Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Cidade
Assinado repasse de R$ 3,9 milhões a entidades que atendem crianças e adolescentes

Recursos são referentes às atividades de 2018

Sexta, 26/1/2018 16:09.

Publicidade

A Prefeitura de Balneário Camboriú firmou termos de colaboração com 10 entidades assistenciais da cidade através do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, no valor de R$ 3,9 milhões.

Os recursos serão repassados mensalmente para o custeio de programas específicos ao longo de 2018.

Em meados do ano passado o município publicou um edital de chamamento para organizações da sociedade civil que quisessem firmar termos de colaboração para atender crianças e adolescentes.

As entidades foram selecionadas através de requisitos especificados pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente. O CMDCA definiu os planos de trabalho com base em um diagnóstico feito na cidade e exigido por lei.

Veja a lista de entidades, o valor que será repassado ao longo do ano e o objetvo da colaboração:

APAE - R$ 435.937,59 + R$ 94 mil - Desenvolvimento de um programa de avaliação, acompanhamento e atendimentos interdisciplinar a 30 crianças de 0 a 5 anos e 11 meses com atraso do desenvolvimento global ou deficiência intelectual associada ou não a outras deficiências e 20 crianças e adolescentes entre 6 a 17 anos e 11 meses, com deficiência intelectual associada ou não a outras deficiências.

PAIS - R$ 639.643,36 - Desenvolvimento de um programa atendimento terapêutico individual e em grupo para famílias de Balneário Camboriú encaminhadas através dos órgãos competentes, demanda espontânea e Poder Judiciário, bem como oferecer atendimentos multidisciplinares que visem a prevenção, o resgate e a diminuição de danos psicológicos.

Associação Beneficente Cristã Real Esperança - R$ 196.843,00 - Desenvolvimento de um programa atendimento sócio assistencial a 50 crianças de 0 a 4 anos em situação de vulnerabilidade social e suas famílias.

AMA Litoral - R$ 434.618,56 - programa de atendimento à crianças e adolescentes com transtorno do espectro autista e suas famílias.

Amor para Down - R$ 389,298,31 - Atendimento de crianças e adolescentes com Síndrome de Down e suas famílias.

Dragão Negro - R$ 152.400,00 - Desenvolvimento de um programa de atendimento esportivo na modalidade de artes marciais para 60 crianças/adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

NAHC - R$ 613.781,77 - Desenvolvimento de um programa atendimento multidisciplinar ambulatorial gratuito à crianças, adolescentes dependentes e co-dependentes de substâncias psicoativas, com ênfase na reestruturação familiar.

Biblioteca Comunitária - R$ 79.054,92 - Desenvolvimento de um programa de atendimento sociocultural à crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e suas famílias, através da oferta de atividades diversas para 22 crianças e adolescentes com idade de 7 a 14 anos, contribuindo para a integração, socialização e melhor desempenho escolar.

AFADEFI - R$ 215.200,00 - Desenvolvimento de um programa que preste um suporte neuropsicomotor a 55 (cinquenta e cinco) crianças e adolescentes com deficiência física de Balneário Camboriú.

Grupo Anjos da Vida - R$ 410,590,20 - Capacitação de postulantes à adoção e atendimento no pós adoção.

Lar Bom Pastor - R$ 325.860,30 (por 6 meses) - 15 vagas de acolhimento para crianças de 0 a 12 anos.

Os termos de cooperação na íntegra, assim como detalhes sobre cada uma das entidades, podem ser encontrados neste link.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Assinado repasse de R$ 3,9 milhões a entidades que atendem crianças e adolescentes

Recursos são referentes às atividades de 2018

Publicidade

Sexta, 26/1/2018 16:09.

A Prefeitura de Balneário Camboriú firmou termos de colaboração com 10 entidades assistenciais da cidade através do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, no valor de R$ 3,9 milhões.

Os recursos serão repassados mensalmente para o custeio de programas específicos ao longo de 2018.

Em meados do ano passado o município publicou um edital de chamamento para organizações da sociedade civil que quisessem firmar termos de colaboração para atender crianças e adolescentes.

As entidades foram selecionadas através de requisitos especificados pelo Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente. O CMDCA definiu os planos de trabalho com base em um diagnóstico feito na cidade e exigido por lei.

Veja a lista de entidades, o valor que será repassado ao longo do ano e o objetvo da colaboração:

APAE - R$ 435.937,59 + R$ 94 mil - Desenvolvimento de um programa de avaliação, acompanhamento e atendimentos interdisciplinar a 30 crianças de 0 a 5 anos e 11 meses com atraso do desenvolvimento global ou deficiência intelectual associada ou não a outras deficiências e 20 crianças e adolescentes entre 6 a 17 anos e 11 meses, com deficiência intelectual associada ou não a outras deficiências.

PAIS - R$ 639.643,36 - Desenvolvimento de um programa atendimento terapêutico individual e em grupo para famílias de Balneário Camboriú encaminhadas através dos órgãos competentes, demanda espontânea e Poder Judiciário, bem como oferecer atendimentos multidisciplinares que visem a prevenção, o resgate e a diminuição de danos psicológicos.

Associação Beneficente Cristã Real Esperança - R$ 196.843,00 - Desenvolvimento de um programa atendimento sócio assistencial a 50 crianças de 0 a 4 anos em situação de vulnerabilidade social e suas famílias.

AMA Litoral - R$ 434.618,56 - programa de atendimento à crianças e adolescentes com transtorno do espectro autista e suas famílias.

Amor para Down - R$ 389,298,31 - Atendimento de crianças e adolescentes com Síndrome de Down e suas famílias.

Dragão Negro - R$ 152.400,00 - Desenvolvimento de um programa de atendimento esportivo na modalidade de artes marciais para 60 crianças/adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

NAHC - R$ 613.781,77 - Desenvolvimento de um programa atendimento multidisciplinar ambulatorial gratuito à crianças, adolescentes dependentes e co-dependentes de substâncias psicoativas, com ênfase na reestruturação familiar.

Biblioteca Comunitária - R$ 79.054,92 - Desenvolvimento de um programa de atendimento sociocultural à crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e suas famílias, através da oferta de atividades diversas para 22 crianças e adolescentes com idade de 7 a 14 anos, contribuindo para a integração, socialização e melhor desempenho escolar.

AFADEFI - R$ 215.200,00 - Desenvolvimento de um programa que preste um suporte neuropsicomotor a 55 (cinquenta e cinco) crianças e adolescentes com deficiência física de Balneário Camboriú.

Grupo Anjos da Vida - R$ 410,590,20 - Capacitação de postulantes à adoção e atendimento no pós adoção.

Lar Bom Pastor - R$ 325.860,30 (por 6 meses) - 15 vagas de acolhimento para crianças de 0 a 12 anos.

Os termos de cooperação na íntegra, assim como detalhes sobre cada uma das entidades, podem ser encontrados neste link.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade