Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Invasão, impunidade e crime ambiental em Balneário Camboriú

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Terça, 3/5/2016 9:22.

Prossegue no bairro São Judas a todo vapor a venda e a ocupação ilegal de terrenos em uma área particular sem que o judiciário, a prefeitura e o Ministério Público ponham fim a esse crime que iniciou há quatro anos. Não se trata, na maioria, de famílias carentes e sim de pessoas que querem comprar um terreno barato mesmo sabendo que se trata de ocupação ilegal.

‘Favela chique’ no São Judas continua crescendo

Uma invasão no Bairro São Judas que em 2013 tinha uma dúzia de casas já está com quase 200, todas elas ilegais, em áreas que deveriam também ser ambientalmente protegidas.

A prefeitura, que deveria combater a invasão, não o faz. A multa fixada pela justiça contra o município é de R$ 1 mil por dia e durante um tempo a Guarda Municipal controlou a construção de novas casas, mas depois relaxou e liberou geral.

Os compradores sabem que o loteamento é irregular, mas acreditam que poderão ficar na área futuramente, o que é improvável porque ela tem dono.

Além de dono, a proposta do novo Plano Diretor aprovada pela comunidade, proíbe a regularização de áreas invadidas.

Os invasores não são pessoas de baixa renda, levantamento fotográfico feito com o uso de um drone mostra automóveis de classe média estacionados nos terrenos.

Fica a impressão de que são pessoas em busca de uma “barbada”, um terreno baratinho, ao redor de R$ 40 mil, vendido por uma quadrilha que explora a morosidade da justiça, a demagogia dos políticos e os bolsos dos contribuintes que arcariam com os custos daquela invasão.

Os proprietários da área de 220.000 m2 já ganharam liminar de reintegração de posse e pedirão à justiça que os invasores sejam despejados.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade