Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Hotelaria prevê lotação máxima neste verão em Balneário Camboriú
Silvia Bomm

Quinta, 24/11/2016 8:46.

O setor de atendimento ao turista está mais do que otimista com a temporada que se aproxima. O secretário de Turismo, Hélio Dagnoni adiantou em reunião preparatória na última semana que não há mais hotéis para o verão e a projeção é de praia “superlotada”. A preocupação agora é para que as expectativas com a segurança se concretizem e que outros fatores continuem a colaborar, como o dólar e a meteorologia.

Reservas e projeções

Conforme a presidente do Conselho de Turismo, Dirce Fistarol, considerando as pré-reservas, a rede hoteleira está praticamente comprometida para esta alta temporada em Balneário Camboriú. Ela explica que não significa que não haja mais vagas, mas é uma estimativa que a hotelaria faz para controlar suas reservas. Em tese, os hotéis deixam ainda uma pequena margem para reservas de última hora, clientes assíduos, etc.

Mesmo assim, a expectativa já supera o ano passado. O secretário de Turismo, Hélio Dagnoni aposta em praia “superlotada”. Os sites de reservas confirmam isso, não há mais vagas, principalmente para a virada.

A Santur cogita um incremento de 25% de turistas. Conforme Dirce, vários fatores são analisados para estipular esse percentual e medir a febre do verão. Entre os principais estão o dólar em alta atraindo estrangeiros e uma temporada mais extensa.

“Com o Carnaval só no final de fevereiro, teremos uma temporada mais longa, pois as aulas só começam depois, aliás, tudo começa só depois do Carnaval”, lembra.

Perfil

O público será bem eclético, mas basicamente a língua que será falada neste verão será o espanhol. “A predominância será do Mercosul e principalmente de argentinos. Eles gostam daqui e sabem que são bem tratados”, pontua.

Para a presidente do Comtur, os brasileiros vêm, porém não devem gastar tanto. “Não podemos escolher, precisamos de todos os turistas, toda a cadeia precisa porque todos são beneficiados, do pequenos ao grande empresário. Não podemos falar a palavra “farofeiro”, temos que estar prontos para atender bem, porque todos gastam, seja R$ 10 na padaria ou no restaurante”, disse Dirce durante o 14º Fórum de Projeções das Ações Públicas para a Segurança da Comunidade e ao Turista, realizado na quinta, na CDL.

Segurança

Durante o Fórum, as forças de segurança adiantaram suas projeções para o verão. Pelo menos no papel, a expectativa é boa. A Polícia Civil deve receber cerca de 20 policiais e dois delegados novos para ajudar no atendimento ao público e investigações. Já a Polícia Militar estima a vinda de mais de 100 homens neste verão, o que se concretizar, vai representar um reforço maior do que na última temporada para Balneário.

O presidente do Conseg BC, Valdir de Andrade, diz que agora começa o trabalho de articulação para que esses números se concretizem.

Leia no Página 3 que chega às bancas no sábado (26) todos os detalhes sobre os preparativos para o verão que se aproxima. Ou assine digital aqui e leia antes.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Política


Saúde

Evento é especial para mulheres e inscrições estão abertas


Publicidade

Revestimento que já foi sucesso é tendência novamente


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Hotelaria prevê lotação máxima neste verão em Balneário Camboriú

Silvia Bomm
Quinta, 24/11/2016 8:46.

O setor de atendimento ao turista está mais do que otimista com a temporada que se aproxima. O secretário de Turismo, Hélio Dagnoni adiantou em reunião preparatória na última semana que não há mais hotéis para o verão e a projeção é de praia “superlotada”. A preocupação agora é para que as expectativas com a segurança se concretizem e que outros fatores continuem a colaborar, como o dólar e a meteorologia.

Reservas e projeções

Conforme a presidente do Conselho de Turismo, Dirce Fistarol, considerando as pré-reservas, a rede hoteleira está praticamente comprometida para esta alta temporada em Balneário Camboriú. Ela explica que não significa que não haja mais vagas, mas é uma estimativa que a hotelaria faz para controlar suas reservas. Em tese, os hotéis deixam ainda uma pequena margem para reservas de última hora, clientes assíduos, etc.

Mesmo assim, a expectativa já supera o ano passado. O secretário de Turismo, Hélio Dagnoni aposta em praia “superlotada”. Os sites de reservas confirmam isso, não há mais vagas, principalmente para a virada.

A Santur cogita um incremento de 25% de turistas. Conforme Dirce, vários fatores são analisados para estipular esse percentual e medir a febre do verão. Entre os principais estão o dólar em alta atraindo estrangeiros e uma temporada mais extensa.

“Com o Carnaval só no final de fevereiro, teremos uma temporada mais longa, pois as aulas só começam depois, aliás, tudo começa só depois do Carnaval”, lembra.

Perfil

O público será bem eclético, mas basicamente a língua que será falada neste verão será o espanhol. “A predominância será do Mercosul e principalmente de argentinos. Eles gostam daqui e sabem que são bem tratados”, pontua.

Para a presidente do Comtur, os brasileiros vêm, porém não devem gastar tanto. “Não podemos escolher, precisamos de todos os turistas, toda a cadeia precisa porque todos são beneficiados, do pequenos ao grande empresário. Não podemos falar a palavra “farofeiro”, temos que estar prontos para atender bem, porque todos gastam, seja R$ 10 na padaria ou no restaurante”, disse Dirce durante o 14º Fórum de Projeções das Ações Públicas para a Segurança da Comunidade e ao Turista, realizado na quinta, na CDL.

Segurança

Durante o Fórum, as forças de segurança adiantaram suas projeções para o verão. Pelo menos no papel, a expectativa é boa. A Polícia Civil deve receber cerca de 20 policiais e dois delegados novos para ajudar no atendimento ao público e investigações. Já a Polícia Militar estima a vinda de mais de 100 homens neste verão, o que se concretizar, vai representar um reforço maior do que na última temporada para Balneário.

O presidente do Conseg BC, Valdir de Andrade, diz que agora começa o trabalho de articulação para que esses números se concretizem.

Leia no Página 3 que chega às bancas no sábado (26) todos os detalhes sobre os preparativos para o verão que se aproxima. Ou assine digital aqui e leia antes.

Publicidade

Publicidade