idoso em Balneário Camboriú participa de tudo. E isso é uma decisão de elencar prioridades e só acontece por uma decisão do gestor, o prefeito, não podendo ser diferente porque 1/3 da população é de 60+”, disse a secretária Christina Barichello.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Balneário Camboriú recebe três prêmios nacionais pelo trabalho que faz por seus idosos

Divulgação PMBC

Publicidade

Terça, 13/11/2018 9:32.

A secretária da Pessoa Idosa e do Desenvolvimento Social Christina Barichello viajará três vezes para Brasília neste mês, para receber prêmios de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido com idosos em Balneário Camboriú.

Prêmio Direitos Humanos

No dia 21, ela acompanhará o prefeito Fabrício Oliveira, para receber o Prêmio Direitos Humanos 2018, concedido pelo Ministério dos Direitos Humanos a personalidades e entidades por sua relevante atuação, em âmbito nacional e/ou internacional, na promoção e defesa dos direitos humanos.

No edital publicado semana passada, em meio a personalidades como a ministra Cármen Lúcia a secretaria de Balneário Camboriú é o único órgão de prefeitura que receberá a premiação.

Selo Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa

No próximo dia 26, Balneário Camboriú receberá em Brasília o Selo Plano Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa. O selo é desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Ministério dos Direitos Humanos e pela Secretaria Nacional do Idoso para municípios que investem em sua população idosa, o que não acontece na maioria dos municípios brasileiros.

“Balneário Camboriú saiu na frente porque tem uma secretaria municipal da Pessoa Idosa, porque criou políticas públicas, criou um Conselho Municipal do Idoso; elaborou um Plano Municipal para o Idoso, promove capacitação para pessoas que trabalham com idosos e realizou um diagnóstico, espécie de uma pesquisa para saber as preocupações e principais necessidades desta população”, disse a secretária Christina.

Prêmio Fiocruz/Ministério da Saúde

No próximo dia 29, o premiado será o programa ‘Abraço ao Idoso’, criado pelo prefeito Fabrício Oliveira e que em um ano registrou mais de dois mil atendimentos em várias situações de violência.

Junto com esse atendimento, a secretaria da Pessoa Idosa tem mais de 80 oficinas que os idosos podem praticar, consideradas uma prática saudável, que proporciona o convívio social e por isso, menos doenças.

Iniciativas de todo o país se inscreveram no prêmio da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Ministério da Saúde e apenas 14 práticas exitosas foram aprovadas pela comissão especial para receber esta premiação. O ‘Abraço ao Idoso’ é uma destas 14.

Opinião

“Estou muito feliz, estes prêmios são o resultado de um trabalho árduo com uma equipe enxuta e muito comprometida. Chegamos a esse resultado porque entendemos que trabalhar com o idoso exige conhecimento, estudo e implantação de programas que promovam o envelhecimento saudável, através de práticas diárias de exercícios, trabalho com a mente através de laboratórios de línguas, de atividades que estimulam o cognitivo e a criação de um novo projeto de vida que pode inclusive ser a volta para o mercado de trabalho ou ações de empoderamento político e social. Hoje o idoso em Balneário Camboriú participa de tudo. E isso é uma decisão de elencar prioridades e só acontece por uma decisão do gestor, o prefeito, não podendo ser diferente porque 1/3 da população é de 60+”, disse a secretária Christina Barichello.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade