Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Celesc inaugura obras que triplicaram capacidade da subestação BC

Governador não veio assinar protocolo para fiação subterrânea da Avenida Brasil

Quarta, 31/1/2018 9:57.

Publicidade

Nesta terça-feira (30) autoridades inauguraram as obras da Celesc que permitiram triplicar a capacidade da subestação de Balneário Camboriú.

Periodicamente a capacidade da subestação é ampliada o que garante suportar a demanda durante alguns anos.

O governador Raimundo Colombo, que tinha anunciado participação no evento, teve problema de agenda e não compareceu. Ele assinaria uma carta de intenções para a Celesc realizar a fiação subterrânea da Avenida Brasil, o que não aconteceu. Uma nova data deverá ser marcada em breve.

A ampliação

A empresa investiu R$ 18 milhões em melhorias e equipamentos o que permitiu triplicar a capacidade sem a necessidade de construir uma nova linha de transmissão ou ampliar a área ocupada hoje pela subestação.

A unidade da Rua 2950 atende 36 mil unidades consumidoras localizadas na região Central, incluindo a orla marítima.

A ampliação da subestação contribui, ainda, para o alívio de carga das subestações Itajaí Fazenda, que atende a Barra Norte de Balneário Camboriú e a Morro do Boi, que atende a Barra Sul.

Participaram da solenidade autoridades como o presidente da Celesc, Cleverson Siewert; os secretários estaduais do Planejamento, Murilo Flores, e do Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan; o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira; e o vice-prefeito, Carlos Humberto Metzner Silva, além de vereadores e convidados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Celesc inaugura obras que triplicaram capacidade da subestação BC

Governador não veio assinar protocolo para fiação subterrânea da Avenida Brasil

Publicidade

Quarta, 31/1/2018 9:57.

Nesta terça-feira (30) autoridades inauguraram as obras da Celesc que permitiram triplicar a capacidade da subestação de Balneário Camboriú.

Periodicamente a capacidade da subestação é ampliada o que garante suportar a demanda durante alguns anos.

O governador Raimundo Colombo, que tinha anunciado participação no evento, teve problema de agenda e não compareceu. Ele assinaria uma carta de intenções para a Celesc realizar a fiação subterrânea da Avenida Brasil, o que não aconteceu. Uma nova data deverá ser marcada em breve.

A ampliação

A empresa investiu R$ 18 milhões em melhorias e equipamentos o que permitiu triplicar a capacidade sem a necessidade de construir uma nova linha de transmissão ou ampliar a área ocupada hoje pela subestação.

A unidade da Rua 2950 atende 36 mil unidades consumidoras localizadas na região Central, incluindo a orla marítima.

A ampliação da subestação contribui, ainda, para o alívio de carga das subestações Itajaí Fazenda, que atende a Barra Norte de Balneário Camboriú e a Morro do Boi, que atende a Barra Sul.

Participaram da solenidade autoridades como o presidente da Celesc, Cleverson Siewert; os secretários estaduais do Planejamento, Murilo Flores, e do Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan; o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira; e o vice-prefeito, Carlos Humberto Metzner Silva, além de vereadores e convidados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade