Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Lançada licitação para prolongamento da Quarta Avenida
Jéssica Teles/PMBC

Quinta, 24/3/2016 11:08.

Acaba de ser lançada a licitação da obra de prolongamento da Quarta Avenida. Depois de meses de negociação, foram finalizados os acordos e autorizações para desapropriações e a expectativa da prefeitura é que até julho, o trecho até a Rua 3300 seja liberado para o tráfego, se nada atrasar o processo, como recursos de empresas ou mesmo as condições climáticas.

Para economizar com a contratação de uma empresa de demolição, o município resolveu realizar essa parte com o maquinário da Secretaria de Obras e assim, economizar em torno de R$ 1,5 milhão. O único problema é que as demolições dependem de folga na agenda da pasta.

Enquanto isso, a Secretaria de Compras realiza a concorrência pública para a obra de reurbanização. Esse processo deve levar 30 dias, depois a obra começa de imediato. Conforme o secretário, Mário Teixeira a concorrência prevê execução de obra em 90 dias. A estimativa é investir em torno de R$ 3 milhões.

O trecho

O trabalho mais difícil será abrir o caminho até a Rua 3100, pois é a área residencial. Que exige demolições. Na esquina com a Rua 3100 será instalada uma sinaleira e o tráfego poderá continuar em direção à Rua 3300 pela Rua 3198, que é uma via paralela à Terceira Avenida.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

O acordo põe fim a anos de insegurança e desgaste jurídico


Cidade

Sem a colaboração da população não existe medida que dê jeito


Cidade

Isso explica a redução drástica do nível na captação


Geral

É o terceiro município mais transparente de Santa Catarina


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Lançada licitação para prolongamento da Quarta Avenida

Jéssica Teles/PMBC
Quinta, 24/3/2016 11:08.

Acaba de ser lançada a licitação da obra de prolongamento da Quarta Avenida. Depois de meses de negociação, foram finalizados os acordos e autorizações para desapropriações e a expectativa da prefeitura é que até julho, o trecho até a Rua 3300 seja liberado para o tráfego, se nada atrasar o processo, como recursos de empresas ou mesmo as condições climáticas.

Para economizar com a contratação de uma empresa de demolição, o município resolveu realizar essa parte com o maquinário da Secretaria de Obras e assim, economizar em torno de R$ 1,5 milhão. O único problema é que as demolições dependem de folga na agenda da pasta.

Enquanto isso, a Secretaria de Compras realiza a concorrência pública para a obra de reurbanização. Esse processo deve levar 30 dias, depois a obra começa de imediato. Conforme o secretário, Mário Teixeira a concorrência prevê execução de obra em 90 dias. A estimativa é investir em torno de R$ 3 milhões.

O trecho

O trabalho mais difícil será abrir o caminho até a Rua 3100, pois é a área residencial. Que exige demolições. Na esquina com a Rua 3100 será instalada uma sinaleira e o tráfego poderá continuar em direção à Rua 3300 pela Rua 3198, que é uma via paralela à Terceira Avenida.

Publicidade

Publicidade