Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Rio das Ostras é foco de investimentos para acabar com alagamentos

Estudo foi contratado nesta quarta-feira

Quarta, 2/5/2018 14:16.
Ivan Rupp/PMBC
A assinatura do contrato do estudo, nesta quarta-feira

Publicidade

Foi assinado na manhã desta quarta-feira (2) o contrato para o estudo do desassoreamento do Rio das Ostras, uma antiga reivindicação da comunidade.

O contrato corresponde apenas a parte do projeto. A obra em si será licitada ao final desse processo.

O objetivo global com as intervenções é melhorar a vazão do rio e diminuir a ocorrência de alagamentos nos bairros São Judas, Barra e Nova Esperança.

A empresa vencedora da licitação foi a Hidrotopo Consultoria e Projetos LTDA, do Rio de Janeiro, e o serviço terá um investimento de R$109.652,17.

De acordo com o diretor da EMASA, Carlos Haacke, a empresa se comprometeu hoje durante a assinatura do contrato a entregar o trabalho na metade do tempo previso na licitação. Pelo contrato seria de 12 meses, mas a promessa é que em seis meses a prefeitura receba o resultado dos levantamentos.

O prefeito Fabrício Oliveira salientou a importância de realizar um estudo técnico para apontar verdadeiramente as obras necessárias.

O contrato prevê executar levantamento topográfico planialtimétrico e batimétrico, realizar um estudo hidrológico da Bacia do Rio das Ostras, projeto de desassoreamento, que inclui readequação da calha e até projetos de pontes.

Enquanto isso

Segundo o município, desde o início do ano estão sendo realizadas limpezas com equipes próprias das secretarias, retirando lixo e muito entulho do leito do rio.

A EMASA também contratou recentemente, através de licitação, uma empresa para realizar um trabalho de limpeza, transporte e destinação dos resíduos retirados de uma parte de fora do mangue, que deve começar neste mês. A intenção é amenizar a possibilidade de cheias durante o período de chuvas. O investimento neste serviço será de quase meio milhão de reais.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Ivan Rupp/PMBC
A assinatura do contrato do estudo, nesta quarta-feira
A assinatura do contrato do estudo, nesta quarta-feira

Rio das Ostras é foco de investimentos para acabar com alagamentos

Estudo foi contratado nesta quarta-feira

Publicidade

Quarta, 2/5/2018 14:16.

Foi assinado na manhã desta quarta-feira (2) o contrato para o estudo do desassoreamento do Rio das Ostras, uma antiga reivindicação da comunidade.

O contrato corresponde apenas a parte do projeto. A obra em si será licitada ao final desse processo.

O objetivo global com as intervenções é melhorar a vazão do rio e diminuir a ocorrência de alagamentos nos bairros São Judas, Barra e Nova Esperança.

A empresa vencedora da licitação foi a Hidrotopo Consultoria e Projetos LTDA, do Rio de Janeiro, e o serviço terá um investimento de R$109.652,17.

De acordo com o diretor da EMASA, Carlos Haacke, a empresa se comprometeu hoje durante a assinatura do contrato a entregar o trabalho na metade do tempo previso na licitação. Pelo contrato seria de 12 meses, mas a promessa é que em seis meses a prefeitura receba o resultado dos levantamentos.

O prefeito Fabrício Oliveira salientou a importância de realizar um estudo técnico para apontar verdadeiramente as obras necessárias.

O contrato prevê executar levantamento topográfico planialtimétrico e batimétrico, realizar um estudo hidrológico da Bacia do Rio das Ostras, projeto de desassoreamento, que inclui readequação da calha e até projetos de pontes.

Enquanto isso

Segundo o município, desde o início do ano estão sendo realizadas limpezas com equipes próprias das secretarias, retirando lixo e muito entulho do leito do rio.

A EMASA também contratou recentemente, através de licitação, uma empresa para realizar um trabalho de limpeza, transporte e destinação dos resíduos retirados de uma parte de fora do mangue, que deve começar neste mês. A intenção é amenizar a possibilidade de cheias durante o período de chuvas. O investimento neste serviço será de quase meio milhão de reais.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade