Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

É grave a situação do Rio Camboriú e economia de água é essencial
Divulgação
Desvios de água do Rio Camboriú para plantações, identificados no final de semana

Terça, 11/12/2018 15:33.

É grave a situação do Rio Camboriú. A situação já era ruim desde o dia 4 de dezembro e as autoridades não perceberam que estava havendo desvio de água, provavelmente para lavouras de Camboriú.

Às 12h do dia 8 o sistema do Camboriú entrou em emergência e continuou baixando no dia 9. No dia 10 subiu de manhã, mas foi baixando até chegar ao ponto mais baixo, perto de 60cm na tarde de hoje (11).

Ontem a Epagri/Ciram emitiu alerta colocando o rio Camboriú em situação de emergência. A estiagem atinge outras bacias catarinenses.

Agora as autoridades estão pedindo que a população das duas cidades economize água.

Os chuveiros da Avenida Atlântica foram  todos fechados. Isso tem pouco efeito no estoque de água, mas funciona no aspecto psicológico. 

Existe uma caixa de água nova em Balneário que está vazia, não foi possível encher em tempo e agora moradores terão que economizar água porque a situação é ruim.

O estoque do parque linear, em Camboriú, foio acionado. Ele tem água suficiente para cerca de 40 horas a plena demanda, funciona como um auxiliar do suprimento do rio Camboriú.  

Segundo a série histórica fazia tempo que não se entrava numa situação tão preocupante de estoque de água.

Faltou agilidade das autoridades ligadas ao monitoramento da água em identificar o problema e buscar alternativas, até porque não é a primeira vez que existe o uso abusivo de água por parte de agricultores da cidade vizinha. No final de semana, equipes tiveram que remover os desvios usados para irrigar as arrozeiras de Camboriú.

Para completar, Santa Catarina está sob influência de uma massa de ar seco. A previsão é que ela comece a perder força nesta quarta-feira, quando podem ocorrer pancadas de chuva.

Há chuvas, inclusive fortes, previstas para os próximos dias.

Não custa lembrar que nunca o rio Camboriú deixou as populações de Camboriú e Balneário sem água.   

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

É grave a situação do Rio Camboriú e economia de água é essencial

Divulgação
Desvios de água do Rio Camboriú para plantações, identificados no final de semana
Desvios de água do Rio Camboriú para plantações, identificados no final de semana

Publicidade

Terça, 11/12/2018 15:33.

É grave a situação do Rio Camboriú. A situação já era ruim desde o dia 4 de dezembro e as autoridades não perceberam que estava havendo desvio de água, provavelmente para lavouras de Camboriú.

Às 12h do dia 8 o sistema do Camboriú entrou em emergência e continuou baixando no dia 9. No dia 10 subiu de manhã, mas foi baixando até chegar ao ponto mais baixo, perto de 60cm na tarde de hoje (11).

Ontem a Epagri/Ciram emitiu alerta colocando o rio Camboriú em situação de emergência. A estiagem atinge outras bacias catarinenses.

Agora as autoridades estão pedindo que a população das duas cidades economize água.

Os chuveiros da Avenida Atlântica foram  todos fechados. Isso tem pouco efeito no estoque de água, mas funciona no aspecto psicológico. 

Existe uma caixa de água nova em Balneário que está vazia, não foi possível encher em tempo e agora moradores terão que economizar água porque a situação é ruim.

O estoque do parque linear, em Camboriú, foio acionado. Ele tem água suficiente para cerca de 40 horas a plena demanda, funciona como um auxiliar do suprimento do rio Camboriú.  

Segundo a série histórica fazia tempo que não se entrava numa situação tão preocupante de estoque de água.

Faltou agilidade das autoridades ligadas ao monitoramento da água em identificar o problema e buscar alternativas, até porque não é a primeira vez que existe o uso abusivo de água por parte de agricultores da cidade vizinha. No final de semana, equipes tiveram que remover os desvios usados para irrigar as arrozeiras de Camboriú.

Para completar, Santa Catarina está sob influência de uma massa de ar seco. A previsão é que ela comece a perder força nesta quarta-feira, quando podem ocorrer pancadas de chuva.

Há chuvas, inclusive fortes, previstas para os próximos dias.

Não custa lembrar que nunca o rio Camboriú deixou as populações de Camboriú e Balneário sem água.   

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade