Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Justiça aceitou denúncia contra acusados na Trato Feito
Passarela da Barra: um dos alvos da operação, com diversos indícios de fraudes

Quinta, 3/3/2016 9:30.

A justiça de Balneário Camboriú aceitou a denúncia do Ministério Público contra vários acusados na Operação Trato Feito que identificou uma organização criminosa atuando na prefeitura de Balneário Camboriú.

Aceita a denúncia, inicia o processo judicial propriamente dito, com indicação de testemunhas, alegações da defesa etc.

Nesta etapa apenas aqueles que não são funcionários públicos tiveram a denúncia aceita.

Para os funcionários públicos o trâmite é outro, eles são notificados, se defendem e o juiz decide se aceita ou não a denúncia.

Não foi possível apurar a identidade dos acusados, porque este processo continua em segredo de justiça.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

 Prefeitura começará a internar usuários de drogas


Saúde

 Cidade é área de atenção e apenas 2.500 tomaram a vacina até agora. Doença pode matar.


Geral

O cantor Armandinho organiza o festival, que tem entrada gratuita


Política

Derrota do governo é resposta de Maia à queda de Bebianno


Publicidade


Publicidade


Política

Ele aparentemente fez escolhas erradas em seu caminho político 


Divulgação

Excelente opção para os micro empreendedores, pequenas empresas e freelancers.


Policia

Gaúcho comeu no restaurante e não tinha dinheiro para pagar


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Justiça aceitou denúncia contra acusados na Trato Feito

Passarela da Barra: um dos alvos da operação, com diversos indícios de fraudes
Passarela da Barra: um dos alvos da operação, com diversos indícios de fraudes
Quinta, 3/3/2016 9:30.

A justiça de Balneário Camboriú aceitou a denúncia do Ministério Público contra vários acusados na Operação Trato Feito que identificou uma organização criminosa atuando na prefeitura de Balneário Camboriú.

Aceita a denúncia, inicia o processo judicial propriamente dito, com indicação de testemunhas, alegações da defesa etc.

Nesta etapa apenas aqueles que não são funcionários públicos tiveram a denúncia aceita.

Para os funcionários públicos o trâmite é outro, eles são notificados, se defendem e o juiz decide se aceita ou não a denúncia.

Não foi possível apurar a identidade dos acusados, porque este processo continua em segredo de justiça.

Publicidade

Publicidade