Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

PESQUISA - Maioria aprova a Passarela da Barra

Terça, 13/3/2018 6:49.

Pesquisa de opinião pública encomendada pela prefeitura de Balneário Camboriú à empresa Pesquisa Empresarial mostrou que 98% dos turistas e 94% dos moradores entrevistados consideraram a Passarela da Barra entre “boa” e “excelente”.

A pesquisa, com 400 turistas e 225 moradores, foi realizada entre 15 e 20 de janeiro e tinha por objetivo apurar o potencial econômico do local.

O resultado não é bom porque a estimativa é que circulem na Passarela apenas 4.500 pessoas por dia em alta temporada e esse volume relativamente pequeno pode desmotivar empresários a locarem espaços.

Dentre as alternativas de exploração comercial previstas na pesquisa, café colonial e lanchonete foram as mais citadas. As alternativas de respostas eram fechadas, não incluíram coisas óbvias em turismo como souvenirs.

A pesquisa mostra que as críticas à Passarela arrefeceram; cerca de 8,5% pediu mais segurança e 3% melhoria na manutenção dos elevadores.
81% dos moradores aprovam a instalação de caixas eletrônicos na Passarela, talvez sem perceber que esse tipo de equipamento é fator permanente de insegurança. 

A Passarela da Barra foi o maior escândalo de corrupção da história da cidade. Os acusados pelo Ministério Público seguem respondendo processo, mas até o momento ninguém fou punido.  

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

PESQUISA - Maioria aprova a Passarela da Barra

Terça, 13/3/2018 6:49.

Pesquisa de opinião pública encomendada pela prefeitura de Balneário Camboriú à empresa Pesquisa Empresarial mostrou que 98% dos turistas e 94% dos moradores entrevistados consideraram a Passarela da Barra entre “boa” e “excelente”.

A pesquisa, com 400 turistas e 225 moradores, foi realizada entre 15 e 20 de janeiro e tinha por objetivo apurar o potencial econômico do local.

O resultado não é bom porque a estimativa é que circulem na Passarela apenas 4.500 pessoas por dia em alta temporada e esse volume relativamente pequeno pode desmotivar empresários a locarem espaços.

Dentre as alternativas de exploração comercial previstas na pesquisa, café colonial e lanchonete foram as mais citadas. As alternativas de respostas eram fechadas, não incluíram coisas óbvias em turismo como souvenirs.

A pesquisa mostra que as críticas à Passarela arrefeceram; cerca de 8,5% pediu mais segurança e 3% melhoria na manutenção dos elevadores.
81% dos moradores aprovam a instalação de caixas eletrônicos na Passarela, talvez sem perceber que esse tipo de equipamento é fator permanente de insegurança. 

A Passarela da Barra foi o maior escândalo de corrupção da história da cidade. Os acusados pelo Ministério Público seguem respondendo processo, mas até o momento ninguém fou punido.  

Publicidade

Publicidade